G1 Mundo

Erdogan chega à Rússia para reunião com Putin

today4 de setembro de 2023 3

Fundo
share close

O presidente turco Recep Tayyip Erdogan chegou nesta segunda-feira ao balneário russo de Sochi para uma reunião com o homólogo russo Vladimir Putin, que deve abordar a retomada do acordo de exportação de grãos ucranianos, informou a imprensa estatal da Turquia.

Erdogan está acompanhado pelos ministros turcos da Defesa, Relações Exteriores, Energia e Finanças, segundo a agência estatal de notícias Anadolu.



Erdogan é um dos poucos líderes da Otan que mantém boas relações com Putin.

Os vínculos estreitos, mas em alguns momentos turbulentos, entre os dois presidentes parecem ter se tornado ainda mais fortes desde que a Rússia iniciou a operação militar na Ucrânia, em fevereiro de 2022.

A Rússia abandonou em julho o acordo que permitia a exportação de grãos ucranianos, crucial para o abastecimento de alimentos ao redor do planeta. Moscou alega que seus cereais e fertilizantes estão bloqueados pelas sanções ocidentais.

Desde então, a Rússia ameaça atacar os navios que zarpam dos portos ucranianos no Mar Negro e intensificou os bombardeios contra as infraestruturas portuárias do país vizinho.

Deseja receber as notícias mais importantes em tempo real? Ative as notificações do G1!




Todos os créditos desta notícia pertecem a G1 Mundo.

Por: G1

Esta notícia é de propriedade do autor (citado na fonte), publicada em caráter informativo. O artigo 46, inciso I, visando a propagação da informação, faculta a reprodução na imprensa diária ou periódica, de notícia ou de artigo informativo, publicado em diários ou periódicos, com a menção do nome do autor, se assinados, e da publicação de onde foram transcritos.

Avalie

Post anterior

quem-foi-vasili-arkhipov,-homem-que-salvou-o-mundo-de-guerra-nuclear

G1 Mundo

Quem foi Vasili Arkhipov, homem que salvou o mundo de guerra nuclear

A crise dos mísseis de Cuba, entre os Estados Unidos e a União Soviética, poderia escalar a qualquer momento e dar início a uma guerra nuclear. Washington exigia que Moscou retirasse seus mísseis nucleares instalados na ilha de Cuba, a pouco menos de 200 km do litoral americano. Em meio à crise, embarcações militares dos dois países estavam imersas em uma luta estratégica para manter o controle dos seus territórios […]

today4 de setembro de 2023 10

Publicar comentários (0)

Deixe uma resposta

Seu endereço de email não será publicado. Os campos obrigatórios estão marcados com *

Esse site utiliza o Akismet para reduzir spam. Aprenda como seus dados de comentários são processados.


0%