G1 Santos

Clube Atlético Santista é demolido após acidente que deixou três feridos em Santos, SP; VÍDEO

today20 de setembro de 2022 38

Fundo
share close

No dia 8 de agosto deste ano, o telhado do clube desabou e feriu três pessoas que trabalhavam no local.



Vídeo mostra clube de esportes sendo demolido em Santos, SP

Vídeo mostra clube de esportes sendo demolido em Santos, SP

O Clube Atlético Santista, em Santos, no litoral de São Paulo, passa por obras de demolição após o telhado do local desabar em agosto deste ano. Segundo o clube, as obras devem ser finalizadas até quarta-feira (21).

O antigo centro de esportes e lazer fica localizado na Rua Carvalho de Mendonça, no bairro Encruzilhada. As obras para a demolição foram retomadas no final do mês de agosto, conforme o arquiteto responsável pelo serviço, Gustavo Nunes.

Segundo ele, as obras não foram embargadas, porém, foram paralisadas “em respeito à ocorrência” em razão à queda da estrutura de madeira. Nunes ressalta que as demais etapas da obra ocorreram bem e sem outras intercorrências.

Um vídeo foi gravado na última segunda-feira (19) mostra uma escavadeira demolindo o que resta de uma estrutura do clube. A diretoria do clube não quis divulgar o motivo da demolição e o que será feito no local.

No dia 8 de agosto deste ano, o telhado do clube desabou e feriu três pessoas que trabalhavam no local. Uma das vítimas ficou levemente ferida e foi levada à Unidade de Pronto Atendimento (UPA) Central. Os outros feridos, de 28 e 30 anos, foram encaminhados à Santa Casa de Santos pelos bombeiros.

O clube Atlético Santista terá a demolição finalizada em na quarta-feira (21) em Santos, no litoral de São Paulo. — Foto: Reprodução

A Secretaria de Infraestrutura e Edificações (Siedi) informou, na época do acidente, que um processo administrativo de pedido de alvará para a demolição do imóvel particular, com alvará de licença expedido para o serviço (também particular) em 28 de julho constava nos registros. “O pedido de demolição foi feito pelo proprietário do imóvel”, informou a prefeitura.

Por meio de nota, a prefeitura informou, também na época, que uma equipe da Defesa Civil foi ao local e constatou que os escombros “não oferecem risco aos pedestres e também foi descartado risco para as demais estruturas do imóvel”.

A Secretaria de Infraestrutura e Edificações da Prefeitura de Santos destacou que quem deve responder pelo serviço é o profissional que assinou o Registro de Responsabilidade Técnica (RRT) ou a Anotação de Responsabilidade Técnica (ART) da execução da demolição. À Prefeitura cabe fiscalizar se há profissional, o qual existe e consta no processo administrativo de pedido de demolição.

A investigação das causas do acidente durante a demolição de parte do telhado do ginásio do Clube Atlético Santista é feita pela Polícia Científica.

Teto de clube desaba em SP e deixa feridos — Foto: Alexsander Ferraz/A Tribuna Jornal

VÍDEOS: Mais assistidos do g1 nos últimos 7 dias

Newsletter G1 Created with Sketch.

O que aconteceu hoje, diretamente no seu e-mail

As notícias que você não pode perder diretamente no seu e-mail.

Para se inscrever, entre ou crie uma Conta Globo gratuita.

Obrigado!

Você acaba de se inscrever na newsletter Resumo do dia.

Deseja receber as notícias mais importantes em tempo real? Ative as notificações do G1!




Todos os créditos desta notícia pertecem a G1 Santos.

Por: G1

Esta notícia é de propriedade do autor (citado na fonte), publicada em caráter informativo. O artigo 46, inciso I, visando a propagação da informação, faculta a reprodução na imprensa diária ou periódica, de notícia ou de artigo informativo, publicado em diários ou periódicos, com a menção do nome do autor, se assinados, e da publicação de onde foram transcritos.

Avalie

Post anterior

mulher-que-sobreviveu-a-acidente-com-van-que-matou-quatro-no-interior-de-sp-morre-apos-21-dias

G1 Santos

Mulher que sobreviveu a acidente com van que matou quatro no interior de SP morre após 21 dias

Prefeitura de Apiaí confirmou a morte de Maria de Fátima Gonçalves Santos, de 64 anos. Causa da morte não está relacionada ao acidente. Maria de Fátima Gonçalves Santos, de Apiaí, morreu nesta terça-feira (20), 21 dias depois do acidente de trânsito que matou quatro pessoas da van onde ele estava — Foto: Divulgação/Apiaienses Bravos Uma das sobreviventes do acidente entre uma van e um caminhão que deixou quatro mortos e […]

today20 de setembro de 2022 59

Publicar comentários (0)

Deixe uma resposta

Seu endereço de email não será publicado. Os campos obrigatórios estão marcados com *

Esse site utiliza o Akismet para reduzir spam. Aprenda como seus dados de comentários são processados.


0%