G1 Mundo

Daniel Alves vai recorrer ao pai de Neymar para pagar fiança, mas não deve sair da prisão nesta quarta, diz jornal

today20 de março de 2024 5

Fundo
share close

Ainda segundo o mesmo jornal, porém, Daniel Alves não deve sair da prisão ainda nesta quarta, já que o prazo para o depósito da fiança na conta da secretaria do tribunal expirava às 14h locais (10h no horário de Brasília).

O g1 procurou a assessoria de Neymar e de Neymar pai, que disse que não vai falar sobre o caso: “No momento não temos comentários a fazer sobre o assunto”.

Segundo o jornal catalão “El Periodico”, pessoas ligadas ao jogador afirmam que a defesa não esperava uma cifra tão alta para a fiança — por isso, ele está recorrendo a familiares e amigos, e que o pai de Neymar teria sido um dos contactados.



Ele já havia cedido a Daniel Alves os 150 mil euros de indenização à vítima, que resultaram na diminuição da pena em primeira instância.

Em decisão publicada nesta manhã, os juízes da Audiência de Barcelona aceitaram, em maioria, deixar Alves em liberdade enquanto aguarda a sentença definitiva do caso de estupro.

Em fevereiro, Alves foi condenado a quatro anos e meio de prisão pelo crime de agressão sexual — ele foi acusado de estuprar uma mulher em uma boate em Barcelona. A defesa, no entanto, recorreu da sentença e, na sequência, pediu para que o brasileiro aguardasse a deliberação final em liberdade.

A sentença também determinou que:

  • Ele é obrigado a manter uma distância de pelo menos 1 quilômetro da residência da vítima, de seu local de trabalho ou de qualquer outro lugar frequentado por ela — a jovem é de Barcelona e também vive na capital catalã;
  • Também não pode tentar se comunicar com a denunciante através de nenhum meio;
  • Não pode deixar a Espanha;
  • Deve comparecer semanalmente ao Tribunal de Barcelona ou quantas vezes lhe for solicitado.

A sentença proferida a Daniel Alves no fim de fevereiro, pela qual ele era condenado por estupro, determinou como pena apenas a metade dos nove anos de prisão que a Promotoria espanhola pedia — a acusação havia pedido a pena máxima nesses casos, de 12 anos.

O tribunal, no entanto, determinou quatro anos e meio de prisão porque aplicou ao ex-jogador um atenuante pelo fato de o jogador ter pago, antes da sentença, a quantia de 150 mil euros (R$ 801,2 mil) à vítima. O montante, determinado em uma sentença provisória anterior, expressou, segundo o tribunal, “uma vontade reparadora”.

Os 150 mil euros pagos por Daniel Alves ao tribunal foram doados pela família de Neymar, segundo informações do jornal O Globo. Ao g1, a assessoria de Neymar disse à época que não se manifestaria. Neymar ajuda Daniel Alves financeiramente e juridicamente desde janeiro deste ano. Alves está sem acesso aos seus bens desde que foi preso, em janeiro de 2023.




Todos os créditos desta notícia pertecem a G1 Mundo.

Por: G1

Esta notícia é de propriedade do autor (citado na fonte), publicada em caráter informativo. O artigo 46, inciso I, visando a propagação da informação, faculta a reprodução na imprensa diária ou periódica, de notícia ou de artigo informativo, publicado em diários ou periódicos, com a menção do nome do autor, se assinados, e da publicação de onde foram transcritos.

Avalie

Post anterior

daniel-alves:-juiz-que-votou-contra-liberdade-disse-que-1-milhao-de-euros-era-pouco-por-‘amizades-com-alto-poder-aquisitivo’-e-aponta-risco-de-fuga

G1 Mundo

Daniel Alves: juiz que votou contra liberdade disse que 1 milhão de euros era pouco por ‘amizades com alto poder aquisitivo’ e aponta risco de fuga

Em seu voto, o juiz Luis Balestá Segura falou ainda de risco de fuga aumentado do jogador para o Brasil e de "amizades (de Daniel Alves) com alto poder aquisitivo" para pagar a quantia. Em sentença publicada nesta manhã, os juízes da Audiência Provincial de Barcelona -- a instância mais alta da Justiça da cidade -- aceitaram deixar Alves em liberdade provisória sob fiança de 1 milhão de euros (cerca […]

today20 de março de 2024 7

Publicar comentários (0)

Deixe uma resposta

Seu endereço de email não será publicado. Os campos obrigatórios estão marcados com *

Esse site utiliza o Akismet para reduzir spam. Aprenda como seus dados de comentários são processados.


0%