G1 Mundo

China registra quase 60 mil mortes ligadas à Covid-19 em um mês

today14 de janeiro de 2023 14

Fundo
share close

A China é acusada de não declarar todas as mortes causadas pelo vírus desde que abandonou sua política de ‘covid zero’ em dezembro.




A proximidade do principal feriado na China acende o alerta no país em meio a um surto de covid

A proximidade do principal feriado na China acende o alerta no país em meio a um surto de covid

A China informou neste sábado (14) que registrou quase 60 mil mortes relacionadas à Covid-19 em pouco mais de um mês, o primeiro grande número de mortes publicado pelo governo desde que flexibilizou suas rígidas medidas sanitárias em dezembro.

“Um total de 59.938” mortes relacionadas com a covid-19 foram registradas “entre 8 de dezembro de 2022 e 12 de janeiro de 2023”, disse Jiao Yahui, chefe do gabinete de administração médica da Comissão Nacional de Saúde.

Quase 90% da população da terceira província mais populosa da China foi infectada com a covid-19 – disse uma autoridade de alto escalão nesta segunda-feira (9), no momento em que o país enfrenta um forte surto de casos — Foto: AFP – JUNG YEON-JE

Este saldo não inclui os óbitos registrados fora dos hospitais.

O número inclui 5.503 mortes causadas por insuficiência respiratória diretamente devido ao vírus e 54.435 mortes causadas por doenças subjacentes combinadas com a covid, disse Jiao.

A China é acusada de não declarar todas as mortes causadas pelo vírus desde que abandonou sua política de “covid zero” em dezembro.

Segundo as autoridades de saúde, a idade média dos falecidos é de 80,3 anos e mais de 90% das vítimas mortais tinham mais de 65 anos. A maioria sofria de doenças subjacentes.

Newsletter G1 Created with Sketch.

O que aconteceu hoje, diretamente no seu e-mail

As notícias que você não pode perder diretamente no seu e-mail.

Para se inscrever, entre ou crie uma Conta Globo gratuita.

Obrigado!

Você acaba de se inscrever na newsletter Resumo do dia.

Deseja receber as notícias mais importantes em tempo real? Ative as notificações do G1!




Todos os créditos desta notícia pertecem a G1 Mundo.

Por: G1

Esta notícia é de propriedade do autor (citado na fonte), publicada em caráter informativo. O artigo 46, inciso I, visando a propagação da informação, faculta a reprodução na imprensa diária ou periódica, de notícia ou de artigo informativo, publicado em diários ou periódicos, com a menção do nome do autor, se assinados, e da publicação de onde foram transcritos.

Avalie

Post anterior

voce-viu?-atos-terroristas-em-brasilia,-gastos-com-cartoes-corporativos-de-bolsonaro,-crise-na-americanas,-bbb-23-e-revelacoes-do-principe-harry

G1 Mundo

Você viu? Atos terroristas em Brasília, gastos com cartões corporativos de Bolsonaro, crise na Americanas, BBB 23 e revelações do Príncipe Harry

Atos terroristas em Brasília Policiais sobem a rampa do Palácio do Planalto vistos através de uma janela quebrada por vândalos durante invasão em Brasília — Foto: Eraldo Peres/AP Um dia de terror no coração da República. No último domingo, bolsonaristas radicais que estavam em acampamento no QG do Exército, em Brasília - e que tiveram o reforço de caravanas que chegaram de diferentes partes do país - invadiram e depredaram […]

today14 de janeiro de 2023 13

Publicar comentários (0)

Deixe uma resposta

Seu endereço de email não será publicado. Os campos obrigatórios estão marcados com *

Esse site utiliza o Akismet para reduzir spam. Aprenda como seus dados de comentários são processados.


0%