G1 Mundo

Conheça a história do agente do FBI que espionava para a Rússia e foi encontrado morto na prisão

today6 de junho de 2023 7

Fundo
share close

Robert Hanssen, o ex-agente do FBI que se tornou espião e que a agência descreve como o mais prejudicial de sua história, foi encontrado morto em sua cela nesta segunda-feira (5), disseram autoridades dos Estados Unidos.

Hanssen, de 79 anos, foi condenado em 2002 à prisão perpétua após se declarar culpado de espionagem para a União Soviética e depois para a Rússia por mais de 20 anos.

Os funcionários da prisão iniciaram medidas de salvamento depois de encontrar Hanssen inconsciente na manhã desta segunda-feira, mas não tiveram sucesso, disse o Escritório de Prisões em um comunicado. A nota não forneceu a causa da morte de Hannsen. Hansse



O ex-agente ingressou no FBI em 1976 e começou a vender informações confidenciais para a União Soviética em 1985, de acordo com o site do FBI.

Na época de sua prisão, em 2001, ele havia recebido mais de 1,4 milhões de dólares em dinheiro, fundos bancários e diamantes, em troca de comprometer várias fontes humanas, técnicas de inteligência e documentos confidenciais dos EUA, diz o site do FBI.

Os investigadores do FBI trabalharam durante anos para identificar o espião em suas fileiras. Nas semanas que antecederam sua prisão, em fevereiro de 2001, cerca de 300 pessoas trabalhavam na investigação e monitoravam Hanssen, de acordo com o FBI.

Uma equipe de detenção levou Hanssen sob custódia depois de pegá-lo fazendo uma “dead drop” — método de entrega em que dados e informações são deixados em algum ponto para que outra pessoa pegue — de materiais classificados em um parque em um subúrbio no Estado da Virgínia, diz o FBI.

Ele vinha cumprindo sua sentença de prisão perpétua em uma instalação de segurança máxima no Colorado.




Todos os créditos desta notícia pertecem a G1 Mundo.

Por: G1

Esta notícia é de propriedade do autor (citado na fonte), publicada em caráter informativo. O artigo 46, inciso I, visando a propagação da informação, faculta a reprodução na imprensa diária ou periódica, de notícia ou de artigo informativo, publicado em diários ou periódicos, com a menção do nome do autor, se assinados, e da publicação de onde foram transcritos.

Avalie

Post anterior

por-que-putin-colocou-pintura-da-santissima-trindade-em-exibicao-numa-catedral

G1 Mundo

Por que Putin colocou pintura da Santíssima Trindade em exibição numa catedral

Mas muitos vieram aqui para ver uma obra-prima em exposição. Um ícone ortodoxo de 600 anos — um dos mais preciosos da Rússia — que se acredita ter sido pintado pelo artista medieval Andrei Rublev. A obra é conhecida como Santíssima Trindade. Por um século, esta frágil pintura esteve em um museu estatal, a Galeria Tretyakov de Moscou. Controles de temperatura e umidade, juntamente com equipes de restauradores, ajudaram a […]

today6 de junho de 2023 22

Publicar comentários (0)

Deixe uma resposta

Seu endereço de email não será publicado. Os campos obrigatórios estão marcados com *

Esse site utiliza o Akismet para reduzir spam. Aprenda como seus dados de comentários são processados.


0%