G1 Mundo

Embaixada na Palestina atualiza números e diz que auxilia 34 pessoas que querem deixar Gaza rumo ao Brasil

today27 de outubro de 2023 10

Fundo
share close

O número subiu de 32 pessoas para 34, das quais:

  • 24 brasileiros
  • 7 palestinos em processo de imigração
  • 3 palestinos familiares próximos dos brasileiros que darão início à imigração

18 dessas pessoas estão em Rafah, cidade do Sul de Gaza mais próxima da fronteira com o Egito. Em Rafah são:



  • 9 crianças, 5 mulheres e 4 homens

Os outros 16 estão em Khan Younes, cidade também no Sul, mas um pouco mais distante da fronteira egípcia:

  • 9 crianças, 5 mulheres e 2 homens

O plano do governo do Brasil é embarcar essas pessoas em um avião da FAB na cidade egípcia de Arish, a 53 km da fronteira com Gaza. O problema é que a passagem ainda não foi aberta pelo Egito para a saída dos brasileiros.

Mais cedo, a embaixada relatou que foi avisada pela empresa de telefonia Jawal, que atua em Gaza, que a internet e a comunicação em geral na região foram interrompidas em razão dos ataques de Israel.

Mesmo assim, a embaixada vem conseguindo manter um canal de comunicação com os brasileiros.

Forças israelenses bombardeiam Gaza desde o fim de semana de 7 de outubro, quando o grupo terrorista Hamas fez ataques contra Israel. Nesta sexta, Israel anunciou a intensificação da operação militar por terra em Gaza.

Casas destruídas por ataque israelense em Khan Younis, na Faixa de Gaza, nesta sexta-feira (27). — Foto: Mohammed Salem/Reuters

Enquanto a fronteira com o Egito não é aberta, e os brasileiros não são repatriados de Gaza, uma aeronave da Presidência da República modelo VC-2, com capacidade para 38 pessoas, aguarda no Cairo para repatriar os brasileiros.

Ao todo, segundo o governo, 1,4 mil brasileiros já foram repatriados – todos, de Israel.

Autoridades brasileiras têm mantido contato com integrantes do governo egípcio a fim de tentar convencê-los a abrir a fronteira. O ministro Mauro Vieira, por exemplo, já conversou por telefone ao menos duas vezes com o chanceler egípicio sobre o tema.

Paralelamente, como o Brasil comanda temporariamente o Conselho de Segurança da ONU, diplomatas têm tentado discutir uma resolução que garanta a abertura dos corredores humanitários no Egito.

O país sediou no último fim de semana uma cúpula a fim de discutir o tema, mas, segundo diplomatas brasileiros, ainda não há expectativa de abertura da fronteira.




Todos os créditos desta notícia pertecem a G1 Mundo.

Por: G1

Esta notícia é de propriedade do autor (citado na fonte), publicada em caráter informativo. O artigo 46, inciso I, visando a propagação da informação, faculta a reprodução na imprensa diária ou periódica, de notícia ou de artigo informativo, publicado em diários ou periódicos, com a menção do nome do autor, se assinados, e da publicação de onde foram transcritos.

Avalie

Post anterior

porta-voz-militar-de-israel-diz-que-ha-tropas-na-faixa-de-gaza

G1 Mundo

Porta-voz militar de Israel diz que há tropas na Faixa de Gaza

Ele não afirmou, no entanto, se esse é o começo de uma ofensiva para invadir o território palestino. O braço armado do grupo terrorista Hamas, as Brigadas Al Qassam, afirmaram que estão em confrontos com militares israelenses dentro da Faixa de Gaza. Em um comunicado, eles afirmaram que confrontos violentos acontecem no norte e no centro da Faixa de Gaza. O Hamas disse que há combates nos seguintes locais: Beit […]

today27 de outubro de 2023 7

Publicar comentários (0)

Deixe uma resposta

Seu endereço de email não será publicado. Os campos obrigatórios estão marcados com *

Esse site utiliza o Akismet para reduzir spam. Aprenda como seus dados de comentários são processados.


0%