G1 Mundo

Conheça a primeira médica trans da Indonésia

today2 de setembro de 2023 7

Fundo
share close

Alegra Wolter trabalha como clínica geral com especialização em pacientes HIV positivo.




A primeira médica trans da Indonésia

A primeira médica trans da Indonésia

Graduada em medicina por uma universidade católica em um país de maioria muçulmana, Alegra Wolter é a primeira médica transgênero da Indonésia.

Ela trabalha em uma empresa que gerencia redes médicas e também atende como clínica geral especializada em HIV/AIDS e saúde sexual em Jakarta.

No país, pessoas LGBTQIA+ enfrentam problemas na rede de assistência médica, e Alegra decidiu falar publicamente sobre sua identidade como mulher trans para melhorar as práticas médicas no país relacionadas ao atendimento deste público.

“Trata-se de uma discriminação sistêmica. A sociedade tende a perceber os indivíduos desses grupos somente por meio da ‘lente sexual’, reduzindo-os à sua orientação sexual”, diz ela.

Ela conta que também ajuda financeiramnete pessoas trans que não têm como pagar as mensalidades de um plano de seguro saúde.

Em entrevista ao “The Jakarta Post”, ela afirmou que não viu ninguém abertamente transgênero no campo médico, mas que provavelmente as outras pessoas não querem revelar sua identidade.

Deseja receber as notícias mais importantes em tempo real? Ative as notificações do G1!




Todos os créditos desta notícia pertecem a G1 Mundo.

Por: G1

Esta notícia é de propriedade do autor (citado na fonte), publicada em caráter informativo. O artigo 46, inciso I, visando a propagação da informação, faculta a reprodução na imprensa diária ou periódica, de notícia ou de artigo informativo, publicado em diários ou periódicos, com a menção do nome do autor, se assinados, e da publicação de onde foram transcritos.

Avalie

Post anterior

entenda-o-que-pode-mudar-se-os-eua-reclassificarem-a-maconha

G1 Mundo

Entenda o que pode mudar se os EUA reclassificarem a maconha

O Departamento de Serviços de Saúde do país recomenda que a maconha deixe de ser classificada como uma droga que não é aceita em nenhum tratamento médico e que tem alto potencial para uso indevido. A agência sugere que a maconha passe de uma classificação mais rígida para uma menos regulamentada. O que mudou na prática? E o que vai mudar? Na prática, nada mudou ainda. Quem decide se a […]

today2 de setembro de 2023 4

Publicar comentários (0)

Deixe uma resposta

Seu endereço de email não será publicado. Os campos obrigatórios estão marcados com *

Esse site utiliza o Akismet para reduzir spam. Aprenda como seus dados de comentários são processados.


0%