Gospel Prime

Casal iraniano é liberto de prisão em Teerã, após julgamento

today15 de maio de 2023 2

Fundo
share close

Após serem condenados por organizar uma igreja doméstica, o casal Homayoun Zhaveh e Sara Ahmadi, no Irã, finalmente foi libertado na última terça-feira (9). O caso foi reaberto pela Suprema Corte do país.

Homayoun, de 64 anos e oriundo de uma família muçulmana, enfrenta um grave quadro de doença de Parkinson. Ele e sua esposa estavam detidos na prisão de Evin, localizada em Teerã, a capital iraniana.

Em agosto de 2022, Homayoun foi condenado a 2 anos de prisão, enquanto Sara recebeu uma sentença de 8 anos, por disseminarem o Evangelho entre os iranianos. Após duas tentativas fracassadas, no mês passado, próximo à Páscoa, o casal recebeu a oportunidade de um novo julgamento.

O juiz afirmou que “reunir pessoas da mesma fé é algo natural” e que a posse de literatura cristã, que foi um dos motivos da condenação, “faz parte de sua prática de fé”.

“Abuso de poder”



Segundo a Portas Abertas, relatórios dos agentes do Ministério da Inteligência sobre a organização e participação em igrejas domésticas não são considerados atos contra a segurança nacional.

“Essas ações não são reconhecidas como atividades criminosas pela lei”, afirmou o juiz. Além disso, os advogados do casal ressaltaram que, nas igrejas domésticas, eles apenas “prestavam culto a Deus, seguindo os ensinamentos cristãos, que incluem obediência, submissão e apoio às autoridades”.

Mansour Borji, diretor da organização de defesa dos cristãos iranianos Artigo 18, declarou: “A sentença confirma a arbitrariedade na condenação de inúmeros cristãos. Há décadas, a Inteligência Iraniana e a República Islâmica têm ignorado a lei e abusado do poder para criminalizar atividades pacíficas e constitucionais. Infelizmente, a injustiça de muitas sentenças permanece irrefutada”.

“Regozijamo-nos com a decisão do tribunal de liberar Homayoun e Sara, e somos gratos pelas orações da família e dos cristãos ao redor do mundo por este julgamento. No entanto, ninguém deveria ser submetido à tortura que o casal enfrentou, e ainda há muitos cristãos presos que continuam aguardando por um julgamento justo”, concluiu Mansour.




Todos os créditos desta notícia pertecem a Gospel Prime.

Por: Redacao

Esta notícia é de propriedade do autor (citado na fonte), publicada em caráter informativo. O artigo 46, inciso I, visando a propagação da informação, faculta a reprodução na imprensa diária ou periódica, de notícia ou de artigo informativo, publicado em diários ou periódicos, com a menção do nome do autor, se assinados, e da publicação de onde foram transcritos.

Avalie

Post anterior

biblia-salva-mulher-de-facada-em-tentativa-de-estupro

Gospel Prime

Bíblia salva mulher de facada em tentativa de estupro

Um crime de tentativa de estupro e assassinato foi frustrado graças à presença de uma Bíblia Sagrada. O incidente foi capturado por câmeras de segurança de um estabelecimento comercial em Osasco. No vídeo, é possível observar o agressor pegando a mulher de surpresa, agarrando-a por trás e tentando fazê-la desmaiar com um estrangulamento conhecido como “mata-leão”. Apesar dos esforços do criminoso para tirar sua saia, a vítima resiste e luta […]

today15 de maio de 2023 1

Publicar comentários (0)

Deixe uma resposta

Seu endereço de email não será publicado. Os campos obrigatórios estão marcados com *

Esse site utiliza o Akismet para reduzir spam. Aprenda como seus dados de comentários são processados.


0%