G1 Mundo

Cortina bloqueia vista ‘viral’ do monte Fuji em cidade japonesa

today25 de maio de 2024 8

Fundo
share close

🗻 A medida foi tomada para tentar obstruir um local que viralizou na internet em 2022 e se tornou um problema para a população local.

Hordas de turistas têm visitado a cidade de Fuji-Kawaguchiko, a 50 km de Tóquio, para fotografar dois símbolos do Japão: a vista do monte Fuji e uma loja de conveniência, que viralizou nas redes sociais e se “encaixa” na base da montanha.

Turista na frente da loja de conveniência com o monte Fuji ao fundo, antes da instalação da cortina — Foto: Reuters



A população local, com menos de 25 mil habitantes, reclama de sujeira, falta de educação, riscos de atropelamento e estacionamento ilegal.

A grande cortina pretende obscurecer a montanha e atrapalhar as fotografias dos turistas.

Uma cena comum no local é ver os funcionários da loja de conveniência gritando com os visitantes, tentando afastá-los.

Loja de conveniência vista pela barreira instalada na cidade de Fuji-Kawaguchiko — Foto: Reuters

A barreira é um sinal recente da luta do Japão contra um pico de visitantes. Isso ocorre por conta da queda na cotação do Iene, que atingiu seu menor valor em 34 anos.

O iene fraco se tornou irresistível para muitos visitantes. Isso significa boas notícias para a economia local, mas também um turismo exagerado em algumas cidades e locais populares.

O monte Fuji, com 3.776 metros de altura, é um local considerado sagrado pelos japoneses. Para lidar com o aumento na sujeira, acidentes e danos ambientais causados pelas multidões, as autoridades estão criando uma série de restrições.

Além da cortina preta na frente da loja de conveniência, as caminhadas em torno do monte Fuji também foram restritas, com a cobrança de uma taxa de trilha de 2.000 ienes (cerca de R$ 65,60) por pessoa.

Barreira vista por cima, com a loja de conveniência ao fundo em Fuji-Kawaguchiko — Foto: Reuters




Todos os créditos desta notícia pertecem a G1 Mundo.

Por: G1

Esta notícia é de propriedade do autor (citado na fonte), publicada em caráter informativo. O artigo 46, inciso I, visando a propagação da informação, faculta a reprodução na imprensa diária ou periódica, de notícia ou de artigo informativo, publicado em diários ou periódicos, com a menção do nome do autor, se assinados, e da publicação de onde foram transcritos.

Avalie

Post anterior

turbulencias-sao-perigosas?-entenda-cuidados-necessarios

G1 Mundo

Turbulências são perigosas? Entenda cuidados necessários

"Turbulência é algo absolutamente comum. Ar calmo não existe. Às vezes, a turbulência é tão leve que não chega a interferir, mas sempre vai haver", diz Miguel Angelo Rodeguero, diretor de segurança operacional da AOPA Brasil (Associação de Pilotos e Proprietários de Aeronaves). Uma pessoa morreu e outras 30 ficaram feridas após o avião em que estavam, um Boeing 777 da Singapore Airlines, enfrentar um episódio de turbulência severa. A […]

today25 de maio de 2024 6

Publicar comentários (0)

Deixe uma resposta

Seu endereço de email não será publicado. Os campos obrigatórios estão marcados com *

Esse site utiliza o Akismet para reduzir spam. Aprenda como seus dados de comentários são processados.


0%