G1 Santos

Câmara de Santos rejeita projeto de perdão a multas aplicadas pelo não uso de máscara contra a Covid-19

today22 de junho de 2022 7

Fundo
share close

Projeto de Lei complementar foi votado em sessão nesta terça-feira (21).

Votação aconteceu na 37ª Sessão Ordinária de 2022 — Foto: Reprodução/Facebook



A Câmara Municipal de Santos, no litoral de São Paulo, rejeitou por 14 votos a três o projeto de Lei complementar, de autoria do vereador Fabio Duarte (PODE), que previa perdoar as multas aplicadas pelo não uso de máscara contra a Covid-19 no período em que a proteção era obrigatória. Um vereador se absteve e outros três não estiveram presentes na sessão, que encerrou por volta das 19h desta terça-feira (21).

Segundo o vereador, com base no decreto nº 8.944, de 23 de abril de 2020, a aplicação de multas a pessoas físicas e jurídicas que não utilizassem a proteção facial, seria uma “verdadeira injustiça” aos munícipes e comerciantes.

pessoa homem usa máscara de proteção contra o coronavírus, que provoca a doença Covid-19 — Foto: Carla Cleto/Sesau

Para pessoas físicas, o valor da multa foi estipulado em R$ 100, enquanto para jurídicas R$ 3.000. Por fim, Duarte pontuou que a remissão das multas seria uma forma de reparar a injustiça.

Apesar do argumento do vereador, a Câmara Municipal rejeitou a proposta. Na votação, parte do legislativo defendeu que perdoar as multas seria um retrocesso e uma medida descabida no atual cenário da pandemia na cidade, em que escolas estão voltando com a obrigatoriedade do item de proteção facial.

VÍDEOS: g1 em 1 Minuto Santos

Newsletter G1 Created with Sketch.

O que aconteceu hoje, diretamente no seu e-mail

As notícias que você não pode perder diretamente no seu e-mail.

Para se inscrever, entre ou crie uma Conta Globo gratuita.

Obrigado!

Você acaba de se inscrever na newsletter Resumo do dia.

Deseja receber as notícias mais importantes em tempo real? Ative as notificações do G1!




Todos os créditos desta notícia pertecem a G1 Santos.

Por: G1

Esta notícia é de propriedade do autor (citado na fonte), publicada em caráter informativo. O artigo 46, inciso I, visando a propagação da informação, faculta a reprodução na imprensa diária ou periódica, de notícia ou de artigo informativo, publicado em diários ou periódicos, com a menção do nome do autor, se assinados, e da publicação de onde foram transcritos.

Avalie

Post anterior

procuradora-espancada-em-sp-diz-que-agressor-era-‘antissocial’-no-ambiente-de-trabalho;-video

G1 Santos

Procuradora espancada em SP diz que agressor era ‘antissocial’ no ambiente de trabalho; VÍDEO

Agressões aconteceram na Prefeitura de Registro, no interior de São Paulo. Demétrius Oliveira Macedo agrediu colega de trabalho na Prefeitura de Registro, no interior de São Paulo — Foto: Reprodução/Redes Sociais A procuradora Gabriela Samadello Monteiro de Barros, de 39 anos, espancada por um colega de trabalho Demétrius Oliveira Macedo, de 34, na Prefeitura de Registro, no interior de São Paulo, afirma que o agressor apresentava um comportamento "antissocial" nos […]

today22 de junho de 2022 10

Publicar comentários (0)

Deixe uma resposta

Seu endereço de email não será publicado. Os campos obrigatórios estão marcados com *

Esse site utiliza o Akismet para reduzir spam. Aprenda como seus dados de comentários são processados.


0%