G1 Santos

Defesa da ex-companheira de Da Cunha, acusado de agressão, lamenta arquivamento de processo: ‘perplexa’

today15 de maio de 2024 2

Fundo
share close

O processo no Conselho de Ética foi instaurado em abril deste ano a pedido do Partido Socialismo e Liberdade (PSOL), que apresentou uma representação para que fosse apurada suposta quebra de decoro parlamentar.

Por 13 votos a 5, os membros do colegiado decidiram apenas recomendar a aplicação de censura parlamentar, uma advertência que pode causar restrições em atividades parlamentares ou perda de privilégios.

O Conselho de Ética levou em conta uma conversa telefônica em que Da Cunha propõe um acordo à ex-sogra para encerrar a investigação de violência doméstica contra Betina.



‘Se espera a melhor conduta possível’

A advogada Gabriela Manssur disse à equipe de reportagem que a situação “causa uma grande perplexidade”.

“Há uma comprovada questão de violência contra a mulher cometida por uma pessoa de quem se espera a melhor conduta possível, pois foi eleita pelo povo para representar toda a sociedade”, disse.

Gabriela informou que, desde o início, aguarda a decisão no processo criminal para fazer os requerimentos necessários. Assim, o parlamentar poderá ser submetido às consequências legais. “Eu, como ex-promotora de Justiça especialista no tema [violência contra a mulher], só tenho a lamentar a decisão”, completou.

Deputado Da Cunha é acusado de espancar a companheira Betina, em Santos, SP — Foto: Reprodução

A pena de censura é a mais branda prevista no Código de Ética da Casa e deverá ser aplicada pelo presidente da Câmara, Arthur Lira (PP-AL), em sessão plenária.

As decisões seguiram parecer preliminar do caso, apresentado pelo deputado Albuquerque (Republicanos), que avaliou não haver “relação entre os fatos imputados e o desempenho do mandato”.

Ex-mulher grava vídeo do momento em que diz ter sido agredida e ameaçada pelo deputado Carlos da Cunha

Ex-mulher grava vídeo do momento em que diz ter sido agredida e ameaçada pelo deputado Carlos da Cunha

No documento da representação, o PSOL destacou um momento do vídeo exibido pelo Fantástico, da TV Globo, em que o deputado diz o seguinte: “Esse vídeo acaba com a minha vida. Colocar um vídeo desse, eu vou perder o meu mandato” (assista acima).

“O próprio representado [Da Cunha] já disse, com todas palavras, que a gravidade do que ele fez — já enquanto Deputado Federal, em pleno exercício das funções parlamentares — enseja a perda do mandato”, destacou Paula Coradi.

O foco da representação é a acusação da ex-mulher contra o deputado. Porém, também foram relembradas outras polêmicas de Da Cunha, como a encenação de um sequestro e ele ter chamado policiais de “ratos”.

Da Cunha foi eleito deputado federal por São Paulo, sendo o 24ª candidato mais votado — Foto: Matheus Tagé/Arquivo/A Tribuna Jornal

Em 2021, o deputado contou ao g1 que a ideia partiu da vontade de divulgar o trabalho da Polícia. “Principalmente as crianças. Eu tenho muito seguidor de cinco, seis, sete anos de idade. De dez, quinze. Público infanto-juvenil. As crianças estarem olhando o trabalho da Polícia, querendo estar do lado da Polícia, não tem preço”.

No mesmo ano, ele relatou em seu canal no YouTube que tinha sido afastado das ruas e teve que entregar as armas e distintivo. A medida foi tomada após declaração feita durante participação em um podcast com o vereador e ex-PM Gabriel Monteiro (PSD).

Na ocasião, ele falou “que há grande corrupção no alto escalão da PM do Rio de Janeiro”. Em seguida, o deputado disse que há ratos dentro da Polícia.

VÍDEOS: g1 em 1 Minuto Santos




Todos os créditos desta notícia pertecem a G1 Santos.

Por: G1

Esta notícia é de propriedade do autor (citado na fonte), publicada em caráter informativo. O artigo 46, inciso I, visando a propagação da informação, faculta a reprodução na imprensa diária ou periódica, de notícia ou de artigo informativo, publicado em diários ou periódicos, com a menção do nome do autor, se assinados, e da publicação de onde foram transcritos.

Avalie

Post anterior

homem-se-pendura-em-para-brisa-de-onibus-no-litoral-de-sp;-video

G1 Santos

Homem se pendura em para-brisa de ônibus no litoral de SP; VÍDEO

O motorista e os passageiros precisaram esperar a chegada da PM para seguirem viagem em Santos (SP). Homem em situação de rua se pendura em ônibus municipal em Santos, SP Um homem se pendurou no para-brisa de um ônibus municipal de Santos, no litoral de São Paulo, sem motivo aparente. Segundo apurado pelo g1, o motorista e os passageiros precisaram esperar a chegada da Polícia Militar (PM) para seguirem viagem […]

today15 de maio de 2024 6

Publicar comentários (0)

Deixe uma resposta

Seu endereço de email não será publicado. Os campos obrigatórios estão marcados com *

Esse site utiliza o Akismet para reduzir spam. Aprenda como seus dados de comentários são processados.


0%