G1 Mundo

Dada como morta, norte-americana desaparecida há 31 anos é encontrada em Porto Rico

today3 de março de 2023 21

Fundo
share close

Patricia Kopta deixou o marido e os irmãos e vagou pelo norte de Porto Rico por um tempo antes de ser levada como uma pessoa “carente” para uma residência para idosos em 1999, de acordo com detalhes revelados pela polícia de Ross Township em entrevista coletiva.

Conhecida como pregadora de rua em sua cidade natal, Kopta inicialmente manteve seu passado em segredo enquanto estava em Porto Rico. No entanto, como sofre de demência, a norte-americana começou a revelar detalhes pessoais.

Em 2022, uma assistente social da residência teve informações suficientes para alertar as autoridades de seu país sobre a mulher, que hoje tem 83 anos. Um teste de DNA confirmou sua identidade, disse Brian Kohlhepp, vice-chefe de polícia de Ross Township, na quinta-feira (2).



Seu marido, Bob Kopta, e sua irmã de 78 anos, Gloria Smith, forneceram detalhes da vida de Kopta na coletiva de imprensa e em entrevistas por telefone na sexta-feira com a Associated Press.

Patricia Kopta foi apelidada de “O Pardal” por sua constituição esguia. Antes de desaparecer, a norte-americana frequentava estacionamentos e estradas movimentadas na comunidade predominantemente residencial de cerca de 31 mil habitantes ao norte de Pittsburgh, alertando os transeuntes e motoristas sobre o fim do mundo.

Mas antes de começar a pregar, Kopta era uma excelente aluna que se tornou modelo e instrutora de dança. Depois de terminar o colegial, ela trabalhou em finanças em uma empresa de vidro de Pittsburgh e comparecia a eventos semanais de dança de salão.

Antes de se casar, ela costumava passar férias em Porto Rico com seus amigos. “Ele amava o mar, a praia, o sol quente”, disse Smith à AP.

Smith acrescentou que sua irmã deixou o emprego na empresa de vidro após 10 anos devido a enxaquecas que os médicos atribuíram ao estresse. Kopta, então, conseguiu um emprego como operadora de elevador no Instituto de Arte de Pittsburgh.

Foi aí que seus parentes notaram uma mudança. “Ela disse que viu um anjo lá”, contou Smith.

Logo depois, Kopta começou a pregar e foi brevemente internada em uma instituição depois que os médicos a diagnosticaram com “delírios de grandeza” e concluíram que ela tinha sinais de esquizofrenia. Uma vez libertada, ela continuou a pregar até desaparecer, em 1992.

“Cheguei em casa uma noite e ela havia acabado de sair”, disse Bob Kopta.

O desaparecimento deixou as autoridades e a família perplexas e a polícia chegou até a consultar um médium. Tempos depois, o marido de Kopta lembrou que a esposa uma vez mencionou que gostaria de ir para Porto Rico por causa do clima ameno e, por isso, colocou anúncios em jornais porto-riquenhos, mas nunca obteve resposta.

Os anos se passaram sem nenhum sinal dela. Kopta obteve uma certidão de óbito cerca de sete anos após o desaparecimento da esposa.

“Já passei por muita coisa”, afirmou Bob Kopta, que é caminhoneiro aposentado. “Toda vez que encontravam um corpo em algum lugar [eu me perguntava]: ‘É Patricia? É Patrícia?’”




Todos os créditos desta notícia pertecem a G1 Mundo.

Por: G1

Esta notícia é de propriedade do autor (citado na fonte), publicada em caráter informativo. O artigo 46, inciso I, visando a propagação da informação, faculta a reprodução na imprensa diária ou periódica, de notícia ou de artigo informativo, publicado em diários ou periódicos, com a menção do nome do autor, se assinados, e da publicação de onde foram transcritos.

Avalie

Post anterior

exame-confirma-que-lesao-retirada-de-biden-era-tipo-comum-de-cancer-de-pele

G1 Mundo

Exame confirma que lesão retirada de Biden era tipo comum de câncer de pele

Médico da Casa Branca diz que todo o tecido canceroso foi removido e que nenhum tratamento adicional é necessário.  O presidente dos EUA, Joe Biden, falando em Varsóvia em 21 de fevereiro — Foto: Michal Dyjuk/AP Uma biópsia feita em fevereiro pelo presidente dos Estados Unidos, Joe Biden, confirmou que ele tinha carcinoma basocelular, um tipo de câncer de pele, e que todo o tecido canceroso foi removido com sucesso, […]

today3 de março de 2023 7

Publicar comentários (0)

Deixe uma resposta

Seu endereço de email não será publicado. Os campos obrigatórios estão marcados com *

Esse site utiliza o Akismet para reduzir spam. Aprenda como seus dados de comentários são processados.


0%