G1 Santos

Empreendedora do litoral de SP leva marca brasileira para desfile durante NY Fashion Week

today12 de fevereiro de 2024 16

Fundo
share close

Uma empreendedora e artesã de Guarujá, no litoral de São Paulo, teve uma peça de sua marca exposta em um desfile realizado durante a New York Fashion Week (NYFW), nos Estados Unidos. Ao g1, Camila Araújo explicou que o evento foi organizado pelo Consulado Brasileiro e é uma ótima vitrine para o trabalho realizado por artesãs da Baixada Santista.

“É gratificante, é uma sensação eufórica. […] Quando eu vi o meu nome ali na divulgação, fiquei com uma felicidade que não dá para medir”, afirmou em entrevista ao g1.

A peça escolhida para representar a marca Chinua é uma puffer, que, segundo Camila, pode ser descrita como “uma jaqueta fofinha”. A roupa, assim como os outros itens da marca, é feita a mão por uma equipe de mulheres artesãs da Baixada Santista, com tecidos originais vindos do continente africano.



O ‘Desfile da Diversidade’ reuniu peças de diversas empreendedoras brasileiras, pois o objetivo do evento realizado na sede do Consulado-Geral do Brasil na cidade americana é incentivar pequenos negócios de mulheres e destacar a riqueza da moda brasileira, em uma semana onde milhares de especialistas no setor estarão em Nova York.

Esse é o segundo desfile internacional que contou com a marca Chinua. O primeiro foi na Colômbia em agosto de 2023. A empreendedora contou que um de seus sonhos era abrir uma loja no Aeroporto de Guarulhos (SP) para que os produtos fossem vistos por pessoas de todo o mundo.

Para ela, o desfile na NYFW é uma forma de realizar esse desejo. “Vai trazer uma visibilidade enorme para minha marca.[…] Acredito que, como a Colômbia me trouxe grandes frutos, Nova York vai me trazer bons frutos também”.

Puffer é feita a mão por uma uma equipe de mulheres artesãs locais produzem para a marca — Foto: Divulgação

Formada em Gastronomia, Camila contou que iniciou a marca que não tinha a ver com a faculdade em 2015, quando estava em processo de transição capilar e não encontrava acessórios que a representassem.

“Iniciei com a revenda [de acessórios] de uma marca menor, então eu comprava e revendia peças de uma outra marca e comecei a produzir algumas peças também”, explicou.

No início, Camila fazia a identidade dos produtos pintando brincos em MDF até que contratou um designer para criação de peças exclusivas. “Iniciei pintando também essas peças exclusivas, de repente encontrei o tecido africano e me apaixonei. E, desde então, nunca mais larguei”, enfatizou.

Camila Araújo criou a marca Chinua em 2015. — Foto: Arquivo Pessoal

A marca Chinua passou a vender brincos, colares e anéis. Aos poucos, também passou a produzir acessórios para cabelo, como turbantes e faixas. Nesse meio tempo, Camila também investiu no autoconhecimento e fez um curso de corte e costura para começar a pensar na produção de roupas.

Há dois anos, ela fez uma parceria para montar jaquetas com tecidos africanos e implementou as roupas na marca com colaboração de artesãs e costureiras da Baixada Santista.

Segundo ela, a oportunidade para o desfile de Nova York surgiu após participar de um festival na Colômbia, pois conheceu pessoas que a apresentaram um e-commerce do qual passou a fazer parte. Por meio dele, Camila conheceu a representante de uma empresa que faz a curadoria para o evento.

“Ela faria a curadoria e se passasse na seleção lá com eles [de Nova York], ela levaria e foi isso que aconteceu. A peça foi selecionada, eu fiquei bem eufórica porque nem imaginava”, comemorou.

VÍDEOS: g1 em 1 Minuto Santos




Todos os créditos desta notícia pertecem a G1 Santos.

Por: G1

Esta notícia é de propriedade do autor (citado na fonte), publicada em caráter informativo. O artigo 46, inciso I, visando a propagação da informação, faculta a reprodução na imprensa diária ou periódica, de notícia ou de artigo informativo, publicado em diários ou periódicos, com a menção do nome do autor, se assinados, e da publicação de onde foram transcritos.

Avalie

Post anterior

metro-de-ny-tem-tiroteio-com-6-pessoas-atingidas,-diz-imprensa-local

G1 Mundo

Metrô de NY tem tiroteio com 6 pessoas atingidas, diz imprensa local

Segundo polícia, quatro homens e duas mulheres foram baleados na plataforma Mount Eden, na região do Bronx. Seis pessoas foram baleadas em Nova Iorque (EUA), na plataforma de metrô Mount Eden, na região do Bronx, afirmou a imprensa local na noite desta segunda-feira (12). Segundo a CBS, a polícia afirma que quatro homens e duas mulheres foram baleados na plataforma. Ainda não se sabe a gravidade dos ferimentos. No X […]

today12 de fevereiro de 2024 6

Publicar comentários (0)

Deixe uma resposta

Seu endereço de email não será publicado. Os campos obrigatórios estão marcados com *

Esse site utiliza o Akismet para reduzir spam. Aprenda como seus dados de comentários são processados.


0%