G1 Mundo

Brasil retorna à Celac dois anos depois de ter deixado o grupo, que reúne América Latina e Caribe

today6 de janeiro de 2023 10

Fundo
share close

O retorno ocorre dois anos depois de o país ter deixado o grupo, no governo Jair Bolsonaro.

O grupo reúne 33 países da região e tem como proposta intensificar a integração da região. O Brasil foi um dos fundadores, em 2008, durante o segundo mandato de Lula.

Em nota, o Itamaraty disse que comunicou à Celac a decisão do novo governo.



“O governo brasileiro comunicou hoje, 5 de janeiro, aos países membros da Comunidade dos Estados Latino-Americanos e Caribenhos (Celac), pelos canais diplomáticos adequados, a reincorporação do Brasil, de forma plena e imediata, a todas as instâncias do mecanismo, tanto as de caráter político como as de natureza técnica”, diz o texto.

O retorno a organismos internacionais e a valorização da relação com os países do continente é uma das prioridades do mandato de Lula, já anunciado pelo próprio presidente e pelo ministro Mauro Vieira, das Relações Exteriores.

Mauro Vieira assume Relações Exteriores e fala em ‘reinserção’ do Brasil no mundo

Mauro Vieira assume Relações Exteriores e fala em ‘reinserção’ do Brasil no mundo

O Itamaraty também informou Lula deve participar da VII Cúpula de Chefes de Estado e de Governo da CELAC no fim de janeiro, durante a viagem à Argentina.




Todos os créditos desta notícia pertecem a G1 Mundo.

Por: G1

Esta notícia é de propriedade do autor (citado na fonte), publicada em caráter informativo. O artigo 46, inciso I, visando a propagação da informação, faculta a reprodução na imprensa diária ou periódica, de notícia ou de artigo informativo, publicado em diários ou periódicos, com a menção do nome do autor, se assinados, e da publicação de onde foram transcritos.

Avalie

Post anterior

quem-e-‘el-raton’,-filho-de-el-chapo-cuja-prisao-causou-onda-de-violencia-no-mexico

G1 Mundo

Quem é ‘El Ratón’, filho de El Chapo cuja prisão causou onda de violência no México

Ele é filho de Joaquín Guzmán, mais conhecido como "El Chapo", que já foi uma das pessoas mais ricas do mundo e chefiava o cartel de Sinaloa. Segundo promotores americanos, o cartel ainda é a principal fonte de drogas para os Estados Unidos. A operação ocorreu quase quatro anos depois que Ovidio foi detido no mesmo local, para ser solto horas depois devido à violenta resposta enfrentada pelas Forças Armadas […]

today6 de janeiro de 2023 44

Publicar comentários (0)

Deixe uma resposta

Seu endereço de email não será publicado. Os campos obrigatórios estão marcados com *

Esse site utiliza o Akismet para reduzir spam. Aprenda como seus dados de comentários são processados.


0%