G1 Mundo

Casal nos EUA celebra a chegada da 1ª menina na família em 138 anos

today12 de abril de 2023 11

Fundo
share close

Depois de 138 anos, a pequena Audrey chegou à família Clark para quebrar a hegemonia masculina. Segundo registros, ela é a primeira menina a nascer do lado dos Clark desde 1885.

Em entrevista ao programa Good Morning America, da ABC, Carolyn e Andrew Clark, que são pais também de Cameron, de 4 anos, contaram que ficaram surpresos com a revelação do sexo do bebê. “Nunca pensamos que teríamos uma menina”, disse o pai.

Audrey Clark — Foto: Reprodução/Good Morning America



Carolyn revelou durante a entrevista que ficou sabendo da história da família no começo do namoro, mas que inicialmente não acreditou. “Quando começamos a namorar, eu falei que queria pelo menos uma menina. Aí o Andrew falou que a família dele nunca tinha tido meninas. Eu fiquei confusa, porque nunca tinha escutado isso”.

“Eu fiquei surpresa quando ele contou e pensei: ‘há 50% de chance de ser uma menina em uma gestação. O que você quer dizer?’. Ele explicou: ‘legitimamente, não temos garota em nossa linhagem direta há mais de 100 anos'”, completou a mãe de Audrey.

Andrew explicou que tios e primos tiveram meninas, mas que sua linhagem só gerou meninos.

Em setembro de 2022, a família se reuniu para o chá revelação. E foi através de biscoitos personalizados que eles descobriram que a Audrey estava chegando. “Eu fiquei chocado. Olhei para o centro do biscoito e era rosa”, contou Andrew.

Biscoitos do chá revelação de Audrey — Foto: Reprodução/Facebook Carolyn Clark




Todos os créditos desta notícia pertecem a G1 Mundo.

Por: G1

Esta notícia é de propriedade do autor (citado na fonte), publicada em caráter informativo. O artigo 46, inciso I, visando a propagação da informação, faculta a reprodução na imprensa diária ou periódica, de notícia ou de artigo informativo, publicado em diários ou periódicos, com a menção do nome do autor, se assinados, e da publicação de onde foram transcritos.

Avalie

Post anterior

a-jovem-que-fugiu-da-coreia-do-norte-para-encontrar-a-mae

G1 Mundo

A jovem que fugiu da Coreia do Norte para encontrar a mãe

Ela deveria estar com medo: o rio era fundo e a correnteza parecia forte. Se ela fosse pega, sem dúvida seria punida, talvez até baleada. No entanto, ela conta que sentiu algo muito mais forte do que seu medo. Ela estava deixando a Coreia do Norte para encontrar a mãe, que a havia deixado quando criança. Enquanto Songmi nadava pela água gelada ao entardecer, ela sentia como se estivesse voando. […]

today12 de abril de 2023 9

Publicar comentários (0)

Deixe uma resposta

Seu endereço de email não será publicado. Os campos obrigatórios estão marcados com *

Esse site utiliza o Akismet para reduzir spam. Aprenda como seus dados de comentários são processados.


0%