G1 Mundo

Crianças sobreviventes de acidente de avião recebem assistência médica em Bogotá após semanas na selva

today10 de junho de 2023 7

Fundo
share close

Os irmãos foram encontrados na sexta-feira na província de Solano, na Colômbia, de acordo com as forças armadas do país e foram inicialmente tratados por médicos militares que faziam parte das equipes de busca que os procuravam.

A missão para encontrar os quatro irmãos, chamada Operação Esperança, capturou a imaginação dos colombianos, pois relatos de pistas sobre o paradeiro deles alimentaram o desejo de que eles fossem encontrados com segurança, apesar de passarem mais de um mês na selva inóspita.

General do exército colombiano, Helder Giraldo, em vídeo publicado nas redes sociais em que comenta sobre as crianças desaparecidas — Foto: Reprodução/Redes Sociais



“Fizemos todo o necessário para tornar possível o impossível, usando satélites, usando aeronaves que lançavam mensagens, que lançavam comida, que lançavam panfletos, que lançavam esperança”, disse o general Pedro Sanchez, comandante do comando militar conjunto de operações especiais base em Bogotá.

Em fotos compartilhadas pelos militares da Colômbia, as quatro crianças — três meninas e um menino — pareciam magras enquanto eram cuidadas pelos socorristas. Os nomes são:

  • Lesly Mucutuy, de 13 anos;
  • Soleiny Mucutuy, de 9 anos;
  • Tien Mucutuy, de 4 anos e
  • Cristin Mucutuy, de 1 ano

Segundo a imprensa colombiana, as crianças estão desidratadas, com picadas de insetos e levemente feridas, especialmente nos pés, porque percorreram longas distâncias descalças.

Depois que o avião que transportava as crianças pousou em Bogotá, quatro ambulâncias aguardavam para recolhê-las e levá-las a um hospital militar para atendimento médico especializado.

Uma das 4 crianças indígenas que foram encontradas vivas após 40 dias perdidas na floresta amazônica na Colômbia — Foto: Juan BARRETO / AFP

O presidente da Colômbia, Gustavo Petro, deve visitar as crianças no hospital na manhã de sábado.

Não está claro se as crianças já se reuniram com o pai Manuel Ranoque, que não estava no avião e participou das buscas.

Crianças que sofreram acidente de avião na Colômbia são resgatadas após 40 dias

Crianças que sofreram acidente de avião na Colômbia são resgatadas após 40 dias

Elas estavam desaparecidas na selva desde que um Cessna 206 com sete pessoas que fazia uma rota entre o aeroporto de Araracuara, em Caquetá, e San José del Guaviare, cidade da província de Guaviare, emitiu um alerta de socorro devido a uma falha no motor na madrugada de 1º de maio.

Três adultos, incluindo o piloto e a mãe das crianças, morreram no acidente e seus corpos foram encontrados dentro do avião. Os irmãos, de 13, 9 e 4 anos, bem como um bebê de 12 meses, sobreviveram ao impacto.

Crianças desaparecidas na Colômbia: veja cronologia

Crianças desaparecidas na Colômbia: veja cronologia




Todos os créditos desta notícia pertecem a G1 Mundo.

Por: G1

Esta notícia é de propriedade do autor (citado na fonte), publicada em caráter informativo. O artigo 46, inciso I, visando a propagação da informação, faculta a reprodução na imprensa diária ou periódica, de notícia ou de artigo informativo, publicado em diários ou periódicos, com a menção do nome do autor, se assinados, e da publicação de onde foram transcritos.

Avalie

Post anterior

governo-da-colombia-e-guerrilha-do-eln-assinam-tregua-de-seis-meses

G1 Mundo

Governo da Colômbia e guerrilha do ELN assinam trégua de seis meses

"Aqui nasce um novo mundo, aqui acaba uma fase de insurgência armada na América Latina com seus mitos e realidades", disse o presidente colombiano, Gustavo Petro, durante a assinatura do acordo, na presença do líder máximo do ELN, Antonio García, contra quem havia uma ordem de captura até esta semana. Foto de arquivo mostra integrantes da guerrilha (ELN) em um campo de treinamento às margens do rio San Juan, na […]

today10 de junho de 2023 6

Publicar comentários (0)

Deixe uma resposta

Seu endereço de email não será publicado. Os campos obrigatórios estão marcados com *

Esse site utiliza o Akismet para reduzir spam. Aprenda como seus dados de comentários são processados.


0%