Prefeitura de Guarujá

Caminhão do Peixe passa das 15 toneladas de pescados a preços acessíveis só este ano

today17 de novembro de 2022 18

Fundo
share close

Projeto oferece variedade, qualidade e preço até 50% mais barato; de segunda a quinta-feira, ele percorre diversos bairros

Mais de 15 toneladas de pescados vendidas a preços mais acessíveis, por meio do Caminhão do Peixe, chegaram à mesa dos moradores de Guarujá e Vicente de Carvalho só este ano. A média é de mais de 1,2 quilo por mês, com uma estimativa de venda de 65 quilos por dia.

Variedade, qualidade e preço até 50% mais barato. Toda semana, de segunda a quinta-feira, o Caminhão do Peixe percorre bairros oferecendo diversos tipos de pescados. O encarregado, Diogo Travassos Almeida, diz que a misturinha (que reúne diversos tipos de peixe) é a campeã de vendas. “Peixe de qualidade e por um bom preço, só aqui. Quando vou comprar, sempre penso em mim como consumidor”.

Toda quarta-feira de manhã o caseiro Juarez José da Silva, de 56 anos, tem compromisso marcado: correr até o caminhão, que fica estacionado na Enseada, para garantir a mistura da semana. “É muito perto e o preço é interessante. Compro bastante para durar sete dias, até a próxima compra. Eu gosto de preparar filé frito para mim e minha esposa, sempre com corvina”.

Quem também compra pescados toda semana no caminhão é a vendedora Rafaely Santos Almeida Souza, de 30 anos. “A família toda gosta. Eu deixo uma porção para fazer na hora e congelo o restante. Quando tiro para cozinhar, é a mesma qualidade. Também compro camarão e filé de peixe”.



Acompanhamentos

Às quartas-feiras, também é oferecida à população a Feira de Agricultura Familiar. Junto com o peixe, é possível levar temperos, frutas, legumes e verduras mais em conta. A responsável pela venda, Teresa Cristina Morine Taira, explica que leva para os consumidores só produtos da estação e direto dos produtores.

“Agora, estamos na época de chuchu e banana”, diz ela, mostrando diversos tipos de pimenta, que chamam a atenção na barraquinha. “Ainda damos algumas dicas de como preparar, como no caso dessas pimentas, que são bastante fortes”.

Segundo o secretário de Desenvolvimento Econômico e Portuário de Guarujá, Adalberto Ferreira da Silva, o projeto é um convênio com o Ministério da Agricultura. “O pescado sai praticamente com o preço de custo, por isso compensa tanto comprar no Caminhão do Peixe”.

O superintendente de Pesca, Náutica e Economia Solidária de Guarujá, diz que a Administração Municipal tem buscado parcerias com pescadores das comunidades tradicionais e colônias de pescadores para tentar baratear ainda mais o custo do pescado. “O preço acessível coloca a mistura na mesa de muitas pessoas carentes. É um projeto muito importante para o Município, com peixes da época e sempre frescos. Nada fica armazenado e chega direto do produtor”.

Os mais vendidos

  1. Misturinha
  2. Corvina
  3. Tainha
  4. Galo
  5. Gordinho
  6. Perna de moça
  7. Carapeba
  8. Espada
  9. Sardinha
  10. Paru

Programação do caminhão

Segundas

Das 10 às 17 horas – Em frente ao camelódromo, na Praça 14 Bis, em Vicente de Carvalho

Terças

Das 8 às 12 horas – Ao lado do Supermercado Extra (Av. Áurea Gonzales de Conde, 258, Jardim Progresso)

Das 14 às 17 horas – Caec Márcia Regina dos Santos (Av. Mario Daige, 1.440, Jardim Boa Esperança)

Quartas

Das 8 às 15 horas – Rua Acre com Av. Desembargador Plínio de Carvalho Pinto, Enseada. No local, acontece também a Feira de Agricultura Familiar

Quintas

Das 8 às 15 horas – Centro Comercial ao lado do Super X (Morrinhos)




Todos os créditos desta notícia pertecem a Prefeitura de Guarujá.

Por: Arhtur Godioso

Esta notícia é de propriedade do autor (citado na fonte), publicada em caráter informativo. O artigo 46, inciso I, visando a propagação da informação, faculta a reprodução na imprensa diária ou periódica, de notícia ou de artigo informativo, publicado em diários ou periódicos, com a menção do nome do autor, se assinados, e da publicação de onde foram transcritos.

Avalie

Post anterior

moraes-bloqueia-contas-de-empresas-envolvidas-em-manifestacoes

Gospel Prime

Moraes bloqueia contas de empresas envolvidas em manifestações

O ministro Alexandre de Moraes, do Supremo Tribunal Federal (STF), determinou o bloqueio de 43 contas supostamente envolvidas no apoio a manifestações contra a volta do petista Luiz Inácio Lula da Silva ao poder. Ao todo, são 33 empresas e 10 pessoas físicas que estariam financiando as manifestações nos quartéis, que pedem intervenção militar contra a manobra do Supremo que livrou Lula de cumprir pena por crimes cometidos. “O potencial […]

today17 de novembro de 2022 10

Publicar comentários (0)

Deixe uma resposta

Seu endereço de email não será publicado. Os campos obrigatórios estão marcados com *

Esse site utiliza o Akismet para reduzir spam. Aprenda como seus dados de comentários são processados.


0%