G1 Mundo

Diplomacia brasileira monitora ‘retrocesso’ nas eleições na Venezuela após candidatura vetada e ameaça dos EUA

today30 de janeiro de 2024 7

Fundo
share close

As negociações diplomáticas e os recados dos Estados Unidos continuam, enquanto o país aguarda que a Venezuela reverta a decisão.

Os EUA avisaram que não vão prorrogar a licença para que a Venezuela exporte petróleo, em abril, caso o governo venezuelano proíba candidatos à presidência de concorrer neste ano. Os americanos também estão pensando em impor novas medidas.

O Brasil não participa diretamente do debate sobre sanções, mas monitora – e é um ator com papel central nas negociações mais amplas, também envolvendo a chamada “transição democrática” na Venezuela.



EUA ameaçam retomar sanções contra Venezuela após descumprimento de acordo

EUA ameaçam retomar sanções contra Venezuela após descumprimento de acordo

Em julho do ano passado, com a presença do presidente Lula na reunião dos países europeus e latino-americanos, Brasil, França Argentina e Colômbia fizeram uma declaração sobre a Venezuela pedindo eleições limpas e justas e também pelo fim das sanções internacionais ao país.

Também no ano passado, o Brasil participou de diferentes reuniões sobre o assunto, na própria Venezuela, na Colômbia e em Barbados.

Em outubro, os Estados Unidos aliviaram as sanções ao setor de petróleo – que, quando estavam em vigor, sufocavam economicamente a Venezuela – após o governo Nicolás Maduro assinar acordo com a oposição por eleições presidenciais “livres e justas” em 2024.

No poder desde 2013, Nicolás Maduro se reelegeu em 2018, depois de proibir que os dois principais rivais participassem da eleição.

Naquela disputa, a ONU se recusou a enviar observadores internacionais e a oposição denunciou fraudes e compra de votos. Grande parte da comunidade internacional considerou ilegítima a eleição de Maduro.

Em maio do ano passado, Lula criticou as sanções internacionais impostas ao regime ditatorial comandado por Maduro e afirmou que bloqueios econômicos são piores que a guerra.

O presidente recebeu Nicolás Maduro para uma reunião fechada, em Brasília. Em discurso, defendeu Maduro e disse que as acusações de que a Venezuela é uma ditadura faziam parte de uma “narrativa”. A declaração repercutiu mal dentro do próprio encontro de presidentes.

'Hoje começa uma nova época de relação entre os países', diz Maduro em discurso com Lula

‘Hoje começa uma nova época de relação entre os países’, diz Maduro em discurso com Lula

Em junho, o presidente do Brasil voltou a comentar o regime de Nicolás Maduro. Em entrevista para a Rádio Gaúcha, Lula disse que o conceito de democracia “é relativo”.

Mais tarde, no mesmo dia, Lula precisou baixar o tom, e disse gostar da democracia.

“A gente gosta de democracia, a gente gosta de ter tem gente protestando contra a gente, a gente gosta quando tem greve contra a gente, a gente gosta quando negocia. Nada disso é contra a democracia”, disse Lula.




Todos os créditos desta notícia pertecem a G1 Mundo.

Por: G1

Esta notícia é de propriedade do autor (citado na fonte), publicada em caráter informativo. O artigo 46, inciso I, visando a propagação da informação, faculta a reprodução na imprensa diária ou periódica, de notícia ou de artigo informativo, publicado em diários ou periódicos, com a menção do nome do autor, se assinados, e da publicação de onde foram transcritos.

Avalie

Post anterior

mesmo-apos-pedido-de-macron,-diplomatas-avaliam-que-negociacao-mercosul-ue-segue-‘normalmente’

G1 Mundo

Mesmo após pedido de Macron, diplomatas avaliam que negociação Mercosul-UE segue ‘normalmente’

A União Europeia, por exemplo, incluiu um documento adicional que, em linhas gerais, prevê sanções em caso de descumprimento de metas na área ambiental. Para diplomatas ouvidos pelo g1, pressionado pelos agricultores, Macron decidiu "jogar para a torcida". Mas, mesmo assim, as conversas prosseguirão. "Macron está jogando para a torcida dele. É só um voto de 27 [membros da UE]", afirmou um integrante da diplomacia brasileira. "Quem fala e negocia […]

today30 de janeiro de 2024 5

Publicar comentários (0)

Deixe uma resposta

Seu endereço de email não será publicado. Os campos obrigatórios estão marcados com *

Esse site utiliza o Akismet para reduzir spam. Aprenda como seus dados de comentários são processados.


0%