G1 Santos

Entenda os riscos de amputar os dedos das mãos como o procedimento feito pelo ‘Diabão’ de SP

today17 de outubro de 2023 31

Fundo
share close

A nova modificação extrema do tatuador Michel Praddo, conhecido como ‘Diabão’, que amputou mais dois dedos, restando apenas sete inteiros nas duas mãos, gerou grande repercussão nacional. Por conta disso, o g1 entrou em contato, nesta terça-feira (17), com médicos ortopedistas que explicaram sobre os riscos da amputação de membros para a transformação corporal.

O morador de Praia Grande, no litoral de São Paulo, afirmou que as modificações fazem parte do ‘projeto Las Garras’, que tem como objetivo transformar as próprias mãos em membros de aparência ‘não-humana’. Para isso, ‘Diabão’ já amputou os dedos anelares das duas, o mindinho da direita e ainda costurou o indicador com o médio da esquerda.

Ao g1, os médicos ortopedistas Flávia Maria Poletto e Mario Pierry alertaram para os riscos de amputações fora do ambiente hospitalar. Os profissionais destacaram as lesões nos nervos, vasos sanguíneos, além da possível falta de cicatrização nos pontos e infecções.



‘Diabão’ passa por nova modificação extrema e retira dedos — Foto: Arquivo Pessoal

Segundo Flávia Maria Poletto, ortopedista com especialização em cirurgia da mão, os riscos das modificações corporais são “graves como qualquer procedimento cirúrgico que não se seja feito acompanhado por um médico e em ambiente seguro, como um hospital”.

A profissional acrescentou que amputar uma parte do corpo pode trazer, além do “desconforto emocional” ao amputado, a possibilidade de hemorragias e, “caso não haja ligadura das artérias, o risco de infecção”.

Neste sentido, Mario Pierry ressaltou a possibilidade de riscos no momento de fechar a carne após o procedimento. “Se você não der o ponto direito, ele pode abrir e não cicatrizar”, complementou.

‘Diabão’ agora tem apenas sete dedos completos nas duas mãos — Foto: Arquivo Pessoal

Flávia ressaltou ainda que, mesmo em casos de amputação, os processos cirúrgicos são realizados com técnicas. “Sempre pensando na funcionalidade da mão”, afirmou a médica.

Por fim, Pierry comentou sobre os cuidados com os nervos dos membros dos pacientes nas cirurgias. “Em procedimentos ortopédicos, é preciso deixar o nervo um pouco mais ‘para trás’ [do local do corte] para não dar hipersensibilidade. Se é cortado como uma ‘guilhotina’, eles podem ficar muito expostos”.

Quem é o ‘Diabão’ e a ‘Mulher Demônia’

Veja as principais transformações de 'Mulher Demônia' e 'Diabão'

Veja as principais transformações de ‘Mulher Demônia’ e ‘Diabão’

Michel Praddo tem quase todo o corpo tatuado e várias modificações, incluindo chifres implantados na testa. Ele é casado com a modificadora corporal Carol Praddo, conhecida como Mulher Demônia (veja o vídeo acima).

Os dois estão juntos há mais de dez anos, e passaram a fazer modificações mais extremas há quatro. As mudanças começaram com o Diabão, mas Carol entrou na onda pouco tempo depois.

Segundo o tatuador, que tem mais de 80% do corpo tatuado, já foram feitos mais de 60 procedimentos de modificações corporais. Em 2023, ele realizou o sonho de entrar para o ‘Guinness’ como o homem com o maior número de implantes na cabeça.

Veja, abaixo, as principais modificações corporais de ‘Diabão’:

  • Implantes de silicone
  • Escarnificações (técnica de modificação corporal que consiste em cortes superficiais na pele)
  • Implantes transdermais
  • Uma remoção do nariz
  • Uma remoção da orelha
  • Uma remoção do mamilo
  • Uma remoção do dedo anelar
  • Junção do dedo médio com o indicador
  • Uma remoção do umbigo
  • Uma eyeball tattoo (tatuagem no olho)
  • Língua bifurcada
  • Língua tatuada
  • Uma bifurcação das laterais da boca
  • Um implante dentário cromo
  • Uma lipoaspiração
  • Uma abdominoplastia

Tatuador Michel Praddo entrou para o Guinness.

VÍDEOS: g1 em 1 Minuto Santos




Todos os créditos desta notícia pertecem a G1 Santos.

Por: G1

Esta notícia é de propriedade do autor (citado na fonte), publicada em caráter informativo. O artigo 46, inciso I, visando a propagação da informação, faculta a reprodução na imprensa diária ou periódica, de notícia ou de artigo informativo, publicado em diários ou periódicos, com a menção do nome do autor, se assinados, e da publicação de onde foram transcritos.

Avalie

Post anterior

motorista-de-onibus-salva-passageiro-em-convulsao-e-vira-heroi-na-web:-‘emocionado’

G1 Santos

Motorista de ônibus salva passageiro em convulsão e vira herói na web: ‘emocionado’

Um motorista, de 36 anos, foi homenageado nas redes sociais por ter socorrido um idoso, de 69, com crise convulsiva dentro do ônibus até uma unidade de saúde em São Vicente, no litoral de São Paulo. Ao g1, nesta terça-feira (17), Welligton Batista dos Santos disse que ficou surpreso com a repercussão do caso nas redes sociais. Welligton dirigia a linha 948 e estava na Avenida Antônio Emmerich no momento […]

today17 de outubro de 2023 8

Publicar comentários (0)

Deixe uma resposta

Seu endereço de email não será publicado. Os campos obrigatórios estão marcados com *

Esse site utiliza o Akismet para reduzir spam. Aprenda como seus dados de comentários são processados.


0%