G1 Santos

Chuvas fortes: ventos de até 80 km/h causam falta de luz em SP; temperatura cai 10 graus na capital de sábado para domingo

today19 de novembro de 2023

Fundo
share close

Às 12h42 deste domingo (19), todas as regiões da capital paulista entraram em estado de atenção para alagamentos por causa da chuva que atinge a cidade. De sábado para domingo a temperatura caiu mais de 10 graus centígrados. A temperatura máxima no sábado foi de 34,4º C, segundo o Centro de Gerenciamento de Emergências (CGE). Neste domingo era de 21º C no início da tarde.

Ao menos uma árvore caiu sobre um carro na capital paulista e deixou dois ocupantes feridos sem gravidade. E o aeroporto de Congonhas, na Zona Sul da cidade teve as operações de pousos e decolagens de aeronaves interrompidas temporariamente na noite de sábado por causa do tempo instável. Em Itapeva, parte da estrutura de um aeroclube desabou e atingiu quatro aeronaves, mas não deixou feridos.

No Sul do país sete pessoas já morreram até este domingo (19) por causa dos temporais que atingiram recentemente a região. O Rio Grande do Sul confirmou a quarta morte neste final de semana e dois desaparecidos. Três vítimas também perderam a vida em Santa Catarina e uma pessoa é procurada.



Árvore cai sobre carro na Avenida das Nações Unidas, na Zona Sul de São Paulo. Dois ocupantes ficaram feridos — Foto: Divulgação/Defesa Civil estadual

Também houve registros de desabamentos de muros de escolas no interior e no litoral paulista (saiba mais abaixo).

As informações foram confirmadas neste domingo por moradores que procuraram a reportagem, pela Enel , empresa responsável pelo fornecimento de energia para alguns municípios do estado de São Paulo, pela Sabesp, autarquia que distribui água potável para cidades paulista, Defesa Civil estadual e Corpo de Bombeiros. Até a última atualização desta reportagem não houve registro de mortes.

Árvore caiu na Rua Dom Armando Lombardi, na região da Capela do Socorro, Zona Sul da capital — Foto: Divulgação/Defesa Civil estadual

Segundo a Defesa Civil estadual, 100 árvores caíram na capital por causa desse tempo instável. Uma dessas árvores caiu sobre um carro que passava pela Avenida das Nações Unidas, na Vila Almeida, Zona Norte de São Paulo. O veículo ficou destruído e dois ocupantes ficaram feridos sem gravidade (veja foto abaixo).

Mais 20 árvores caíram em outras cidades do estado: sete em Barretos, uma em Itararé, seis em Ubatuba, quatro em Eldorado e duas em Taubaté (nessa cidade os ventos também derrubaram um outdoor; veja vídeo abaixo).

Tempestade com ventos fortes assusta moradores e derruba outdoor em Taubaté, SP

Tempestade com ventos fortes assusta moradores e derruba outdoor em Taubaté, SP

De acordo com o governo de São Paulo, as estações oficiais de medicação registraram ventos de 71,6 km/h na Zona Sul da capital. Já a maior rajada no estado foi registrada em Ourinhos, no interior, com 87,8 km/h, mas não há registro de danos na cidade.

Moradores ainda relataram falta de energia em São Paulo (no Butantã, Santo Amaro, Morumbi e Vila Andrade, bairros da Zona Sul) e São Bernardo do Campo, outra cidade da região metropolitana.

Chuva e vento fortes de sábado (18) derrubam árvore sobre fiação e interrompem distribuição de energia elétrica em parte do Butantã, bairro da Zona Oeste de São Paulo — Foto: Reprodução/Divulgação

A falta de energia elétrica em algumas regiões da capital também atingiu uma casa de shows onde a cantora Alcione se apresentava, na noite de sábado. O público não desanimou e ligou os celulares iluminar o local e poder acompanhar a sambista, cantando também com ela. Vídeos que circulam nas redes sociais mostram essa situação.

“Não teve chuva ou falta de luz que pudessem desanimar o público que lotou o @vibrasaopaulo hoje. Saio desse palco extremamente emocionada e feliz!!!! brigada, São Paulo!!!!”, postou Alcione em seu Instagram.

Faltou energia elétrica no show de Alcione. Vídeo mostra público ligando luzes dos celulares para iluminar local e acompanhar a sambista cantando em casa de shows em São Paulo — Foto: Reprodução/Instagram

Procurada para comentar o assunto, a Enel não informou quais são as cidades que tiveram registro de falta de energia elétrica. A empresa também não respondeu à reportagem sobre quantos clientes foram afetados pelo problema e quantos continuam sem luz em seus imóveis.

Por meio de nota, a Enel informou à reportagem que havia adotado um “plano de ação emergencial nos municípios atendidos com mobilização antecipada das equipes em campo e nos canais de atendimento”.

“A Enel Distribuição São Paulo informa que restabeleceu a energia para mais de 80% dos clientes que tiveram o fornecimento impactado ontem (18/11) à noite com a pancada de chuva acompanhada de ventos que atingiu parte da região metropolitana. A companhia reforçou seu plano de ação emergencial nos municípios atendidos com mobilização antecipada das equipes em campo e nos canais de atendimento.”, informa o comunicado da empresa.

Casal se protege da chuva deste domingo (19) que alaga calçada e parte da rua no Brooklin, Zona Sul de São Paulo — Foto: Maurício Ferraz/TV Globo

A Enel orienta os clientes afetados pela falta de energia que procurem informações por seus “canais digitais como o APP Enel São Paulo ou a agência virtual no site www.enel.com.br.”

A empresa também disponibilizou um “canal pelo SMS para registrar falta de energia. Basta enviar mensagem gratuita para o número 27373 com a palavra LUZ e o número da instalação que consta na conta da Enel. O registro ocorrerá automaticamente”.

De acordo com o órgão, foi constatado, por diversos meios, que um grande contingente de consumidores ficou sem energia elétrica por mais de 48 horas. A Assembleia Legislativa de São Paulo (Alesp) também abriu uma Comissão Parlamentar de Inquérito (CPI) para apurar a condução da Enel durante a falta de eletricidade.

CPI da Enel na Alesp — Foto: Divulgação

Os aviões do aeroclube de Itapeva (SP) foram danificados com a ventania — Foto: Defesa Civil/Divulgação

A Defesa Civil estadual informou que suas equipes permanecem de prontidão neste domingo (19) em todo o estado de São Paulo devido à previsão de tempestades com rajadas de vento acima de 60 km/h em cidades do interior, litoral e na região metropolitana.

Em Itapeva, os ventos foram acompanhados por chuvas fortes que resultaram em quedas de árvores, destelhamentos e desabamentos. A quadra da Escola Municipal Professora Auto Rolim foi danificada e parte do muro e da cobertura da Escola Municipal Professora Celso Duch foram destruídos. Parte da estrutura do aeroclube local também desabou, atingindo quatro aeronaves. Ninguém ficou ferido.

Em Ubatuba, o muro da Escola Estadual Professora Áurea Moreira Rachou caiu. O reparo já foi agendado para a próxima terça-feira (21) e não impactará as aulas. Árvores caíram sobre carros na cidade (veja vídeo abaixo).

Temporal derruba árvores sobre carros na Praia do Sapê em Ubatuba

Temporal derruba árvores sobre carros na Praia do Sapê em Ubatuba

O Departamento de Estradas de Rodagem (DER) registrou cinco ocorrências de interrupções parciais ou totais por queda de árvores em rodovias estaduais no sábado. Mas neste domingo as vias já tinham sido liberadas.

As interrupções parciais ocorreram nas:

  • SP 281, Rodovia Aparício Biglio Filho, Km 7, em Itararé: Sistema pare e siga pelo sentido norte. Houve interdição total por da 0h35, com desvio do tráfego por via municipal sem congestionamento.
  • SP 79, Rodovia Padre Guilherme, Km 118, em Piedade: Interdição de uma faixa de rolamento.
  • SP 459/230, Rodovia José Padovan, Kms 3 e 10, Pariquera-Açu: Interdição parcial no sentido sul com pare e siga pela pista Norte.

A interdição total foi registrada na:

  • SP 165, Rodovia Benedito Pascoal de França, Km 98, em Pariquera-Açu: Interdição total, sem opção de desvio do tráfego.     

Céu no Centro da capital paulista amanheceu nublado neste domingo (19) — Foto: Cíntia Acayaba/g1

Segundo o governo estadual, a previsão do tempo para esse domingo é de pancadas de chuva generalizada em todo estado. As precipitações podem variar de moderada à forte intensidade e ser seguidas por raios, ventos e eventualmente granizo.

Nas regiões litorâneas, a chuva será persistente ao longo do dia e as temperaturas ficarão mais amenas principalmente nas cidades da faixa leste paulista. Na região de Bauru, a previsão é de chuva intensa também, com acumulados expressivos.

Na capital, há condições para tempestades a qualquer momento do dia. Na parte da tarde, as temperaturas podem chegar a 26°C, esfriando ao anoitecer, com mínima de 19°C. O risco para transtornos é elevado em todo o território paulista, sendo recomendado atenção redobrada às áreas e estruturas mais vulneráveis.

Nuvens escuras surgem no céu na Zona Norte de São Paulo na manhã deste domingo (19) — Foto: Hermínio Bernardo/TV Globo

Nos próximos dias, a Defesa Civil estadual recomenda que a população fique atenta a mudanças bruscas no clima e tome precauções em caso de chuva forte ou rajadas de vento. Evite áreas arborizadas durante a tempestade, devido ao risco de quedas de árvores, e mantenha-se informado por meios oficiais para receber informações atualizadas sobre as condições climáticas e possíveis alertas.

Ao identificar sinais de ventos intensos, busque abrigo em locais seguros e longe de estruturas suscetíveis a danos, como postes, árvores ou fiações elétricas. Antecipe-se a possíveis incidentes verificando a estabilidade de árvores próximas à sua residência – caso identifique riscos, acione autoridades competentes para avaliação e providências.

Certifique-se de que objetos soltos em áreas externas, como móveis de jardim e utensílios, estejam devidamente guardados para evitar danos materiais e acidentes. Na condução, reduza a velocidade em condições adversas, mantendo distância segura de outros veículos, e esteja atento a possíveis bloqueios viários devido a quedas de árvores e alagamentos.

As autoridades estaduais também recomendam que cada prefeitura avalie a necessidade, de acordo com as condições climáticas locais, de suspensão ou cancelamento de atividades e eventos públicos ou privados ao ar livre.

Pessoas se protegem de chuva neste domingo (19) na Avenida Paulista, Centro de São Paulo — Foto: Divulgação/Arquivo pessoal

A Sabesp informou que, devido à falta de energia elétrica em decorrência das chuvas, o sistema de bombeamento foi interrompido, afetando o abastecimento de água em trechos dos municípios de Embu das Artes, Taboão da Serra, Itapecerica da Serra, Rio Grande da Serra e Ribeirão Pires. A Companhia está realizando manobras operacionais para reduzir o impacto e direcionando caminhões-tanque para os pontos mais afetados.

A Sabesp informou por meio de nota que lamenta os transtornos e “pede a colaboração dos moradores no uso consciente e sem desperdícios da água armazenada nas caixas residenciais.”

A Companhia colocou à disposição dos clientes o telefone 0800-0550195, pela Agência Virtual, através do site www.sabesp.com.br, pelo aplicativo Sabesp Mobile e pelo WhatsApp (11) 3388 8000.

*Colaboraram: Wesley Bischoff, Kleber Tomaz, André Graça, Juliana Furtado, Daniela Vasconcelos




Todos os créditos desta notícia pertecem a G1 Santos.

Por: G1

Esta notícia é de propriedade do autor (citado na fonte), publicada em caráter informativo. O artigo 46, inciso I, visando a propagação da informação, faculta a reprodução na imprensa diária ou periódica, de notícia ou de artigo informativo, publicado em diários ou periódicos, com a menção do nome do autor, se assinados, e da publicação de onde foram transcritos.

Avalie

Post anterior

Sony Music

Fernanda Brum lança o primeiro single “Orai Por Todas As Crianças” do seu projeto 30 anos. Ouça agora

Fernanda Brum lança o primeiro single "Orai Por Todas As Crianças" do seu projeto 30 anos. Ouça agora “Orai Por Todas As Crianças” é o primeiro lançamento do projeto de 30 anos de carreira da Fernanda Brum. “Orai Por Todas As Crianças” é o primeiro lançamento do projeto de 30 anos de carreira da Fernanda Brum. A faixa, sucesso do álbum “Cura-me”(2008), faz apelo para orarmos pelas crianças, pois o […]

today18 de novembro de 2023 37

Publicar comentários (0)

Deixe uma resposta

Seu endereço de email não será publicado. Os campos obrigatórios estão marcados com *

Esse site utiliza o Akismet para reduzir spam. Aprenda como seus dados de comentários são processados.


0%