G1 Mundo

El Salvador transfere primeiros presos para a nova megaprisão do país, com capacidade para 40 mil detentos

today25 de fevereiro de 2023 113

Fundo
share close

O governo de El Salvador transferiu os primeiros dois mil detentos para a nova prisão do país, batizada de Centro de Confinamento para o Terrorismo. A “megaprisão”, inaugurada no começo de fevereiro, conta com 10 pavilhões, celas que podem receber até 100 presos e uma capacidade total para comportar 40 mil detentos – o que a torna a maior prisão das Américas.

El Salvador é, atualmente, o país com o maior número de presos em relação a sua população no mundo, segundo a organização World Prision Brief. As estimativas são de que o país tenha cerca de 65 mil detentos, enquanto a população é de pouco mais de 6,3 milhões de pessoas, o que significa que cerca de 2% de toda a população está presa.

O complexo fica numa zona rural do município de Tecoluca, localizado a cerca de 75 quilômetros da capital do país, San Salvador. No site oficial do governo salvadorenho, já há diversos registros do presidente do país, Nayib Bukele, visitando o local.



Presos de El Salvador chegando à megaprisão — Foto: Presidência de El Salvador/Via AFP

A inauguração da megaprisão é mais um passo da controversa política implantada por Bukele para combater a violência de gangues, problema que se arrasta pelo país.

Tal política de combate levou o presidente a decretar estado de exceção em março de 2022, uma resposta ao aumento expressivo no número de assassinatos ocorridos em El Salvador. A medida foi prorrogada diversas vezes e dura até hoje, com a suspensão de direitos constitucionais, como a realização de assembleias e a inviolabilidade de correspondências, por exemplo.

O estado de exceção também permite ao governo realizar prisões sem mandados judiciais e estabelece que os presos não tenham direito a um advogado, o que ajuda a explicar a alta taxa de detenções.

Organizações de direitos humanos denunciam que a política do governo já prendeu diversas pessoas inocentes e que dezenas delas morreram sob custódia policial. A imprensa local, ainda, afirma que a escalada da violência no país é responsabilidade do próprio governo, uma vez que este rompeu um pacto que mantinha com uma das maiores gangues salvadorenhas.

Imagem de divulgação do novo centro de detenção de El Salvador — Foto: Governo de El Salvador/ Via Reuters

Nayib Bukele chegou ao poder com 37 anos e mexeu com as estruturas do país. O presidente promoveu uma reforma constitucional que aposentou compulsoriamente um terço dos juízes e promotores, além de usar as redes sociais para se promover em detrimento dos veículos de imprensa nacionais.

O controle da comunicação garantiu uma alta aprovação do governo e Bukele já anunciou que vai disputar as próximas eleições, previstas para 2024, apesar da Constituição de El Salvador vetar a reeleição.

Presidente de El Salvador visita prisão no país que tem capacidade para 40 mil pessoas

Presidente de El Salvador visita prisão no país que tem capacidade para 40 mil pessoas




Todos os créditos desta notícia pertecem a G1 Mundo.

Por: G1

Esta notícia é de propriedade do autor (citado na fonte), publicada em caráter informativo. O artigo 46, inciso I, visando a propagação da informação, faculta a reprodução na imprensa diária ou periódica, de notícia ou de artigo informativo, publicado em diários ou periódicos, com a menção do nome do autor, se assinados, e da publicação de onde foram transcritos.

Avalie

Post anterior

manifestantes-pedem-dialogo-com-a-russia-ao-inves-de-fornecer-armas-para-a-ucrania

G1 Mundo

Manifestantes pedem diálogo com a Rússia ao invés de fornecer armas para a Ucrânia

Guerra no leste completou um ano nesta sexta-feira (24) e, em Berlim, manifestantes reivindicam que Alemanha negocie com Moscou. Soldados ucranianos em treinamento em Bovington Camp, uma base militar do exército britânico, agitam uma bandeira da Ucrânia, no sudoeste da Inglaterra, em 22 de fevereiro de 2023. — Foto: Ben Birchall / POOL / AFP Cerca de 10.000 pessoas, segundo a polícia, se manifestaram neste sábado (25), no centro de […]

today25 de fevereiro de 2023 10

Publicar comentários (0)

Deixe uma resposta

Seu endereço de email não será publicado. Os campos obrigatórios estão marcados com *

Esse site utiliza o Akismet para reduzir spam. Aprenda como seus dados de comentários são processados.


0%