G1 Mundo

Caso de homem com pernas amputadas morto por policiais gera revolta nos EUA; vídeo mostra que ele tentava fugir

today1 de fevereiro de 2023 12

Fundo
share close

A família de um homem que foi morto pela polícia na Califórnia, nos Estados Unidos, está indignada porque ele não tinha pernas, e um vídeo mostra que ele tentava se distanciar dos agentes antes de ser alvejado.

A polícia diz que foi chamada ao local do incidente pouco antes das 16h da última quinta-feira (26) porque o suspeito, Anthony Lowe Jr., teria saído de sua cadeira de rodas e esfaqueado uma pessoa, deixando-a em estado crítico.

Quando os policiais chegaram, o encontraram com a faca. Ele teria saído da cadeira de rodas e tentado fugir.



Em um comunicado, o Departamento de Polícia de Huntington Park diz que os policiais tentaram duas vezes usar tasers (armas não-letais de choque), mas não tiveram sucesso em controlar o suspeito. Depois, segundo a polícia, ele continuou a ameaçar os policiais com a faca, quando foi alvejado com arma de fogo.

“Eles se recusam a informar tudo o que precisamos para saber o que realmente aconteceu”, disse seu primo Ellakenyada Gorum. “Ele era amado. E é triste, muito triste, que estejam matando nosso povo afro-americano e escapando impunes. Ele estava em uma cadeira de rodas. O que mais ele poderia fazer?”, questionou.

Familiares dizem que ele havia acabado de perder as pernas e não era uma ameaça para os policiais.

O Departamento de Polícia de Huntington Park afirmou que os envolvidos estão agora em licença administrativa remunerada, e uma investigação está em andamento.

Policiais são acusados de homicídio doloso nos EUA

Policiais são acusados de homicídio doloso nos EUA

O caso acontece em meio a protestos nos Estados Unidos por conta da morte de Tyre Nichols, um cidadão negro que foi espancado pela polícia durante uma abordagem. Ele morreu dias depois no hospital.

O caso aconteceu no início de janeiro mas veio à tona na semana passada, quando foram divulgadas imagens de câmaras acopladas na roupa dos policiais – um mecanismo adotado justamente para monitorar a conduta dos agentes.

O vídeo mostra como Nichols é brutalmente agredido pelos policiais ao fugir da abordagem. Seis agentes envolvidos na agressão foram afastados, e o caso está em investigação.




Todos os créditos desta notícia pertecem a G1 Mundo.

Por: G1

Esta notícia é de propriedade do autor (citado na fonte), publicada em caráter informativo. O artigo 46, inciso I, visando a propagação da informação, faculta a reprodução na imprensa diária ou periódica, de notícia ou de artigo informativo, publicado em diários ou periódicos, com a menção do nome do autor, se assinados, e da publicação de onde foram transcritos.

Avalie

Post anterior

casal-abandona-bebe-para-nao-pagar-passagem-extra-em-aeroporto-de-israel

G1 Mundo

Casal abandona bebê para não pagar passagem extra em aeroporto de Israel

Segundo imprensa local, pais não tinham passagem para filho, que foi exigida por companhia. Ambos foram detidos e levados de volta ao local do abandono. Imagem do aeroporto de Ben Gurion, perto de Tel Aviv, em Israel, em novembro de 2021 — Foto: Ariel Schalit/AP Inconformado por ter de pagar uma passagem extra para seu bebê, um casal belga abandonou a criança no aeroporto de Tel Aviv, em Israel, na […]

today1 de fevereiro de 2023 14

Publicar comentários (0)

Deixe uma resposta

Seu endereço de email não será publicado. Os campos obrigatórios estão marcados com *

Esse site utiliza o Akismet para reduzir spam. Aprenda como seus dados de comentários são processados.


0%