G1 Mundo

Chefe da ONU denunciará Israel e grupo terrorista Hamas por violações contra as crianças

today8 de junho de 2024 9

Fundo
share close

Inclusão está em relatório sobre crianças e conflitos armados da ONU. Em 2023, grupos terroristas apareceram na lista. que já teve Talibã e Estado Islâmico


Crianças são cerca de 35% de todos os mortos na Faixa de Gaza, mais de 6,5 mil, segundo autoridades palestinas. — Foto: Reuters via BBC



Israel foi incluída pela Organização das Nações Unidas (ONU) em uma lista global de agressores de crianças ao lado do Hamas e da Jihad Islâmico.

Outros grupos terroristas como o Talibã e o Estado Islâmico apareceram em 2023 na lista que integra um relatório anual da ONU sobre crianças e conflitos armados no mundo. A versão de 2024 do documento, que traz uma lista global de atores que, segundo a ONU, cometeram violações contra crianças, será divulgada na semana que vem.

A informação de que o Exército israelense está na lista deste ano foi inicialmente dada nesta sexta-feira (7) pelo enviado especial de Israel na Organização das Nações Unidas (ONU), Gilad Erdan, e depois uma fonte diplomática que não quis ser identificada confirmou a informação para a agência de notícias Reuters.

Erdan chamou a inclusão de “vergonhosa”. O ministro de Relações Exteriores de Israel, Israel Katz, afirmou que a decisão “impactará nas relações de Israel com a ONU”.

A ONU não havia se pronunciado sobre a inclusão de Israel até a última atualização desta reportagem. Já o porta-voz da Autoridade Nacional Palestina, Nabil Abu Rudeineh, elogiou a decisão das Nações Unidas.

“É um passo a mais para que Israel seja responsabilizada pelos seus crimes”, disse.

Israel sofre pressão dos EUA para esclarecer ataque em escola da ONU

Israel sofre pressão dos EUA para esclarecer ataque em escola da ONU




Todos os créditos desta notícia pertecem a G1 Mundo.

Por: G1

Esta notícia é de propriedade do autor (citado na fonte), publicada em caráter informativo. O artigo 46, inciso I, visando a propagação da informação, faculta a reprodução na imprensa diária ou periódica, de notícia ou de artigo informativo, publicado em diários ou periódicos, com a menção do nome do autor, se assinados, e da publicação de onde foram transcritos.

Avalie

Post anterior

Notícias

Modi vence na Índia, mas perde apoio e passa a depender de parceiros de coalizão

Narendra Modi em 22 de maio de 2024 — Foto: Adnan Abidi/Reuters Segundo a agência de notícias Associated Press, a contagem mostra que a coligação de partidos que apoiam Modi, a Aliança Democrática Nacional, conquistou 286 assentos no Parlamento —para garantir a maioria, são necessários 272. No entanto, o partido de Modi, o Bharatiya Janata (BJP, na sigla em inglês) teve um desempenho pior do que em eleições anteriores e precisará negociar com os aliados regionais para governar. Esta é […]

today8 de junho de 2024 8

Publicar comentários (0)

Deixe uma resposta

Seu endereço de email não será publicado. Os campos obrigatórios estão marcados com *

Esse site utiliza o Akismet para reduzir spam. Aprenda como seus dados de comentários são processados.


0%