G1 Mundo

Cachorro de Joe Biden atacou agentes do Serviço Secreto pelo menos 10 vezes

today25 de julho de 2023 7

share close

Commander, um dos cachorros do presidente Joe Biden, dos Estados Unidos, atacou agentes de segurança do presidente 10 vezes entre outubro de 2022 e janeiro de 2023.

Os registros foram revelados nesta terça-feira (25) por um grupo que advoga pelo publicização de dados por meio da lei de acesso à informação do país, o Judicial Watch.

Os dados são referentes a ataques a agentes do Serviço Secreto, o órgão dos EUA responsável pela segurança do presidente do país e da família dela.



Um dos agentes chegou a ser levado ao hospital depois de ter sido mordido por Commander em um dos braços e em uma das coxas, em 2022.

Em um e-mail, um agente do Serviço Secreto descreveu o comportamento do cachorro como extremamente agressivo. Esse outro agente disse que ele estava a postos quando o cachorro o atacou – a primeira-dama, Jill Biden, estava com o animal, mas ela não conseguiu controlá-lo.

Os ataques aconteceram em dois lugares: na própria Casa Branca, a sede do governo e residência oficial dos presidentes dos EUA, e em uma casa de campo na cidade de Wilmington, onde Biden morava.

Cães da família Biden se mudam para a Casa Branca

Cães da família Biden se mudam para a Casa Branca




Todos os créditos desta notícia pertecem a G1 Mundo.

Por: G1

Esta notícia é de propriedade do autor (citado na fonte), publicada em caráter informativo. O artigo 46, inciso I, visando a propagação da informação, faculta a reprodução na imprensa diária ou periódica, de notícia ou de artigo informativo, publicado em diários ou periódicos, com a menção do nome do autor, se assinados, e da publicação de onde foram transcritos.

Avalie

Post anterior

G1 Mundo

Justiça dos EUA anula restrições impostas por Biden aos solicitantes de asilo que chegam ao país

Pela regra, o governo só iria conceder proteção se a pessoa já tivesse agendado uma entrevista com uma autoridade ou se tivesse tentado obter asilo em algum outro país. Migrantes haitianos que querem solicitar asilo nos EUA esperam para registrar seus nomes em uma lista feita por uma ONG no México, em 21 de dezembro de 2022 — Foto: Fernando Llano/AP Em maio, o presidente Joe Biden, dos Estados Unidos, adotou uma nova política para imigrantes que chegam ao país […]

today25 de julho de 2023 5

Publicar comentários (0)

Deixe uma resposta

Seu endereço de email não será publicado. Os campos obrigatórios estão marcados com *

Esse site utiliza o Akismet para reduzir spam. Aprenda como seus dados de comentários são processados.


0%