G1 Mundo

Em novo teste, Coreia do Norte lança míssil balístico de curto alcance

today19 de março de 2023 8

Fundo
share close

A Coreia do Norte lançou um míssil balístico de curto alcance contra o mar, neste domingo (18), segundo informações da Coreia do Sul e do Japão. A agência de notícias “Reuters” apurou que o artefato foi disparado da costa oeste por volta das 11h05 horário local (23h05 de sábado, em Brasília).

Esse é o mais recente teste de armas feito pela Coreia do Norte, que já realizou outros lançamentos de misseis nos últimos dias. Desta vez, segundo o Ministério da Defesa do Japão, o míssil voou a uma altitude de até 50 km.

O governo da Coreia do Sul vem condenando os testes do país vizinho, afirmando que essa é uma clara violação de uma resolução do Conselho de Segurança da ONU.



Segundo a Reuters, os governos dos Estados Unidos e do Japão também criticaram o teste.

“O comportamento da Coreia do Norte é uma ameaça à paz e à segurança internacional, e é inaceitável”, disse o ministro da defesa do Japão, Toshiro Ino, em entrevista coletiva, segundo a agência de notícias.

O último teste feito pela Coreia do Norte aconteceu na quinta-feira (16), quando um míssil balístico intercontinental caiu entre a Península Coreana e o Japão.

O lançamento de quinta-feira foi feito horas antes de uma reunião entre a Coreia do Sul e o Japão, em Tóquio, que discutiu o avanço do programa nuclear e de misseis norte-coreano.

Na quinta-feira, a Coreia do Norte afirmou que as manobras são um ensaio geral para prevenir uma possível invasão, segundo a AFP.

Já neste domingo, a mídia estatal de Pyongyang criticou os Estados Unidos por levar a uma reunião da ONU que o país asiático estaria cometendo abusos contra os direitos humanos. A Coreia do Norte disse que a acusação é uma violação de soberania.

Além disso, a Coreia do Norte acusou o Secretário-Geral da ONU de jogar “combustível ao fogo” na Península Coreana.

Neste domingo, ministros de Relações Exteriores dos países que integram o G7 disseram que lamentaram a inação do Conselho de Segurança da ONU contra os testes da Coreia do Norte e afirmaram haver uma obstrução de alguns membros do conselho.

O G7 não nomeou países que estariam obstruindo o Conselho de Segurança a adotar uma atitude. No entanto, China e Rússia impediram recentemente ações em resposta à Coreia do Norte.

VÍDEOS: mais assistidos do g1




Todos os créditos desta notícia pertecem a G1 Mundo.

Por: G1

Esta notícia é de propriedade do autor (citado na fonte), publicada em caráter informativo. O artigo 46, inciso I, visando a propagação da informação, faculta a reprodução na imprensa diária ou periódica, de notícia ou de artigo informativo, publicado em diários ou periódicos, com a menção do nome do autor, se assinados, e da publicação de onde foram transcritos.

Avalie

Post anterior

putin-faz-primeira-visita-a-um-territorio-ocupado-desde-o-inicio-da-guerra-na-ucrania

G1 Mundo

Putin faz primeira visita a um território ocupado desde o início da guerra na Ucrânia

O presidente russo Vladimir Putin esteve na cidade de Mariupol, informou a mídia estatal russa neste domingo (19). Segundo informações da RFI, a ida de Putin à região representa a primeira visita do chefe do Kremlin ao território ocupado desde o início da guerra na Ucrânia, em fevereiro de 2022.  O porto de Mariupol, localizado no Mar de Azov, no sudeste da Ucrânia, está ocupado pelas forças russas desde maio […]

today19 de março de 2023 7

Publicar comentários (0)

Deixe uma resposta

Seu endereço de email não será publicado. Os campos obrigatórios estão marcados com *

Esse site utiliza o Akismet para reduzir spam. Aprenda como seus dados de comentários são processados.


0%