G1 Mundo

Biden está ‘monitorando’ protestos na China, diz Casa Branca

today29 de novembro de 2022 10

Fundo
share close

Nos últimos dias, as autoridades do regime chinês vêm tentando conter um movimento de insatisfação da população contra as restrições sanitárias e protestos que pedem mais liberdade. No domingo, uma multidões saíram às ruas de várias cidades chinesas, no que parece ter sido a maior mobilização popular desde os protestos pró-democracia de 1989, que foram duramente reprimidos.

“(O presidente) está monitorando. Todos nós estamos. Então sim, é claro que o presidente está ciente” do que está acontecendo na China, declarou o porta-voz do Conselho de Segurança Nacional, John Kirby, sem especificar a reação de Biden às exigências dos manifestantes.

“O presidente não vai falar pelos manifestantes ao redor do mundo. Eles estão falando por si mesmos”, completou. No entanto, Kirby destacou o apoio dos EUA aos direitos dos manifestantes.



“As pessoas precisam ter o direito de se reunir e protestar pacificamente contra as políticas, leis ou imposições com as quais não concordam”, disse Kirby. “Estamos acompanhando a situação de perto, como era de se esperar”, acrescentou.

Nesta segunda-feira, o Departamento de Estado dos EUA sugeriu que Washington considera excessivas as políticas de confinamento contra a covid-19 impostas pelo governo da China.

“Acreditamos que será muito difícil para a República Popular da China conseguir conter esse vírus por meio de sua estratégia de ‘covid zero'”, disse um porta-voz do departamento.

A insatisfação cresce há meses devido às medidas rígidas que as autoridades chinesas vêm impondo para controlar o vírus, incluindo longas quarentenas, confinamentos e restrições de viagem.

Fora do país, as comunidades da diáspora chinesa também organizaram vigílias para homenagear as vidas perdidas por causa da política ‘covid zero’, como dos mortos no incêndio na cidade de Urumqi, na província de Xianjiang (noroeste) este mês. Muitos afirmam que o confinamento dificultou os trabalhos de resgate. Em Los Angeles, mais de 100 pessoas se reuniram em frente ao consulado da China no domingo.

Enquanto isso, em Washington, cerca de 25 membros da comunidade uigur se concentraram nesta segunda-feira em frente ao Departamento de Estado para pedir maior pressão sobre Pequim.

Entenda os raros protestos na China

Entenda os raros protestos na China




Todos os créditos desta notícia pertecem a G1 Mundo.

Por: G1

Esta notícia é de propriedade do autor (citado na fonte), publicada em caráter informativo. O artigo 46, inciso I, visando a propagação da informação, faculta a reprodução na imprensa diária ou periódica, de notícia ou de artigo informativo, publicado em diários ou periódicos, com a menção do nome do autor, se assinados, e da publicação de onde foram transcritos.

Avalie

Post anterior

torcedores-comemoram-vitoria-da-selecao-brasileira-em-diversos-pontos-de-belo-horizonte

G1 Mundo

Torcedores comemoram vitória da Seleção Brasileira em diversos pontos de Belo Horizonte

Locais como Mineirinho, Mineirão, Savassi e Morro do Papagaio tiveram festa nesta segunda-feira (28). Torcedores comemoram vitória da Seleção Brasileira no UniBH, no Buritis — Foto: TV Globo Torcedores se reuniram em todos os cantos de Belo Horizonte para assistir à vitória da Seleção Brasileira sobre a Suíça, nesta segunda-feira (28). Milhares de pessoas foram ao Mineirão, na Pampulha, para curtir a festa. Um casal da Paraíba viu a partida […]

today29 de novembro de 2022 19

Publicar comentários (0)

Deixe uma resposta

Seu endereço de email não será publicado. Os campos obrigatórios estão marcados com *

Esse site utiliza o Akismet para reduzir spam. Aprenda como seus dados de comentários são processados.


0%