G1 Mundo

Toneladas de urânio ‘sumiram’ de depósito na Líbia, diz agência da ONU

today15 de março de 2023 9

Fundo
share close

Inspetores da agência nuclear da Organização das Nações Unidas (ONU) descobriram que cerca de 2,5 toneladas de urânio natural desapareceram de um depósito na Líbia que não está sob controle do governo, disse o órgão em um comunicado nesta quarta-feira (15) obtido pela agência de notícias Reuters.

A descoberta aconteceu durante uma inspeção de rotina. Ela estava originalmente planejada para o ano passado, mas “teve que ser adiada por causa da situação de segurança na região” e ocorreu nesta terça-feira, de acordo com o comunicado confidencial do chefe da Agência Internacional de Energia Atômica (AIEA), Rafael Grossi.

Os inspetores da AIEA descobriram que 10 tambores, contendo aproximadamente 2,5 toneladas de urânio natural na forma minério concentrado, previamente declarados como sendo armazenados naquele local não estavam presentes, disse o comunicado.



A agência disse ainda que vai avaliar as circunstâncias da remoção do urânio do local – que não é de fácil acesso, – e buscar identificar onde os barris estão agora.

“A perda de conhecimento sobre a localização atual do material nuclear pode apresentar um risco radiológico, bem como preocupações de segurança nuclear“, disse.

Não ficou especificado no comunicado qual é esse local onde deveria estar o urânio, nem quem é o responsável, citando apenas que não estava sob o controle do governo interino.

Fila de veículos blindados é vista em Trípoli, capital da Líbia, em foto de 2022 — Foto: Yousef Murad/AP

Em 2003, a Líbia, sob o então líder Muammar Gaddafi, renunciou ao seu programa de armas nucleares. O país havia obtido centrífugas que podem enriquecer urânio, bem como informações de projeto para uma bomba nuclear, embora tenha feito pouco progresso em direção a uma bomba.

A Líbia tem tido pouca paz desde que um levante apoiado pela Otan em 2011 derrubou Kadafi. Desde 2014, o controle político foi dividido entre facções rivais do leste e do oeste, com o último grande surto de conflito terminando em 2020.

O governo interino da Líbia, posto em prática no início de 2021 por meio de um plano de paz apoiado pela ONU, só deveria durar até uma eleição marcada para dezembro daquele ano que ainda não foi realizada, e sua legitimidade agora também é contestada.

Facções rivais brigam na capital da Líbia em 2022

Facções rivais brigam na capital da Líbia em 2022




Todos os créditos desta notícia pertecem a G1 Mundo.

Por: G1

Esta notícia é de propriedade do autor (citado na fonte), publicada em caráter informativo. O artigo 46, inciso I, visando a propagação da informação, faculta a reprodução na imprensa diária ou periódica, de notícia ou de artigo informativo, publicado em diários ou periódicos, com a menção do nome do autor, se assinados, e da publicação de onde foram transcritos.

Avalie

Post anterior

torcedores-de-time-alemao-entram-em-confronto-com-a-policia-de-napoles

G1 Mundo

Torcedores de time alemão entram em confronto com a polícia de Nápoles

Horas antes de partida válida pelas oitavas-de-final da Champions League o conflito tomou grandes proporções. Torcedores de time alemão entram em confronto com a polícia em Nápoles Torcedores do time alemão Eintracht Frankfurt, da Alemanha, entraram em confronto com a polícia da cidade italiana de Nápoles nesta quarta-feira (15) horas antes da partida decisiva pelas oitavas-de-final da Champions League, principal competição continental da Europa. Centenas de "ultras", como são chamadas […]

today15 de março de 2023 8

Publicar comentários (0)

Deixe uma resposta

Seu endereço de email não será publicado. Os campos obrigatórios estão marcados com *

Esse site utiliza o Akismet para reduzir spam. Aprenda como seus dados de comentários são processados.


0%