G1 Santos

Dono de pastelaria alega ter sido abordado e agredido por policiais após suspeita de roubo no litoral de SP; VÍDEO

today14 de janeiro de 2024 6

Fundo
share close

Um comerciante foi agredido ao ser abordado por policiais militares enquanto fazia compras em um hortifruti em Iguape, no litoral de São Paulo. Gustavo Breno Cunha, de 27 anos, disse que os agentes acharam que ele estava roubando o estabelecimento por estar de capacete. As imagens, obtidas pelo g1, mostram a ação (veja acima).

“Nunca tive passagem pela polícia. Me senti oprimido e bastante humilhado porque fui tratado igual um lixo”, afirmou Gustavo.

O caso aconteceu, na última sexta-feira (12), no bairro Rocio. O comerciante explicou à reportagem que vai ao hortifruti todos os dias para comprar frutas para a sua pastelaria. Desta vez, Gustavo estava no caixa do estabelecimento e foi surpreendido por um policial militar apontando uma arma contra ele.



Ele disse que o policial perguntou o que tinha na cintura, pediu para tirar o capacete e levantar as mãos. O comerciante afirmou que obedeceu os agentes até ser colocado no porta-malas da viatura. Ele explicou que se desesperou e começou a dar chutes por ter claustrofobia — medo de ficar em ambientes fechados ou com pouca circulação de ar.

Gustavo acrescentou que os agentes não quiseram conversar, que eles o enforcaram e o agrediram com empurrões e socos. Durante a confusão, o comerciante ainda teve o rosto pressionado contra a viatura, o que fez o óculos dele quebrar.

No boletim de ocorrência, os policiais relataram que Gustavo estava com o braço dobrado e não era possível ver o que tinha nas mãos. Eles, portanto, realizaram a abordagem.

Os agentes afirmaram que ele não obedeceu as ordens e teria dito em tom ameaçador o seguinte: “Você sabe com quem está falando? Sua vida acabou agora”. Os PMs relataram que “foi necessário uso de força moderada para contê-lo e levá-lo à delegacia” da cidade.

Dono de pastelaria acusa policiais militares de abordagem policial indevida em Iguape (SP) — Foto: Reprodução

As imagens mostram o momento em que Gustavo é abordado dentro do hortifruti e, em seguida, ele é levado para a rua. Um dos policiais tenta colocá-lo dentro do porta-malas. Enquanto isso, o outro agente está com uma arma e um celular apontados contra as testemunhas. A mulher que está chorando é a mãe do comerciante.

No vídeo, é possível escutar um homem, que não foi identificado, dizendo que Gustavo é trabalhador. Um dos policiais responde que o comerciante não deixou a revista ser feita. As imagens das câmeras de monitoramento, no entanto, mostram os agentes realizando a busca pessoal.

Por ser um comerciante conhecido na região, os moradores se aglomeraram pedindo para os policiais liberarem Gustavo. Outra viatura foi acionada e, segundo ele, os agentes foram convencidos por outros PMs a deixarem levá-lo para a delegacia no banco de trás.

Dono de pastelaria é abordado e agredido por policiais enquanto comprava frutas em Iguape (SP) — Foto: Arquivo Pessoal e Reprodução

Depois de horas algemado na delegacia, o comerciante foi liberado com auxílio de advogados. Um boletim de ocorrência foi registrado e Gustavo entrou com um processo administrativo contra os policiais, para ser encaminhado para a Corregedoria da PM.

Ele afirmou que teme que os PMs voltem para se vingar. “Eu me sinto com medo de represália dos policiais. Pode acontecer alguma coisa com eles lá [na corporação] e eles quererem descontar em mim”, finalizou.

O g1 entrou em contato com a Secretaria de Segurança Pública do Estado de São Paulo (SSP-SP) e com a Polícia Militar (PM), mas não teve retorno até a última atualização desta reportagem.

VÍDEOS: g1 em 1 minuto Santos




Todos os créditos desta notícia pertecem a G1 Santos.

Por: G1

Esta notícia é de propriedade do autor (citado na fonte), publicada em caráter informativo. O artigo 46, inciso I, visando a propagação da informação, faculta a reprodução na imprensa diária ou periódica, de notícia ou de artigo informativo, publicado em diários ou periódicos, com a menção do nome do autor, se assinados, e da publicação de onde foram transcritos.

Avalie

Post anterior

sertanejo-conrado-retoma-carreira-apos-perda-do-parceiro-e-quer-passar-pela-rodovia-do-acidente-que-matou-aleksandro

G1 Santos

Sertanejo Conrado retoma carreira após perda do parceiro e quer passar pela rodovia do acidente que matou Aleksandro

O cantor sertanejo João Vitor Moreira Sales, conhecido como 'Conrado' da dupla com Aleksandro, deseja passar pela rodovia, que aconteceu o acidente de ônibus que matou o amigo e mais cinco pessoas há mais de um ano. Ao g1, neste domingo (14), o artista contou como está retomando a carreira, agora com a nova dupla Wesley e Conrado, e que deseja fazer um show na cidade de São Pedro (SP), […]

today14 de janeiro de 2024 6

Publicar comentários (0)

Deixe uma resposta

Seu endereço de email não será publicado. Os campos obrigatórios estão marcados com *

Esse site utiliza o Akismet para reduzir spam. Aprenda como seus dados de comentários são processados.


0%