G1 Mundo

“Estamos vivos por milagre”, diz correspondente da RFI que estava no restaurante atingido por míssil na Ucrânia

today28 de junho de 2023 7

Fundo
share close

Dez pessoas morreram e pelo menos 61 ficaram feridas em um ataque contra um restaurante popular de Kramatorsk, no leste da Ucrânia, em uma área controlada por Kiev. A jornalista Catalina Gomez, correspondente da Rádio França Internacional (RFI), também ficou ferida. Ela jantava no local quando aconteceu o ataque.

A repórter gravou um vídeo mostrando como o míssil atingiu o restaurante. “O que estamos vendo agora são cenas de terror. Há muitos feridos, alguns graves. Ainda estamos vivos por milagre”, declarou. “Este é um lugar com muitos civis, mas com muitas frentes de batalha nos arredores”.

Segundo a polícia ucraniana, a Rússia lançou dois mísseis sobre o restaurante Ria Pizza, um estabelecimento no centro da cidade frequentado por jornalistas, soldados e funcionários de organizações humanitárias.



Resgate depois de atentado a restaurante na cidade de Kramatorsk, em 27 de junho de 2023 — Foto: Oleksandr Ratushniak/Reuters

As operações de resgate continuam e sete pessoas foram retiradas dos escombros com vida até a publicação desta matéria.

Além do restaurante, apartamentos, lojas, carros, uma agência dos Correios e vários outros prédios sofreram estragos.

Coberto de poeira, o cozinheiro Roslan, 32 anos, disse que “havia bastante gente” no restaurante. “Tive sorte”, acrescentou. 

O governo russo, por sua vez, afirmou que visa apenas alvos militares. “A Rússia não ataca infraestruturas civis, apenas instalações ligadas, de uma maneira ou outra, a estruturas militares, disse o porta-voz da Presidência russa, Dmitri Peskov.

Localizada ao oeste da cidade devastada de Bakhmut, Kramatorsk já foi atingida por vários bombardeios russos. O mais grave, em abril de 2022, teve como alvo a estação ferroviária da cidade. O ataque deixou 61 mortos e mais de 160 feridos poucas semanas após o início da invasão russa, quando muitos civis tentavam abandonar a localidade.

Kramatorsk é a capital regional de fato desde que as cidades de Donetsk e Lugansk foram capturadas em 2014 por separatistas pró-Rússia apoiados por Moscou.




Todos os créditos desta notícia pertecem a G1 Mundo.

Por: G1

Esta notícia é de propriedade do autor (citado na fonte), publicada em caráter informativo. O artigo 46, inciso I, visando a propagação da informação, faculta a reprodução na imprensa diária ou periódica, de notícia ou de artigo informativo, publicado em diários ou periódicos, com a menção do nome do autor, se assinados, e da publicação de onde foram transcritos.

Avalie

Post anterior

os-possiveis-impactos-de-motim-do-grupo-wagner

G1 Mundo

Os possíveis impactos de motim do grupo Wagner

Medidas emergenciais de segurança permanecem em Moscou, após uma rebelião de mercenários do Wagner que abalou a posição do presidente russo. Medidas emergenciais de segurança permanecem em Moscou, após uma rebelião de mercenários do Wagner que abalou a posição do presidente russo. E, mesmo com o fim do motim do grupo liderado pelo oligarca Yevgeny Prigozhin, muitas perguntas continuam em aberto. Quais serão os impactos disso para Rússia e, mais […]

today28 de junho de 2023 7

Publicar comentários (0)

Deixe uma resposta

Seu endereço de email não será publicado. Os campos obrigatórios estão marcados com *

Esse site utiliza o Akismet para reduzir spam. Aprenda como seus dados de comentários são processados.


0%