Prefeitura de Guarujá

Capoeira Inclusiva gradua 36 Pessoas com Deficiência em Guarujá

today24 de outubro de 2023 5

Fundo
share close

Alunos participam de aulas, há cinco anos, que têm como ponto forte atender pessoas com deficiência física e/ou cognitiva

Fomentando a inclusão por meio da capoeira, Guarujá graduou 36 Pessoas com Deficiência (PCDs) na última quinta-feira (19), no projeto da Capoeira Inclusiva. O evento aconteceu na Associação dos Deficientes da Ilha de Santo Amaro (Adisa), que coordenou todo o processo, em parceria com a Prefeitura.

A iniciativa existe há cinco anos. Nela, pessoas com deficiência física e/ou cognitiva têm aulas específicas da modalidade, duas vezes por semana. A ação contou com o apoio de emenda parlamentar de R$ 150 mil da senadora Mara Gabrilli.

Com o valor, foi elaborado o projeto, que teve aprovação da Secretaria Municipal de Desenvolvimento e Assistência Social (Sedeas), apoiadora da ação. Uma van foi alugada por oito meses para auxiliar na condução dos alunos. Também foram adquiridos uniformes.

A graduação contou com a presença do secretário municipal de Comunicação e Relações Sociais. “A capoeira é hoje uma das principais ferramentas de inclusão dentro das políticas públicas desenvolvidas pelo Município. A Prefeitura está atenta e pronta a apoiar iniciativas que apresentam resultados tão profícuos, como os que estamos constatando aqui hoje”, destacou.



Guilherme Andrade foi um dos alunos graduados. “Estou muito feliz. A capoeira é um ótimo esporte para mim, aprendi muitas coisas e a cada dia estou mais envolvido. As aulas são ótimas”, contou.

Outra graduada foi Mariana Ramos da Silva. “Meu sonho sempre foi fazer capoeira e está se realizando. Não é só meu sonho, mas de muitos que estão aqui. Estou extremamente feliz”, afirmou.

Aulas para todos

As aulas são comandadas pelo Mestre Nuvem, que se tornou PCD após sofrer um quadro de isquemia. Elas acontecem todas as terças e quintas-feiras, das 15 às 17 horas, na seda da Adisa (Rua Josefa Hermínia Caldas, 534 – Jardim Progresso).

Mesmo tendo como ponto forte o atendimento a alunos com deficiência, qualquer pessoa a partir de 14 anos pode participar. Para se inscrever basta comparecer na Adisa, ou entrar em contato pelo telefone (13) 3352-1700.




Todos os créditos desta notícia pertecem a Prefeitura de Guarujá.

Por: arthur.pinho

Esta notícia é de propriedade do autor (citado na fonte), publicada em caráter informativo. O artigo 46, inciso I, visando a propagação da informação, faculta a reprodução na imprensa diária ou periódica, de notícia ou de artigo informativo, publicado em diários ou periódicos, com a menção do nome do autor, se assinados, e da publicação de onde foram transcritos.

Avalie

Post anterior

9a-conferencia-de-povos-e-terreiros-de-guaruja-indica-protocolo-contra-a-intolerancia-religiosa

Prefeitura de Guarujá

9ª Conferência de Povos e Terreiros de Guarujá indica protocolo contra a intolerância religiosa

Evento ainda contou com  entrega do Prêmio Resistência, homenageando munícipes que são referências na luta pelos direitos civis Com debate voltado ao tema ‘Violência Contra os Povos de Terreiro’, a 9ª Conferência de Povos e Terreiros de Guarujá terminou com a indicação de criação de protocolo contra a intolerância religiosa. O evento aconteceu na última quinta-feira (19), na Câmara Municipal. Estiveram presentes cerca de 140 pessoas e mais de 30 […]

today24 de outubro de 2023 31

Publicar comentários (0)

Deixe uma resposta

Seu endereço de email não será publicado. Os campos obrigatórios estão marcados com *

Esse site utiliza o Akismet para reduzir spam. Aprenda como seus dados de comentários são processados.


0%