G1 Mundo

Belarus fez pedido para se juntar aos Brics, grupo do qual Brasil faz parte, diz agência

today25 de julho de 2023 3

share close

A Belarus é uma aliada próximo do governo russo é também alvo de sanções ocidentais –no caso, por reprimir dissidentes e permitir que a Rússia use seu território como plataforma para a invasão da Ucrânia.


Presidente da Rússia, Vladimir Putin, cumprimenta o presidente de Belarus, Alexander Lukashenko, durante encontro em Sochi, na Rússia, em setembro de 2022. — Foto: Sputnik/Gavriil Grigorov/Pool via REUTERS



A Belarus se inscreveu em maio para se juntar ao Brics, conforme relatado pela agência de notícias russa RIA Novosti nesta terça-feira (25).

“Essa decisão foi um passo absolutamente lógico no contexto de expandir a cooperação em formatos multilaterais com parceiros tradicionais e Estados amigos”, disse o Ministério das Relações Exteriores de Belarus, segundo a RIA.

Os países do Brics são os seguintes:

  • Brasil
  • Rússia
  • Índia
  • China
  • África do Sul

Esse grupo não impôs sanções econômicas contra a Rússia devido à guerra na Ucrânia. .

Esses países vão realizar uma cúpula na África do Sul em agosto.

Belarus também é alvo de sanções

A Belarus é um aliada do governo russo e também foi alvo de sanções de países do Ocidente –nesse caso, por reprimir dissidentes e permitir que a Rússia use seu território como plataforma para a invasão da Ucrânia.

Segundo a Belaris, 25 países já solicitaram ingresso no grupo dos Brics.

Belarus disse que os membros do Brics estão discutindo se devem estabelecer critérios para adesão ou talvez criar um fórum paralelo de países parceiros.

“A importância e a influência dos Brics no mundo aumentarão constantemente”, afirmou o ministério, conforme citado pela agência de notícias.

Deseja receber as notícias mais importantes em tempo real? Ative as notificações do G1!




Todos os créditos desta notícia pertecem a G1 Mundo.

Por: G1

Esta notícia é de propriedade do autor (citado na fonte), publicada em caráter informativo. O artigo 46, inciso I, visando a propagação da informação, faculta a reprodução na imprensa diária ou periódica, de notícia ou de artigo informativo, publicado em diários ou periódicos, com a menção do nome do autor, se assinados, e da publicação de onde foram transcritos.

Avalie

Post anterior

G1 Mundo

Mesmo sem maioria, conservadores espanhóis tentam formar governo

No domingo houve uma eleição nacional, e o partido de Feijóo, o PP, não elegeu o número suficiente de deputados para conquistar a maioria da Câmara dos Deputados. Nem mesmo uma aliança entre o PP e o Vox, o terceiro colocado, seria suficiente para garantir uma maioria. Uma das esperanças do PP era um acordo com um pequeno partido, o Partido Nacionalista Basco (PNV), de centro-direita. No entanto, os bascos disseram no Twitter que o PNV não realizará nenhuma discussão […]

today25 de julho de 2023 6

Publicar comentários (0)

Deixe uma resposta

Seu endereço de email não será publicado. Os campos obrigatórios estão marcados com *

Esse site utiliza o Akismet para reduzir spam. Aprenda como seus dados de comentários são processados.


0%