G1 Santos

Cliente tem ataque de fúria e chama atendente de burra ao não conseguir comprar bolo: ‘me senti intimidada’

today2 de janeiro de 2024 6

Fundo
share close

Uma atendente de uma doceria em Santos, no litoral de São Paulo, alega ter sido chamada de “burra” aos gritos por um cliente ‘revoltado’. Ao g1, Vanessa dos Santos contou, nesta terça-feira (2), que o homem se irritou ao não conseguir comprar um bolo na loja, uma vez que não havia encomendado o alimento com antecedência. “Me senti intimidada porque ele foi muito grosseiro”, desabafou ela.

O caso aconteceu na ‘Conrado Brigaderia’, localizada no bairro Vila Rica. Vanessa, de 42 anos, contou ao g1 que, durante a época de festas [Natal e Ano Novo], alguns clientes ficam mais ‘agitados’ durante as compras, no entanto, este bateu no balcão e começou a gritar com ela ao ser ‘contrariado’.

“Me senti intimidada. Não somente eu, mas percebi que meus colegas também ficaram constrangidos”, relatou a atendente, que se ajoelhou atrás do balcão e chorou logo depois.



De acordo com a dona do estabelecimento, Aline Conrado, o homem “descontou toda a frustração e raiva dele em cima” de Vanessa. Segundo a proprietária, a colega disse aos prantos que não queria mais atender ninguém após o ocorrido, mas a equipe a convenceu do contrário em seguida.

O g1 não localizou o homem que teria sido grosseiro com a profissional até a última atualização desta matéria.

Segundo a atendente e a empresária, o cliente chegou ao balcão da loja pedindo por um bolo que, apesar de estar listado no cardápio, não estava mais disponível no estabelecimento. De acordo com elas, o homem também não havia feito a encomenda do doce anteriormente.

“Ficamos tristes quando saímos de casa para oferecer doces momentos e somos tratadas assim”, disse Vanessa. “Ela Ficou muito abatida e sentida por tentar oferecer uma boa experiência, sair de casa pra trabalhar com tanto amor e dedicação e, infelizmente, ter essa situação”, complementou Aline.

A situação revoltou a dona da doceria e também os demais colegas de Vanessa, que se juntaram para ‘fortalecer’ a atendente em meio ao choro.

Clientes fizeram diversos comentários positivos nas redes sociais sobre a atendente intimidada por homem — Foto: Reprodução/Instagram

Após o caso, a loja fez uma série de publicações no Instagram, relatando a indignação com a intimidação sofrida por Vanessa e também abrindo um espaço para que outros clientes a elogiassem. A postagem conta com mais de 150 comentários positivos sobre o atendimento da profissional.

“Muitas pessoas até vieram na loja para me abraçar, então foi muito bom saber o quanto eu sou amada e querida”, disse Vanessa. “Sou muito grata pelos gestos de amor e carinho de todos”, finalizou ela.

VÍDEOS: g1 em 1 Minuto Santos




Todos os créditos desta notícia pertecem a G1 Santos.

Por: G1

Esta notícia é de propriedade do autor (citado na fonte), publicada em caráter informativo. O artigo 46, inciso I, visando a propagação da informação, faculta a reprodução na imprensa diária ou periódica, de notícia ou de artigo informativo, publicado em diários ou periódicos, com a menção do nome do autor, se assinados, e da publicação de onde foram transcritos.

Avalie

Post anterior

motorista-de-app-joga-carro-contra-viatura-ao-desconfiar-de-‘codigos’-de-passageiros-no-litoral-de-sp

G1 Santos

Motorista de app joga carro contra viatura ao desconfiar de ‘códigos’ de passageiros no litoral de SP

Um detento que estava em saída temporária foi preso após ser flagrado com uma metralhadora artesanal em Mongaguá, no litoral de São Paulo. Ele e outros homens estavam em uma corrida por aplicativo quando o motorista desconfiou do grupo e fez uma manobra para chamar atenção da equipe da Polícia Militar, que realizou a abordagem e deteve os suspeitos. De acordo com informações da polícia divulgadas nesta terça-feira (2), o […]

today2 de janeiro de 2024 3

Publicar comentários (0)

Deixe uma resposta

Seu endereço de email não será publicado. Os campos obrigatórios estão marcados com *

Esse site utiliza o Akismet para reduzir spam. Aprenda como seus dados de comentários são processados.


0%