G1 Mundo

Cinco pessoas morrem e 10 ficam feridas após serem atingidas por pacotes de ajuda humanitária lançados de avião em Gaza, diz hospital

today8 de março de 2024 8

Fundo
share close

Desde a semana passada, os EUA, Jordânia, Egito e França vêm lançando de aviões pacotes com itens de ajuda humanitária de paraquedas.


Bebê palestino é atendido após ser atingido por paraquedas lançado com carregamento de ajuda humanitária — Foto: Anadolu Agency via Reuters



Carregamentos de ajuda humanitária enviados por lançamento aéreo à Faixa de Gaza nesta sexta-feira (8) atingiram moradores do território e mataram cinco deles, segundo afirmou o chefe da enfermaria do hospital Al-Shifa, o principal da região, controlada pelo grupo terrorista Hamas. Outros dez teriam ficado feridos.

Segundo o responsável pelo setor de emergência do hospital Al Shifa, Mohamed el Sheikh, o acidente ocorreu no campo de refugiados de Al Shati, a oeste da Cidade de Gaza, perto da costa.

“Quando os aviões começaram a lançar a carga, eu e meu irmão nos dirigimos para a área com a esperança de recuperar um saco de farinha. Mas o paraquedas não se abriu e a carga caiu como um foguete sobre o teto de uma das casas”, disse à AFP o palestino Mohamed al Goul, de 50 anos, morador desse campo de refugiados.

Mohamed afirmou ainda que depois viu um grupo de pessoas carregando três corpos e vários ficaram feridos no grupo de refugiados que se reuniram para chegar aos pacotes de ajuda humanitária.

O grupo terrorista Hamas não se manifestou nos canais de Telegram até a última atualização deste texto. O governo americano, que participa da missão de lançamentos humanitários, também não. O governo local disse não saber informar qual país havia enviado o carregamento lançado nesta sexta.

Paraquedas com ajuda humanitária caem em Gaza; Hamas diz que 5 pessoas morreram atingidas

Paraquedas com ajuda humanitária caem em Gaza; Hamas diz que 5 pessoas morreram atingidas

Em um vídeo que mostra aviões descarregando pacotes de ajuda humanitária em Gaza, é possível ver, no canto inferior direito, o que parecem ser dois paraquedas entrelaçados (veja no vídeo acima). Como não estão adequadamente abertos, os pacotes caem mais rápido que os outros do mesmo carregamento.

Entregas aéreas de ajuda humanitária

Entretanto, especialistas afirmam que as entregas aéreas não são o melhor meio de entrada de ajuda humanitária em Gaza, por entregarem em menor quantidade que a via terrestre e por poder cair em locais de difícil acesso, como no mar.

“Acredito que os lançamentos aéreos são um símbolo de apoio e solidariedade aos civis em Gaza. Mas é uma gota no oceano, está longe de ser suficiente. É importante. É adicional. Mas continua sendo muito modesto. A via terrestre continua a ser a solução ótima. É mais fácil, mais rápido e mais barato”, disse Sigrid Kaag, coordenadora de ajuda da ONU para o território palestino.

Desde o início da guerra entre Israel e Hamas, em outubro, as forças israelenses mantém as passagens que dão acesso a Gaza fechadas. A única passagem entre Gaza e o Egito, a de Rafah, também monitorada por Israel, tem um fluxo insuficiente de entrada de ajuda humanitária desde o início do conflito.

Paraquedas lançados com ajuda humanitária lançados em Gaza nesta sexta (8) — Foto: Leo Correa/AP




Todos os créditos desta notícia pertecem a G1 Mundo.

Por: G1

Esta notícia é de propriedade do autor (citado na fonte), publicada em caráter informativo. O artigo 46, inciso I, visando a propagação da informação, faculta a reprodução na imprensa diária ou periódica, de notícia ou de artigo informativo, publicado em diários ou periódicos, com a menção do nome do autor, se assinados, e da publicação de onde foram transcritos.

Avalie

Post anterior

fotos:-manifestacoes-pelo-dia-internacional-da-mulher-tomam-ruas-de-cidades-pelo-mundo

G1 Mundo

FOTOS: Manifestações pelo Dia Internacional da Mulher tomam ruas de cidades pelo mundo

Manifestações protestaram contra casos de agressão sexual e violência de gênero e pediram igualdade salarial e de carga de tarefas domésticas. Com lemas contra a agressão sexual e a violência de gênero e a favor da igualdade salarial e de carga de tarefas domésticas, manifestantes tomaram ruas de cidades do todo o mundo nesta sexta-feira (8) para marcar o Dia Internacional da Mulher. Houve grandes marchas em países como França, […]

today8 de março de 2024 8

Publicar comentários (0)

Deixe uma resposta

Seu endereço de email não será publicado. Os campos obrigatórios estão marcados com *

Esse site utiliza o Akismet para reduzir spam. Aprenda como seus dados de comentários são processados.


0%