G1 Mundo

Canadá vai pagar indenização bilionária a comunidades indígenas

today24 de janeiro de 2023 8

Fundo
share close

O governo canadense pagará mais de US$ 2 bilhões a centenas de comunidades indígenas em compensação por quase um século de abusos sofridos por crianças em escolas residenciais, desde o final do século 19 até a década de 1990. Este fundo, protegido por 20 anos, será administrado por 9 indígenas, além de um representante do poder público.

“O Canadá se compromete a reparar os danos coletivos causados pelo sistema de internatos e a perde do idioma, cultura e herança”, segundo um comunicado oficial divulgado no sábado.

Durante quase um século, o governo canadense enviou cerca de 150 mil crianças para 139 escolas residenciais, a maioria dirigidas pela Igreja Católica, onde foram isoladas de suas famílias de sua cultura. Muitos sofreram abuso físico e sexual, e acredita-se que milhares morreram de doenças, desnutrição ou negligência.



Agora, uma ação coletiva movida por 325 comunidades indígenas resultou em um acordo de 2,8 bilhões de dólares canadenses (aproximadamente R$ 11 bilhões), que serão destinados a um fundo sem fins lucrativos independente do governo.

Placa na entrada da antiga Escola Residencial Kamloops Indian, em British Columbia, no Canadá — Foto: Andrew Snucins/The Canadian Press via AP

Revitalizar a cultura e a língua indígenas

O dinheiro será utilizado para “revitalizar a educação, a cultura e a língua indígenas, para ajudar os sobreviventes em seu processo de recuperação e reconexão com sua herança”, segundo o comunicado oficial.

“Levou muito tempo para o Canadá reconhecer sua história, reconhecer o genocídio que cometeu e reconhecer o dano coletivo causado a nossas nações pelas escolas residenciais”, disse Garry Feschuk, um líder indígena que esteve envolvido na acusação.

O ministro federal das Relações Indígenas, Marc Miller, afirmou, por sua parte, que “todos os sobreviventes merecem justiça e a compensação que lhes é devida”.

Os termos específicos para o pagamento do valor serão decididos pela Justiça federal em 27 de fevereiro.

Em 2015, uma comissão nacional de inquérito classificou o sistema de escolas residencial de “genocídio cultural”.

Papa diz que internatos cristãos promoveram genocídio contra crianças indígenas no Canadá

Papa diz que internatos cristãos promoveram genocídio contra crianças indígenas no Canadá




Todos os créditos desta notícia pertecem a G1 Mundo.

Por: G1

Esta notícia é de propriedade do autor (citado na fonte), publicada em caráter informativo. O artigo 46, inciso I, visando a propagação da informação, faculta a reprodução na imprensa diária ou periódica, de notícia ou de artigo informativo, publicado em diários ou periódicos, com a menção do nome do autor, se assinados, e da publicação de onde foram transcritos.

Avalie

Post anterior

predio-evacuado-apos-coluna-ceder-no-litoral-de-sp-continuara-interditado

G1 Santos

Prédio evacuado após coluna ceder no litoral de SP continuará interditado

O edifício foi interditado por questões de segurança pelo Corpo de Bombeiros e Defesa Civil do município logo após o ocorrido, na última quinta-feira (19). A expectativa era de que os moradores retornassem aos imóveis nesta terça-feira (24). Antes de a prefeitura informar sobre a necessidade de complementar o escoramento da área afetada, explicando que a decisão ocorreu em acordo com o construtor, engenheiro contratado, Defesa Civil e Secretaria de […]

today23 de janeiro de 2023 70

Publicar comentários (0)

Deixe uma resposta

Seu endereço de email não será publicado. Os campos obrigatórios estão marcados com *

Esse site utiliza o Akismet para reduzir spam. Aprenda como seus dados de comentários são processados.


0%