G1 Santos

Ciclista é espancado e ameaçado de morte após esbarrar guidão em mulher no litoral de SP

today5 de janeiro de 2024 7

Fundo
share close

Um churrasqueiro, de 48 anos, foi brutalmente agredido na avenida da praia em Mongaguá, no litoral de São Paulo. Alfredo Laganaro contou ao g1, nesta sexta-feira (5), que estava de bicicleta a caminho do trabalho quando esbarrou o guidão em uma mulher. Três homens, que estavam com ela, deram chutes, socos e até o ameaçaram de morte.

“O meu rosto ficou deformado […]. Na hora, eu me senti aqueles caras que estupram ou roubam celular e são agredidos. Eu sou só um pai de família indo trabalhar”, afirmou o churrasqueiro, que sofreu lesões nos olhos, ouvido e quebrou os dentes.

Alfredo explicou que vai de bicicleta ao trabalho todos os dias e nunca teve problema. No último dia 2, por volta das 16h, a Avenida Governador Mário Covas Júnior estava mais lotada que o normal por conta das festas de fim de ano.



De acordo com ele, uma mulher foi atravessar a ciclovia e não deu tempo de brecar, fazendo com que o guidão da bicicleta batesse na barriga dela. Para Alfredo, ela disse que não tinha machucado, mas um homem começou a questioná-lo sobre o motivo dele ter esbarrado.

O churrasqueiro, portanto, respondeu que ela deveria ter olhado para os lados antes de atravessar e continuou o trajeto para não ter confusão. Mas, o guidão entortou e ele precisou parar para arrumá-lo, momento em que foi surpreendido com socos, chutes e ameaças.

“Um dos caras que me agrediu falou: ‘Eu vou voltar na minha casa, pegar a arma e vou te matar'”, afirmou Alfredo.

Durante a confusão, o óculos escuro de Alfredo foi destruído assim como a bicicleta. Ele ficou com lesões nos olhos, quebrou os dentes da frente e, desde então, não escuta bem do lado esquerdo. O churrasqueiro acrescentou que levou um chute na cabeça ao tentar pegar o celular que havia caído no chão.

Durante a confusão, a Polícia Militar (PM) foi acionada. Em nota, a corporação informou que por se tratar de um caso de agressões mútuas, os agentes orientaram os envolvidos a registrarem a ocorrência na Polícia Civil e irem até ao pronto-socorro para os devidos cuidados médicos.

Alfredo afirmou à equipe de reportagem que até tentou se defender, mas por ter uma hérnia de disco não teve êxito. Ele foi até uma unidade de saúde, onde foi orientado a procurar o Instituto Médico Legal (IML).

O churrasqueiro desistiu de registrar o BO na delegacia com medo dos agressores descobrirem a sua identidade. “Eu não sei com quem eu lidei, eu não quero botar minha família em risco”, finalizou.

VÍDEOS: g1 em 1 minuto Santos




Todos os créditos desta notícia pertecem a G1 Santos.

Por: G1

Esta notícia é de propriedade do autor (citado na fonte), publicada em caráter informativo. O artigo 46, inciso I, visando a propagação da informação, faculta a reprodução na imprensa diária ou periódica, de notícia ou de artigo informativo, publicado em diários ou periódicos, com a menção do nome do autor, se assinados, e da publicação de onde foram transcritos.

Avalie

Post anterior

guaruja-reforca-fiscalizacao-com-efetivo-de-mais-de-200-profissionais-aos-finais-de-semana

Prefeitura de Guarujá

Guarujá reforça fiscalização com efetivo de mais de 200 profissionais aos finais de semana

Equipes atuarão principalmente nas praias e no entorno, a fim de garantir a ordem e o cumprimento da legislação municipal Para atender a demanda de mais de 1,5 milhão de turistas na alta temporada, a Prefeitura de Guarujá incrementará a Operação Verão de Fiscalização com um efetivo de mais de 200 policiais militares em atividade delegada, somados à Força-Tarefa, Guarda Civil Municipal (GCM) e agentes de fiscalização atuando aos finais […]

today5 de janeiro de 2024 7

Publicar comentários (0)

Deixe uma resposta

Seu endereço de email não será publicado. Os campos obrigatórios estão marcados com *

Esse site utiliza o Akismet para reduzir spam. Aprenda como seus dados de comentários são processados.


0%