G1 Santos

Brasileiros vivem tragédia durante lua de mel em Punta Cana e recém-casada vai para a UTI durante acidente com mortos: ‘horrível’

today9 de outubro de 2022 49

Fundo
share close

Um casal de brasileiros viu a própria lua de mel terminar em tragédia após um grave acidente de ônibus na República Dominicana, que deixou três mortos e mais de 30 feridos. Jhordan Abdalla, de 28 anos, e Flavia Camila Martinez, de 26, moram em Praia Grande, no litoral de São Paulo, e estavam em Punta Cana quando sofreram o acidente. Ele teve ferimentos leves, mas ela passou por cirurgia e está internada na UTI. “Foi horrível, parecia cena de filme”, desabafou o rapaz ao g1 neste domingo (9).

O acidente aconteceu na manhã da última quinta-feira (7) em uma região turística da República Dominicana. O destino da viagem era uma ilha próxima ao local da ocorrência.

Ônibus com turistas brasileiros sofre acidente na República Dominicana



Ônibus com turistas brasileiros sofre acidente na República Dominicana

O IT Business Partner [analista de negócios] e a auxiliar administrativo namoram há pouco mais de oito anos e se casaram no dia 1º de outubro. Na última terça-feira (4), o casou embarcou para Punta Cana e, na quinta (7), dia do acidente, saíram cedo para o passeio. Porém, por volta das 8h10, os planos mudaram, pois o ônibus onde eles estavam virou na estrada.

“Foi de repente. O ônibus estava transitando normal e do nada ele virou. Quando ele virou, por não ter freado, a gente foi jogado para o lado. Foi horrível, foi cena de filme”, lembrou.

Segundo Jhordan, deu tempo dele proteger a própria cabeça, o que ajudou a não agravar o estado de saúde. O rapaz ficou com os braços ralados, mas ‘bem superficial’, apesar de ter levado pontos. “Cai, mas levantei e já comecei a procurar a Flávia. Achei ela desacordada, e não sei de onde tirei forças para levanta-la”.

Foto tirada no dia anterior ao acidente na Republica Dominicada, pelo casal que mora em Praia Grande — Foto: Arquivo pessoal

Assim que o jovem pegou Flávia no colo, ela começou a acordar, e o casal foi rapidamente ajudado por pessoas que estavam próximas. “Tinha muita gente ferida e muita gente muito mal. Não tinha ambulância para todo mundo. As viaturas da policia começaram a levar as pessoas menos feridas para o hospital, e a gente foi em uma caminhonete da polícia, acompanhado de um bombeiro”.

A moça bateu a cabeça e ficou com metade do rosto muito inchado, conforme descrito pelo marido. Por conta disso, ela precisou ser internada na UTI e passou por um cirurgia. “Ela operou e ficou bem, está estável. Ela ficou lucida o tempo inteiro”.

Jhordan e Flávia moram em Praia Grande e passavam a lua de mel em Punta Cana quando sofreram o acidente — Foto: Arquivo pessoal

“Ela não teve sangramento no cérebro, apesar de ter batido a cabeça. Ela precisou levar ponto no rosto e fazer reconstituição capitar, porque o cabelo prendeu em alguma coisa. Ela está com a mandíbula quebrada e vai ter que procurar um cirurgião dentista, mas isso pode ser feito no Brasil. Também sofreu uma lesão em uma das vertebras, mas nada grave, ela está imobilizada com o colar cervical”, relatou.

Após a melhora na cirurgia, a expectativa é que Flávia seja transferida para o quarto, e assim que a saúde estiver estável, programar o retorno ao Brasil. De acordo com Jhordan, o consulado brasileiro está em contato com eles, para verificar as melhores condições para o retorno ao país e para contatar a linha aérea, pois possivelmente a passagem de volta, que eles haviam comprado com data para a próxima terça-feira (11), terá que ser remarcada, por conta do estado de saúde de Flávia.

Um acidente com um ônibus de turismo em Punta Cana, na República Dominicana, deixou pelo menos três mortos e mais de 30 feridos.

Havia brasileiros a bordo, segundo divulgado pela imprensa local e confirmado pelo Itamaraty. O acidente aconteceu na quinta-feira (7) em uma região turística (o destino do ônibus era uma ilha próxima).

O jornal “Diário Libre” publicou o nome de três brasileiras que estavam acompanhadas de outras quatro pessoas, mas não se sabe a nacionalidade desses acompanhantes.

A lista de nomes e nacionalidades divulgada pela mídia dominicana aponta que havia turistas dos seguintes países:

Argentina

Brasil

Chile

Colômbia

México

Peru

Segundo o diário argentino “Clarín”, as vítimas fatais são duas argentinas e uma peruana.

O motorista do ônibus, Franklin Nín Pérez, afirmou inicialmente que um caminhão fechou o espaço para o ônibus na rodovia.

Um vídeo gravado no local não mostra o caminhão. De acordo com a mídia dominicana, um pneu pode ter explodido quando o ônibus estava em movimento.

Uma chilena que estava no ônibus afirmou que o veículo estava em alta velocidade. Ela afirma que o motorista perdeu o controle em uma curva e capotou. O caso está sendo investigado.

VÍDEOS: g1 em 1 Minuto Santos




Todos os créditos desta notícia pertecem a G1 Santos.

Por: G1

Esta notícia é de propriedade do autor (citado na fonte), publicada em caráter informativo. O artigo 46, inciso I, visando a propagação da informação, faculta a reprodução na imprensa diária ou periódica, de notícia ou de artigo informativo, publicado em diários ou periódicos, com a menção do nome do autor, se assinados, e da publicação de onde foram transcritos.

Avalie

Post anterior

adolescentes-tentam-matar-motorista-durante-roubo-de-carro-no-litoral-de-sp,-mas-arma-falha

G1 Santos

Adolescentes tentam matar motorista durante roubo de carro no litoral de SP, mas arma falha

Logo depois, os três menores de idade foram apreendidos em flagrante, em São Vicente. Adolescentes tentam matar motorista durante roubo de carro mas arma falha em São Vicente, SP — Foto: 2º BAEP/Divulgação Três adolescentes de 13, 14 e 15 anos roubaram um carro, carteira com dinheiro e cartões, e um celular, em São Vicente, no litoral de São Paulo. De acordo com a vítima, um homem de 41 anos, […]

today8 de outubro de 2022 17

Publicar comentários (0)

Deixe uma resposta

Seu endereço de email não será publicado. Os campos obrigatórios estão marcados com *

Esse site utiliza o Akismet para reduzir spam. Aprenda como seus dados de comentários são processados.


0%