G1 Mundo

Ciclone Freddy pode bater recorde de mais duradouro, mas já é raro por sua longevidade, distância e impacto

today15 de março de 2023 12

Fundo
share close

  • Tempestade devastadora deixou cerca de 270 mortos;
  • Ela atravessou todo o sul do Oceano Índico e viajou mais de 8 mil quilômetros;
  • Evento climático foi declarado oficialmente um ciclone em 6 de fevereiro, quando estava na Austrália;
  • Recorde anterior é do tufão John, que durou 31 dias em 1994.

Atualmente, ciclone Freddy parece estar se dissipando e o comitê da OMM vai analisar os dados somente após o término do evento.

Apesar da longa trajetória e atividade do evento, pode ser que ele não seja declarado o mais longo ciclone tropical por ter “oscilado” ao longo de seu périplo pelo Oceano Índico.

“Uma questão que abordaremos é o fato de que, ao longo de sua longa vida útil, a tempestade enfraqueceu periodicamente abaixo do status de tempestade tropical”, explica o professor Randall Cerveny, relator de climas e extremos climáticos da OMM. “Nossas avaliações são investigações científicas detalhadas, então elas levam tempo”, completou.



Visão geral após o ciclone Freddy atingir a cidade de Quelimane, na província da Zambézia, causando graves danos a infraestruturas, árvores, energia e comunicações,12 de março de 2023. — Foto: Alfredo ZUNIGA / UNICEF / AFP

Sebastien Langlade, chefe de operações da RSMC La Réunion, ressaltou que, recordista ou não, Freddy permanecerá sendo um fenômeno raro em muitos aspectos: longevidade, distância percorrida, intensidade máxima notável, quantidade de energia ciclônica acumulada (ACE) e impacto em terras habitadas.

As pessoas observam os danos causados pelo ciclone Freddy em Chilobwe, Blantyre, Malaui, 13 de março de 2023. — Foto: REUTERS/Eldson Chagara.

O Freddy se formou no nordeste da Austrália na primeira semana de fevereiro. A tempestade atravessou o sul do Oceano Índico e atingiu Madagascar em 21 de fevereiro, antes de chegar a Moçambique em 24 de fevereiro.

Com uma trajetória incomum, Freddy voltou a afetar o território moçambicano durante o último fim de semana e chegou ao Malaui na madrugada de segunda-feira (23).

“A energia ciclônica acumulada (índice usado para medir a energia liberada por um ciclone tropical) é equivalente a (toda) uma temporada média de furacões no Atlântico Norte”, explicou a OMM.

Ciclone tropical Fred visto a nordeste das Ilhas Maurício em 20 de fevereiro de 2023. — Foto: Reprodução/Nasa/International Space Station




Todos os créditos desta notícia pertecem a G1 Mundo.

Por: G1

Esta notícia é de propriedade do autor (citado na fonte), publicada em caráter informativo. O artigo 46, inciso I, visando a propagação da informação, faculta a reprodução na imprensa diária ou periódica, de notícia ou de artigo informativo, publicado em diários ou periódicos, com a menção do nome do autor, se assinados, e da publicação de onde foram transcritos.

Avalie

Post anterior

toneladas-de-uranio-‘sumiram’-de-deposito-na-libia,-diz-agencia-da-onu

G1 Mundo

Toneladas de urânio ‘sumiram’ de depósito na Líbia, diz agência da ONU

Inspetores da agência nuclear da Organização das Nações Unidas (ONU) descobriram que cerca de 2,5 toneladas de urânio natural desapareceram de um depósito na Líbia que não está sob controle do governo, disse o órgão em um comunicado nesta quarta-feira (15) obtido pela agência de notícias Reuters. A descoberta aconteceu durante uma inspeção de rotina. Ela estava originalmente planejada para o ano passado, mas "teve que ser adiada por causa […]

today15 de março de 2023 9

Publicar comentários (0)

Deixe uma resposta

Seu endereço de email não será publicado. Os campos obrigatórios estão marcados com *

Esse site utiliza o Akismet para reduzir spam. Aprenda como seus dados de comentários são processados.


0%