G1 Mundo

Brasileiro é preso na Indonésia com 2 litros de cocaína líquida

today3 de março de 2023 3

Fundo
share close

Um brasileiro, identificado como G.P.S., foi preso ao tentar entrar em Jacarta, na Indonésia, com 2 litros de cocaína líquida, conforme anunciou a polícia local nesta quarta-feira (1º).

Ele confessou que foi solicitado a levar a droga para a Indonésia e deve enfrentar pena de morte ou prisão perpétua.

Em uma coletiva de imprensa, o chefe da alfândega, Gatot Sugeng Wibowo, explicou que ele foi pego em uma ação de inspeção feita em um grupo de brasileiros que chegaram ao Aeroporto Internacional de Soekarno-Hatta no dia 1º de janeiro.



O fato de a cocaína estar em forma líquida e escondida em frascos de higiene pessoal, como xampu e enxaguante bucal, dificultou a detecção da droga. O primeiro teste deu negativo.

Como o brasileiro estava agressivo durante a fiscalização, ele foi encaminhado para uma inspeção mais minuciosa. Apenas esse segundo teste deu positivo para cocaína.

Segundo informações da polícia local, G.P.S. chegou às 7h30 da manhã carregando uma mochila, uma maleta e uma prancha de surfe. Dentro de uma das bagagens estavam seis frascos de produtos de higiene pessoal com um total de 2.030 ml de um líquido transparente. O segundo teste acusou a presença de narcóticos tipo 1, tipo cocaína, e de uma camada de glicerol químico, substância usada como agente aglutinante.

“Sabe-se que o G.P.S. não tem emprego permanente. Ele disse que veio passar férias em Bali. Ele também confessou que lhe foi solicitado trazer a cocaína líquida por meio de uma rede de tráfico da América Latina e do Oriente Médio, grupo que ele iria procurar na chegada à Indonésia”, disse Gatot.




Todos os créditos desta notícia pertecem a G1 Mundo.

Por: G1

Esta notícia é de propriedade do autor (citado na fonte), publicada em caráter informativo. O artigo 46, inciso I, visando a propagação da informação, faculta a reprodução na imprensa diária ou periódica, de notícia ou de artigo informativo, publicado em diários ou periódicos, com a menção do nome do autor, se assinados, e da publicação de onde foram transcritos.

Avalie

Post anterior

defesa-de-brasileiro-preso-com-carne-humana-em-lisboa-diz-que-suspeito-e-inocente

G1 Mundo

Defesa de brasileiro preso com carne humana em Lisboa diz que suspeito é inocente

Begoleã Fernandes também transportou documentos na mala para fazer a identificação dos envolvidos, diz defesa em Portugal. Begoleã Fernandes é natural de Matipó, na Zona da Mata mineira — Foto: Redes sociais A defesa de Begoleã Fernandes, de 26 anos, preso na noite de segunda-feira (27) no Aeroporto Internacional de Lisboa, em Portugal, diz que o mineiro agiu em legítima defesa, transportou carne humana e documentos na mala para provar […]

today3 de março de 2023 8

Publicar comentários (0)

Deixe uma resposta

Seu endereço de email não será publicado. Os campos obrigatórios estão marcados com *

Esse site utiliza o Akismet para reduzir spam. Aprenda como seus dados de comentários são processados.


0%