UOL Notícias

Datafolha: Lula é a 2ª opção de voto para 20% dos eleitores de Bolsonaro

today27 de maio de 2022 19

Fundo
share close

A pesquisa Datafolha contratada e divulgada ontem pelo jornal Folha de S.Paulo mostra que, entre os eleitores de Jair Bolsonaro (PL), 20% consideram votar em Luiz Inácio Lula da Silva (PT) como segunda opção para Presidência. No caso dos eleitores do petista, 16% escolheriam Bolsonaro como segunda alternativa.

Os dados do Datafolha também mostram que 78% dos que declaram voto em Lula não cogitam trocar de candidato. O percentual é similar para eleitores do presidente Bolsonaro (75%).

Qual a segunda opção dos eleitores?

No caso dos eleitores de Lula que têm uma segunda opção, Bolsonaro não é o pré-candidato mais apontado:

  • Ciro Gomes (PDT): 31%
  • Jair Bolsonaro: 16%
  • João Doria (PSDB): 10%

Apesar de ser citado, o ex-governador de São Paulo, João Doria, desistiu da corrida eleitoral nesta semana. O PSDB deve apoiar a pré-candidata do MDB, Simone Tebet.

Aqueles que declaram voto em Bolsonaro se dividem em quatro opções como segunda alternativa:



  • Ciro Gomes: 21%
  • Luiz Inácio Lula da Silva: 20%
  • João Doria: 12%
  • General Santos Cruz (Podemos): 7%

Entre os entrevistados do Datafolha, Ciro Gomes é o pré-candidato mais citado como plano B, chegando a 20%.

A pesquisa Datafolha, contratada pela empresa Folha Da Manhã S.A., ouviu 2.556 pessoas, com 16 anos ou mais, entre os dias 25 e 26 de maio. As entrevistas foram feitas por abordagem pessoal, em pontos de fluxo populacional, em 181 cidades brasileiras de 25 estados e no Distrito Federal. A margem de erro é de até 2 pontos percentuais, para mais ou para menos, com índice de confiança de 95%. O levantamento foi registrado no TSE (Tribunal Superior Eleitoral) sob o protocolo BR-05166/2022.

Datafolha: Lula tem 48% e vence em 1º turno; Bolsonaro tem 27%

A pesquisa Datafolha divulgada ontem apontou que o ex-presidente Luiz Inácio Lula da Silva lidera a corrida eleitoral de 2022 para Presidência da República e venceria o pleito em primeiro turno. O petista aparece com 48% das intenções de voto.

Com 48%, Lula possui mais intenções de voto do que os demais pré-candidatos somados (40%) e, por isso, vence em primeiro turno. Levando em conta apenas os votos válidos (exclui-se votos nulos, brancos e não sabem), o petista chega a 54%, enquanto Bolsonaro alcança 30%.

Com todos os votos considerados — inclusive brancos, nulos e não sabem — o presidente Jair Bolsonaro tem 27% e Ciro Gomes aparece com 7%. Os demais atingem no máximo 2%. Como a margem de erro é de 2 pontos percentuais, para mais ou para menos, eles não alcançam os primeiros colocados.

Nesse cenário, sem a presença de João Doria, que anunciou que não é mais pré-candidato, aparecem Andre Janones (Avante) e Simone Tebet (MDB), com 2% cada um, e Pablo Marçal (Pros) e Vera Lúcia (PSTU), com 1% das intenções. Já Felipe d’Avila (Novo), Sofia Manzano (PCB), Leonardo Péricles (UP), Eymael (DC), Luciano Bivar (UB) e General Santos Cruz (Podemos) não pontuaram.

Não é possível comparar esta rodada da pesquisa Datafolha com a mais recente, de 24 de março, por conta da mudança dos candidatos incluídos para as perguntas estimuladas – quando os nomes são apresentados previamente aos entrevistados.

Desta vez aparecem General Santos Cruz (Podemos), Eymael (DC), Pablo Marçal (PROS), Sofia Manzano (PCB) e Luciano Bivar (União), que não estavam na pesquisa de março. A anterior ainda trazia nomes não incluídos agora. São eles: Sergio Moro (União) e Eduardo Leite (PSDB) – em um dos cenários.




Todos os créditos desta notícia pertecem a UOL Notícias.

Por: Thais Augusto

Esta notícia é de propriedade do autor (citado na fonte), publicada em caráter informativo. O artigo 46, inciso I, visando a propagação da informação, faculta a reprodução na imprensa diária ou periódica, de notícia ou de artigo informativo, publicado em diários ou periódicos, com a menção do nome do autor, se assinados, e da publicação de onde foram transcritos.

Avalie

Post anterior

por-que-nubank-perdeu-quase-65%-do-valor-depois-de-chegar-a-banco-mais-valioso-do-pais

BBC News Brasil

Por que Nubank perdeu quase 65% do valor depois de chegar a banco mais valioso do país

27 maio 2022Atualizado Há 8 horasCrédito, DivulgaçãoLegenda da foto, De banco mais valioso da América Latina, fintech agora já vale um terço do Itaú Unibanco; soma de fatores explica queda vertiginosa, segundo especialistasQuando estreou na bolsa de Nova York em dezembro passado, o banco digital Nubank foi alçado a uma posição de destaque: o mais valioso da América Latina, superando instituições financeiras tradicionais, como Itaú, Bradesco e Santander.Hoje, pouco mais […]

today27 de maio de 2022 16

Publicar comentários (0)

Deixe uma resposta

Seu endereço de email não será publicado. Os campos obrigatórios estão marcados com *

Esse site utiliza o Akismet para reduzir spam. Aprenda como seus dados de comentários são processados.


0%