G1 Mundo

Entenda a nova tática dos manifestantes em Paris, inspirada no lema ‘be water’, do ator Bruce Lee

today22 de março de 2023 7

Fundo
share close

A cidade vive noites de protestos depois que duas moções de censura contra Macron fracassaram (leia mais abaixo).

Na segunda-feira (20) à noite, os manifestantes, em sua maioria, não buscaram confrontos com a polícia, mas encheram as ruas de obstáculos, sejam bicicletas, lixo ou paletes de lixo incendiados, para dificultar o avanço motorizado das forças de segurança.

Os manifestantes afirmaram que se inspiraram nos manifestantes de Hong Kong, que em 2019 fizeram protestos contra as reformas políticas que restringiram a democracia na ilha.



Um dos manifestantes no bairro de Les Halles afirmou que, assim como os manifestantes de Hong Kong, eles seguem o lema do ator de origem chinesa Bruce Lee, que é “be water” (seja água, em tradução literal). A ideia é ser moldável, como a água, que ocupa toma a forma dos recipientes em que entra, e evitar a rigidez.

Manifestantes na Praça da República de Paris, em 21 de março de 2023 — Foto: Gonzalo Fuentes/Reuters

O plano é renovar as ações para manter a pressão, segundo o manifestante.

Os participantes na manifestação progridem rapidamente, às vezes em pequenos grupos de dezenas, ou em bloco, em uma nova ação não declarada às autoridades..

A multidão avança “como a água”: quando as forças de segurança se aproximam, a multidão se desfaz em vários grupos menores. Isso faz com que a polícia não entre diretamente em confronto (no entanto ainda houve alguns incidentes, como é possível ver no vídeo acima). Pouco depois os manifestantes recompões os blocos maiores.

Ruas de Paris dificultam as manifestações

Um dos problemas dos manifestantes, no entanto, é que a arquitetura não favorece os protestos, de acordo com uma manifestante.

No século 19, a cidade passou por reformas que criaram amplas avenidas e bulevares (vias largas e arborizadas), e em um terreno mais aberto, os manifestantes têm mais dificuldade para fazer seus protestos.

Manifestante perto de carro em chamas em Paris, em 21 de março de 2023 — Foto: Gonzalo Fuentes/Reuters

Manifestações que fracassaram

As manifestações começaram quando o presidente Emmanuel Macron aumentou a idade mínima para aposentadoria sem passar a proposta pelo Legislativo.

Houve semanas de protestos convocados pelos sindicatos não fizeram com que o presidente retirasse sua reforma.

O Legislativo votou duas moções de censura contra Macron, e ele venceu ambas. Os atos das últimas horas são essencialmente para demonstrar o descontentamento com o presidente.




Todos os créditos desta notícia pertecem a G1 Mundo.

Por: G1

Esta notícia é de propriedade do autor (citado na fonte), publicada em caráter informativo. O artigo 46, inciso I, visando a propagação da informação, faculta a reprodução na imprensa diária ou periódica, de notícia ou de artigo informativo, publicado em diários ou periódicos, com a menção do nome do autor, se assinados, e da publicação de onde foram transcritos.

Avalie

Post anterior

seca:-agricultores-catalaes-retomam-ritual-religioso-depois-de-150-anos-para-atrair-chuva

G1 Mundo

Seca: Agricultores catalães retomam ritual religioso depois de 150 anos para atrair chuva

“Em um momento em que a situação é tão crítica, trazemos todos os santos possíveis, convocamos todos”, resume em tom de brincadeira Julien Bousquet, 29 anos, jardineiro e arborista, que participou do cortejo, realizado no último sábado (18). Sob o céu tempestuoso, centenas de pessoas – clero, irmandades religiosas, agricultores e curiosos – participaram da procissão pelas ruas da velha Perpignan, carregando relíquias do padroeiro dos agricultores catalães, Saint-Gauderique. A […]

today22 de março de 2023 1

Publicar comentários (0)

Deixe uma resposta

Seu endereço de email não será publicado. Os campos obrigatórios estão marcados com *

Esse site utiliza o Akismet para reduzir spam. Aprenda como seus dados de comentários são processados.


0%