G1 Santos

Cadeirante com paralisia cerebral é carregado para sair de ônibus com elevador quebrado: ‘humilhante’; VÍDEO

today23 de dezembro de 2023 3

Fundo
share close

Ao g1, neste sábado (23), a dona de casa Célia Maria afirmou que os ônibus da Linha 2 (Vila Esperança/Centro) não passam por manutenção. O marido dela não tem movimento nas pernas, se comunica com dificuldade e utiliza uma cadeira de rodas motorizada para ter mais independência.

O registro da experiência, segundo ela, traumática foi feito na última terça-feira (19). “Tinha uns homens no ponto que já chegaram perto para ajudar. Ele, sentado na cadeira, por pouco não caiu, porque a cadeira ficou muito inclinada para frente. Isso é humilhante”, disse Célia.

Cadeirante foi carregado pelo motorista devido a um problema no elevador, que parou de descer em Cubatão (SP) — Foto: Arquivo pessoal



O casal pegou o ônibus na manhã daquele dia com destino ao Centro da cidade. O elevador apresentou um pequeno problema na hora do embarque, mas sair do veículo foi ainda mais complicado.

No vídeo é possível ver quando o condutor do coletivo e passageiros se mobilizam para ajudar Welton (assista acima). De acordo com a esposa dele, o fio do fusível do elevador soltou, então não havia como descer.

“O elevador não subia nem descia. O motorista me ajudou, pegou ele nos braços, desceu ele, colocou ele sentado no ponto de ônibus. Depois, outras pessoas, até um senhor de idade, ajudaram a descer a cadeira”.

Essa não foi a primeira experiência ruim do cadeirante com o transporte coletivo local. Certo dia, segundo Célia, foi necessário aguardar mecânicos chegarem para fazer os reparos no ônibus e seguir com a viagem. Alguns motoristas já se preparam levando pedaços de ferro para dar “batidinhas” no elevador e fazê-lo funcionar.

“Os motoristas estão ali para fazer o trabalho deles, mas têm a boa vontade de ajudar. Num acontecimento desse, eles sempre me ajudaram. Todos. Mas, em compensação, a manutenção desses ônibus é péssima. É horrível, mesmo”.

A situação não somente prejudica o psicológico de Welton, mas também causa angústias físicas. Ele tem placas de platina nas duas pernas, então o ato de pegá-lo no colo acaba sendo bem dolorido e constrangedor.

Em nota, a Prefeitura de Santos informou que a Companhia Municipal de Trânsito de Cubatão (CMT) não foi acionada nos canais de ouvidoria sobre a possível irregularidade, mas que o caso será averiguado.

“A CMT garante que realiza blitze constantes e, na mais recente, há menos de duas semanas, não foram encontrados problemas nos elevadores dos ônibus do transporte público municipal”, completou.

Os moradores podem entrar em contato com a companhia para denunciar irregularidades junto aos coletivos municipais.

VÍDEOS: g1 em 1 Minuto Santos




Todos os créditos desta notícia pertecem a G1 Santos.

Por: G1

Esta notícia é de propriedade do autor (citado na fonte), publicada em caráter informativo. O artigo 46, inciso I, visando a propagação da informação, faculta a reprodução na imprensa diária ou periódica, de notícia ou de artigo informativo, publicado em diários ou periódicos, com a menção do nome do autor, se assinados, e da publicação de onde foram transcritos.

Avalie

Post anterior

‘gritei-para-ele-atirar-na-minha-direcao’:-jornalista-tentou-distrair-assassino-que-matou-13-pessoas-em-universidade-de-praga;-video

G1 Mundo

‘Gritei para ele atirar na minha direção’: jornalista tentou distrair assassino que matou 13 pessoas em universidade de Praga; VÍDEO

Jiri Forman é repórter da AKTU, agência de notícias local focada em segurança, e tem experiência em zonas de guerra. Em entrevista à Reuters, ele contou que se escondeu atrás de um muro enquanto o atirador disparava em direção a uma praça na frente da instituição de ensino. "Ele estava do telhado atirando em tudo que se movia na praça naquele momento", contou Formam. Ao ver que muitas pessoas estavam […]

today22 de dezembro de 2023 11

Publicar comentários (0)

Deixe uma resposta

Seu endereço de email não será publicado. Os campos obrigatórios estão marcados com *

Esse site utiliza o Akismet para reduzir spam. Aprenda como seus dados de comentários são processados.


0%