G1 Mundo

Congresso espanhol aprova lei que legaliza mudança de gênero e nome a maiores de 16 anos

today22 de dezembro de 2022 11

Fundo
share close

A medida, chamada de Lei de igualdade real e efetiva das pessoas trans e para a garantia dos direitos das pessoas LGBTQIA, será enviada agora ao Senado, onde o governo espanhol também tem maioria.

Caso seja aprovada, a lei determinará o seguinte:

  • A mudança de nome e gênero será livre a partir dos 16 anos – ou seja, os menores de 18 anos não precisarão de autorização judicial ou dos pais;
  • Adolescentes entre 14 e 16 que desejarem fazer a mudança devem ter o consentimento dos pais ou representantes legais;
  • Já pessoas entre 12 e 14 necessitarão aval da Justiça, além da autorização dos pais;
  • O texto também prevê a reversibilidade – ou seja, a possibilidade de recuperar o gênero anterior, também por vontade própria;
  • A lei, caso aprovada, unificará medidas similares que já são liberadas em 15 das 17 regiões da Espanha.

“Hoje a Câmara decidiu que os direitos das pessoas trans são também direitos humanos”, declarou a ministra de Igualdade da Espanha, Irene Montero, uma das maiores defensoras da lei.



A medida, caso aprovada, levará ainda a que a Legislação espanhola reconheça oficialmente que a transsexualidade não é uma patalogia, seguindo uma orientação da Organização Mundial da Saúde (OMS) de 2018.

Polêmicas dentro do governo

Embora tenha enviado a matéria ao Parlamento, o governo do país, de esquerda, ficou dividido sobre a medida durante meses de debate entre os deputados. Parlamentares do Unida Podemos, maior partido da base do governo, entraram em choque por alguns pontos com outros do Partido Socialista, do primeiro-ministro Pedro Sánchez.

Mas as discussões mais acalorados, no entanto, ocorreram entre os deputados de esquerda e os do Vox, o partido de extrema direita da Espanha. A ministra Irene Monter, que também é líder do Unidas Podemos, chegou a acusar os membros do Vox e do conservador Partido Popular de promover a cultura do estupro durante um dos debates.




Todos os créditos desta notícia pertecem a G1 Mundo.

Por: G1

Esta notícia é de propriedade do autor (citado na fonte), publicada em caráter informativo. O artigo 46, inciso I, visando a propagação da informação, faculta a reprodução na imprensa diária ou periódica, de notícia ou de artigo informativo, publicado em diários ou periódicos, com a menção do nome do autor, se assinados, e da publicação de onde foram transcritos.

Avalie

Post anterior

zelensky-enfrenta-a-resistencia-de-republicanos-radicais-no-congresso-americano

G1 Mundo

Zelensky enfrenta a resistência de republicanos radicais no Congresso americano

O Congresso deve aprovar até o fim da semana um pacote de US$ 45 bilhões em novos gastos para a Ucrânia, mas vive seus últimos dias de primazia democrata. Em janeiro, os republicanos assumirão o controle da Câmara, e a ala mais radical do partido demonstrou claramente a resistência a “assinar um cheque em branco para Kiev”, como observou o líder da maioria, Kevin McCarthy. Embora ovacionado no plenário, Zelensky […]

today22 de dezembro de 2022 10

Publicar comentários (0)

Deixe uma resposta

Seu endereço de email não será publicado. Os campos obrigatórios estão marcados com *

Esse site utiliza o Akismet para reduzir spam. Aprenda como seus dados de comentários são processados.


0%