G1 Mundo

Desinformação sobre a guerra provoca atos de ódio contra palestinos e judeus pelo mundo, diz pesquisador

today20 de outubro de 2023 6

Fundo
share close

Na União Europeia, plataformas como X e Meta têm sido questionadas sobre a disseminação de notícias falsas sobre o conflito no Oriente Médio.


A disseminação de notícias falsas sobre a guerra entre Israel e Hamas tem levado ao aumento de atos de ódio contra judeus e palestinos ao redor do mundo. A afirmação é de David Nemer, antropólogo da tecnologia e professor da Universidade da Virgínia (EUA).



Prédios e carro destruídos após bombardeio israelense a Khan Younis, no sul da Faixa de Gaza, no dia 20 de outubro de 2023 — Foto: Mohammed Salem/Reuters

“O Hamas tem um canal oficial muito perigoso, que é onde estão o tempo todo promovendo propaganda antissemita. É um canal que me preocupa porque já dobrou o número de usuários”, alerta.

“As redes sociais têm levado o campo de guerra para um espaço onde as pessoas, mesmo longe, se colocam nessa disputa polarizada.”

David Nemer: “Desinformação está ligada a emoções negativas, como medo e raiva”

David Nemer: “Desinformação está ligada a emoções negativas, como medo e raiva”

Nemer explica ainda que os algoritmos das redes sociais são desenvolvidos para priorizar conteúdos sensacionalistas, que promovam uma comoção negativa nos usuários.

“A desinformação geralmente vem carregada de sentimentos como o medo e a raiva porque as pessoas tendem a engajar com esse tipo de conteúdo. Ou seja, tendem a acreditar e a compartilhar mais facilmente”, diz Nemer.

Pesquisador fala por que desinformação circula 6 vezes mais rápido que a verdade nas redes

Pesquisador fala por que desinformação circula 6 vezes mais rápido que a verdade nas redes

Imagem de mostra 18 de outubro de 2023 mostra área do hospital Al-Ahli atingido por explosão em Gaza — Foto: REUTERS/Mohammed Al-Masri

Deseja receber as notícias mais importantes em tempo real? Ative as notificações do G1!

http://g1.globo.com/

http://g1.globo.com/




Todos os créditos desta notícia pertecem a G1 Mundo.

Por: G1

Esta notícia é de propriedade do autor (citado na fonte), publicada em caráter informativo. O artigo 46, inciso I, visando a propagação da informação, faculta a reprodução na imprensa diária ou periódica, de notícia ou de artigo informativo, publicado em diários ou periódicos, com a menção do nome do autor, se assinados, e da publicação de onde foram transcritos.

Avalie

Post anterior

israel-diz-ter-matado-terrorista-do-hamas-que-participou-de-massacre-de-civis-no-sul-do-pais

G1 Mundo

Israel diz ter matado terrorista do Hamas que participou de massacre de civis no sul do país

De acordo com as Forças de Defesa de Israel, mais de 100 alvos do Hamas foram bombardeados entre a noite de quinta-feira (19) e a madrugada de sexta-feira (20). Entre os alvos estão um túnel, armazéns de armas e centros de comando operacional. Segundo os militares, o membro do Hamas que foi morto em um dos bombardeios se chama Muhammad Abu 'Odeh. Ele servia como um agente naval do grupo […]

today20 de outubro de 2023 6

Publicar comentários (0)

Deixe uma resposta

Seu endereço de email não será publicado. Os campos obrigatórios estão marcados com *

Esse site utiliza o Akismet para reduzir spam. Aprenda como seus dados de comentários são processados.


0%