Gospel Prime

Dallagnol diz que sistema político quer vingança após ser condenado

today10 de agosto de 2022 9

Fundo
share close

Deltan Dallagnol, Rodrigo Janot e João Vicente Romão, procuradores, foram condenados pelo Tribunal de Contas da União a ressarcirem aos cofres públicos 2,8 milhões de reais por causa de despesas irregulares da operação Lava-Jato.

Deltan contestou a tal decisão nesta terça-feira (09). Atual pré-candidato a deputado federal pelo estado do Paraná, Dallagnol disse que a Justiça Federal “decide condenar aqueles que se dedicaram arduamente ao combate à corrupção”.

“O órgão se junta àqueles que, ao invés de condenar o desvio de bilhões de reais de recursos públicos, decidem condenar aqueles que se dedicaram arduamente ao combate à corrupção,” disse Deltan em seu Twitter.

O ex- procurador considera que essas condenações são uma espécie de vingança.

“O sistema político não está nem aí para a sociedade e quer ver a Lava Jato longe do Congresso Nacional,” afirmou.



“O sistema quer vingança. Este é mais um episódio que mostra o quanto o sistema político não tá nem aí para a sociedade e quer ver a Lava Jato longe do Congresso Nacional. Mostra até onde o sistema é capaz de chegar para impedir que o combate à corrupção avance no país,” continuou.

Os advogados de Dallagnol irão recorrer da decisão, pois para ele houve de fato uma “perseguição”.

Vale ressaltar, que no parecer anterior não foram encontradas irregularidades e foi recomendado o arquivamento do processo.

Por outro lado, a Tomada de Contas Especiais (TCE), apurou possíveis irregularidades nos pagamentos de diárias, passagens e gratificações dos procuradores.

De acordo com o relator do processo, a atuação de Dallagnol contribuiu para o resultado danoso aos cofres públicos.




Todos os créditos desta notícia pertecem a Gospel Prime.

Por: Redacao

Esta notícia é de propriedade do autor (citado na fonte), publicada em caráter informativo. O artigo 46, inciso I, visando a propagação da informação, faculta a reprodução na imprensa diária ou periódica, de notícia ou de artigo informativo, publicado em diários ou periódicos, com a menção do nome do autor, se assinados, e da publicação de onde foram transcritos.

Avalie

Post anterior

michelle-bolsonaro-questiona-“banho-de-pipoca”-de-lula:-“isso-pode-ne?”

Gospel Prime

Michelle Bolsonaro questiona “banho de pipoca” de Lula: “Isso pode né?”

Michelle Bolsonaro, primeira-dama, usou seu Instagram para compartilhar um vídeo do ex-presidente Lula e fazer crítica com relação a fé. Michelle postou um vídeo de Lula (PT) tomando banho de pipoca. Tal ritual é característico da religião de matriz africana umbanda. Na legenda, a primeira-dama criticou o fato de que esse vídeo de Lula não tem repercussão negativa como os vídeos religiosos dela, que mostram sua fé em Deus. “Isso […]

today10 de agosto de 2022 36

Publicar comentários (0)

Deixe uma resposta

Seu endereço de email não será publicado. Os campos obrigatórios estão marcados com *

Esse site utiliza o Akismet para reduzir spam. Aprenda como seus dados de comentários são processados.


0%