G1 Mundo

Catar planeja enviar moradias temporárias utilizadas na Copa do Mundo para ajudar sobreviventes na Turquia e na Síria

today14 de fevereiro de 2023 11

Fundo
share close

A nação árabe diz que idealmente essas moradias temporárias para o evento seriam doadas após o fim da competição.

Um lote inicial de 350 estruturas foi enviado no domingo, informou o Fundo de Desenvolvimento do Catar.

Moradias temporárias são vistas em vila para fãs na cidade de Doha, no Catar — Foto: Hussein Sayed/AP



Os terremotos de magnitude 7,8 e 7,5 que ocorreram com nove horas de intervalo em 6 de fevereiro e mataram mais de 37 mil pessoas no sudeste da Turquia e no norte da Síria devastado pela guerra. Espera-se que o número de vítimas suba ainda mais à medida que as equipes de busca e resgate encontram mais corpos.

Dezenas de milhares de edifícios foram destruídos ou severamente danificados, deixando milhões de desabrigados. Como os abrigos ficaram lotados nos dias após o terremoto, muitos foram forçados a dormir do lado de fora em um clima úmido e invernal.

O Catar e outros países ricos do Golfo juntaram-se ao esforço global para enviar equipes de resgate e ajuda à região atingida. Os Emirados Árabes Unidos prometeram US$ 100 milhões para esforços de socorro. A Arábia Saudita despachou oito aviões carregados de suprimentos para a Turquia e a Síria.

Exército sírio recebe doações vindas da Arábia Saudita — Foto: SANA via AP




Todos os créditos desta notícia pertecem a G1 Mundo.

Por: G1

Esta notícia é de propriedade do autor (citado na fonte), publicada em caráter informativo. O artigo 46, inciso I, visando a propagação da informação, faculta a reprodução na imprensa diária ou periódica, de notícia ou de artigo informativo, publicado em diários ou periódicos, com a menção do nome do autor, se assinados, e da publicação de onde foram transcritos.

Avalie

Post anterior

vizinha-da-ucrania,-moldavia-fecha-espaco-aereo,-reabre-e-acusa-russia-de-conspiracao-para-golpe

G1 Mundo

Vizinha da Ucrânia, Moldávia fecha espaço aéreo, reabre e acusa Rússia de conspiração para golpe

Governo local não divulga motivo de fechamento, mas mídia local fala de drone militar detectado sobrevoando o território do país. Na semana passada, premiê renunciou após afirmar que míssil russo invadiu espaço aéreo moldavo. Moscou nega. Maia Sandu, da Moldávia, em novembro de 2022 — Foto: Yoan Valat/Reuters A Moldávia fechou temporariamente seu espaço aéreo nesta terça-feira (14), um dia depois de a presidente do país, Maia Sandu, acusar a […]

today14 de fevereiro de 2023 11

Publicar comentários (0)

Deixe uma resposta

Seu endereço de email não será publicado. Os campos obrigatórios estão marcados com *

Esse site utiliza o Akismet para reduzir spam. Aprenda como seus dados de comentários são processados.


0%