G1 Mundo

Coreia do Sul ordena que moradores de ilhas procurem abrigo após ‘provocação’ da Coreia do Norte

today5 de janeiro de 2024 7

Fundo
share close

Os militares sul-coreanos afirmaram que a Coreia do Norte disparou mais de 200 projéteis, que caíram nas águas ao norte da Linha de Limite Norte, que marca a fronteira marítima entre as duas Coreias.

Os avisos de emergência foram direcionados para as ilhas de Yeonpyeong e Baengnyeong, que ficam próximas da linha demarcada. Juntas, as ilhas têm quase 7 mil habitantes.

Duas ordens de emergência foram emitidas à população de Yeonpyeong por volta das 12h e 12h30, pelo horário local (0h e 0h30, em Brasília).



“Anunciamos a evacuação depois de receber um telefonema de uma unidade militar dizendo que estava realizando um ataque marítimo na ilha de Yeongpyeong, pois havia uma situação de provocação norte-coreana”, disse uma autoridade à Yonhap.

A Coreia do Sul afirmou que os disparos desta sexta-feira elevam as tensões na região. Até a última atualização desta reportagem a Coreia do Norte não havia se manifestado.

“Este é um ato de provocação que intensifica a tensão e ameaça a paz na península coreana”, disse um porta-voz das Forças Armadas da Coreia do Sul.

Após os disparos norte-coreanos, a Coreia do Sul conduziu um exercício militar em resposta.

As águas perto da Linha de Limite Norte já foram palco de vários confrontos entre a Coreia do Norte e a Coreia do Sul.

A demarcação foi elaborada no final da Guerra da Coreia, na década de 1950. Cerca de 20 anos depois, a Coreia do Norte começou a contestar a linha, exigindo uma fronteira mais ao sul.

Já em 2014, as duas Coreias trocaram fogo de artilharia no mar, após projéteis norte-coreanos caírem em águas da Coreia do Sul. À época, moradores de Yeonpyeong foram levados para um abrigo.

VÍDEOS: mais assistidos do g1




Todos os créditos desta notícia pertecem a G1 Mundo.

Por: G1

Esta notícia é de propriedade do autor (citado na fonte), publicada em caráter informativo. O artigo 46, inciso I, visando a propagação da informação, faculta a reprodução na imprensa diária ou periódica, de notícia ou de artigo informativo, publicado em diários ou periódicos, com a menção do nome do autor, se assinados, e da publicação de onde foram transcritos.

Avalie

Post anterior

comissarios-ageis,-passageiros-obedientes-e-fuselagem-que-retarda-o-fogo:-o-que-salvou-da-morte-379-pessoas-em-um-airbus-em-chamas

G1 Mundo

Comissários ágeis, passageiros obedientes e fuselagem que retarda o fogo: o que salvou da morte 379 pessoas em um Airbus em chamas

Reconstruindo a cena com base nos relatos da tripulação, autoridades da segunda maior companhia aérea do Japão afirmaram na quarta-feira (3) que os comissários de bordo seguiram os procedimentos de emergência de maneira exemplar, começando pela primeira regra: controle do pânico. Além da perícia dos comissários, uma combinação de passageiros obedientes e de um avião ultramoderno, feito com material que retarda o fogo, também foi determinante para o sucesso da […]

today5 de janeiro de 2024 17

Publicar comentários (0)

Deixe uma resposta

Seu endereço de email não será publicado. Os campos obrigatórios estão marcados com *

Esse site utiliza o Akismet para reduzir spam. Aprenda como seus dados de comentários são processados.


0%