G1 Mundo

Coreia do Norte promete mais lançamentos de satélite espião

today1 de junho de 2023 14

Fundo
share close

Um lançamento de satélite de Pyongyang na quarta-feira terminou em fracasso.


Kim Jong-un em junho de 2018 — Foto: Jonathan Ernst/Reuters



Kim Yo-jong, irmã do líder da Coreia do Norte, Kim Jong-un, disse que um satélite espião militar do país entrará em órbita em breve e prometeu aumentar os esforços de vigilância militar, informou a mídia estatal KCNA na quinta-feira (quarta-feira, 31, no Brasil).

“O que os inimigos têm mais medo é do acesso da Coreia do Norte a meios excelentes de reconhecimento e informação, incluindo satélites de reconhecimento”, disse Kim, poderosa autoridade do governo, em nota divulgada pela agência de notícias. “Portanto, estamos cientes de que devemos direcionar maiores esforços para desenvolver meios de reconhecimento”, acrescentou.

Os comentários dela foram feitos depois que um lançamento do satélite de Pyongyang na quarta-feira terminou em fracasso.

Kim Jong-un é fotografado examinando satélite espião que Coreia do Norte lançará em breve

Kim Jong-un é fotografado examinando satélite espião que Coreia do Norte lançará em breve

No comunicado, Kim também disse que as amplas críticas ao lançamento de satélite pelo país eram “autocontraditórias”, uma vez que os Estados Unidos e outros países já lançaram “milhares de satélites”.

Deseja receber as notícias mais importantes em tempo real? Ative as notificações do G1!

Você deseja continuar recebendo este tipo de sugestões de matérias?




Todos os créditos desta notícia pertecem a G1 Mundo.

Por: G1

Esta notícia é de propriedade do autor (citado na fonte), publicada em caráter informativo. O artigo 46, inciso I, visando a propagação da informação, faculta a reprodução na imprensa diária ou periódica, de notícia ou de artigo informativo, publicado em diários ou periódicos, com a menção do nome do autor, se assinados, e da publicação de onde foram transcritos.

Avalie

Post anterior

os-ataques-de-drone-a-area-residencial-em-moscou-pelos-quais-ucrania-nega-responsabilidade

G1 Mundo

Os ataques de drone a área residencial em Moscou pelos quais Ucrânia nega responsabilidade

O presidente russo, Vladimir Putin, disse que os drones tinham como alvo civis, mas que as defesas aéreas da Rússia conseguiram lidar satisfatoriamente com a ameaça. Kiev negou responsabilidade. Os ataques atingiram alguns dos bairros mais proeminentes de Moscou, incluindo um subúrbio a oeste da capital, onde Putin e outros membros da elite russa têm residência. As autoridades ucranianas disseram que as defesas aéreas do país interceptaram mais de 20 […]

today1 de junho de 2023 13

Publicar comentários (0)

Deixe uma resposta

Seu endereço de email não será publicado. Os campos obrigatórios estão marcados com *

Esse site utiliza o Akismet para reduzir spam. Aprenda como seus dados de comentários são processados.


0%