G1 Santos

Danone, traficante morto pela PM, já foi preso por chefiar grupo que atirou contra agentes da Receita Federal no mar; VÍDEO

today17 de fevereiro de 2024 10

Fundo
share close

Na ocasião, as imagens das câmeras de monitoramento registraram a quadrilha fugindo de barco e efetuando os disparos logo após assaltar lojas próximas ao Terminal de Passageiros, na travessia entre Santos e Guarujá (assista acima).

Na época, a Polícia Civil afirmou que Danone já era investigado pelo assalto a uma marina em Guarujá, tráfico de drogas e porte de arma. Na ocasião, ao ser preso, dirigia um automóvel com placa clonada e, por isso, também respondeu por receptação dolosa de veículo.

Danone (à esquerda) quando preso em 2015. Ao lado a imagem de criminosos, supostamente liderados por ele, apontando uma arma contra a equipe da Receita Federal — Foto: g1 e Reprodução/TV Tribuna



As equipes de investigação do 3° Distrito Policial (DP) de Santos e de São Vicente também apuravam a participação do traficante em outros crimes — não especificados — registrados nas duas cidades.

Em 2018, Danone foi preso pela 2ª vez por porte ilegal de arma junto com outro homem procurado pela Justiça. Na ocasião, policiais militares avistaram um veículo suspeito entre as ruas João Otávio e João Pessoa, no Centro de Santos. Ao ser abordado, ele confessou que estava com uma pistola municiada.

O traficante era considerado suspeito de comandar uma quadrilha que realizava assaltos nas cidades da Baixada Santista. Não há informações sobre o motivo dele estar nas ruas, em liberdade, entre os crimes de 2015 e 2018, bem como agora.

Danone quando foi preso por porte ilegal de arma, em 2018 — Foto: Divulgação/PM

O secretário de segurança pública de São Paulo, Guilherme Derrite, publicou um vídeo de Danone. No texto, ele afirmou que é o criminoso quem aparece nas imagens com um fuzil em mãos. Não há informação da data do vídeo. (veja o vídeo abaixo).

“O combate ao crime na Baixada Santista enfrenta desafios porque cenas como essa ocorriam na região sem que houvesse o devido trabalho de inteligência para enfrentá-las. O homem do vídeo, ostentando arma, era conhecido como Danone e morreu hoje em um confronto com o COE”, escreveu o chefe da pasta, em postagem nesta sexta-feira.

A reportagem entrou em contato com a Secretaria de Segurança Pública do Estado de São Paulo (SSP-SP) para mais informações sobre o caso, mas ainda não obteve retorno.

VÍDEOS: g1 em 1 minuto Santos




Todos os créditos desta notícia pertecem a G1 Santos.

Por: G1

Esta notícia é de propriedade do autor (citado na fonte), publicada em caráter informativo. O artigo 46, inciso I, visando a propagação da informação, faculta a reprodução na imprensa diária ou periódica, de notícia ou de artigo informativo, publicado em diários ou periódicos, com a menção do nome do autor, se assinados, e da publicação de onde foram transcritos.

Avalie

Post anterior

por-que-post-contra-bolsonaro-fez-juiza-ser-afastada-de-julgamento-de-principal-suspeito-do-sumico-de-madeleine-mccann

G1 Mundo

Por que post contra Bolsonaro fez juíza ser afastada de julgamento de principal suspeito do sumiço de Madeleine McCann

Um julgamento na Alemanha envolvendo o principal suspeito do desaparecimento de Madeleine McCann foi abruptamente adiado na sexta-feira (16/2) após seus advogados se oporem à participação de uma juíza na audiência por postagens feitas contra o ex-presidente Jair Bolsonaro (PL). Os advogados do acusado, Christian Brückner, alegaram que a juíza em questão expressou opiniões "radicais" nas redes sociais e incitou a violência contra Bolsonaro nos posts publicados em agosto de […]

today17 de fevereiro de 2024 5

Publicar comentários (0)

Deixe uma resposta

Seu endereço de email não será publicado. Os campos obrigatórios estão marcados com *

Esse site utiliza o Akismet para reduzir spam. Aprenda como seus dados de comentários são processados.


0%