G1 Mundo

EUA derrubam suposto balão espião chinês no oceano

today4 de fevereiro de 2023 28

Fundo
share close

Uma operação estava em andamento nas águas territoriais dos Estados Unidos no Oceano Atlântico para recuperar os destroços do balão, que voava a cerca de 60 mil pés e tinha o tamanho estimado de três ônibus escolares.

O presidente Joe Biden havia dito aos repórteres no início do sábado que iriam “cuidar disso”, quando questionado sobre o balão. Mais tarde, disse a repórteres que foi informado sobre o balão na quarta-feira (1º) e que pediu para que o objeto fosse derrubado “o mais rápido possível”. O Pentágono então esperou o momento mais adequado para derrubá-lo sobre o mar. “Quero parabenizar os pilotos que cuidaram disso”, completou o presidente norte-americano.

EUA derrubam suposto balão espião chinês no Oceano Atlântico neste sábado (4). — Foto: Randall Hill/Reuters



A Administração Federal de Aviação e a Guarda Costeira trabalharam para limpar o espaço aéreo e a água abaixo do balão quando ele alcançou o oceano.

Imagens de televisão mostraram uma pequena explosão, seguida pelo balão descendo em direção à água. Jatos militares dos EUA foram vistos voando nas proximidades e navios foram posicionados na água para montar a operação de recuperação.

As autoridades pretendiam cronometrar a operação para que pudessem recuperar o máximo possível de destroços antes que afundassem no oceano. O Pentágono havia estimado anteriormente que qualquer campo de destroços seria substancial.

Um balão voa no céu sobre Montana, nos EUA, em foto de 1º de fevereiro de 2023 — Foto: Chase Doak via Reuters

Em preparação para a operação, a Administração Federal de Aviação (FAA, sigla em inglês) fechou temporariamente o espaço aéreo na costa dos estados, incluindo os aeroportos de Charleston e Myrtle Beach, na Carolina do Sul, e Wilmington, na Carolina do Norte. A FAA estava redirecionando o tráfego aéreo da área e alertou para atrasos devido às restrições de voo.

A Guarda Costeira também aconselhou os marinheiros a deixarem imediatamente a área por causa das operações militares dos EUA “que apresentam um risco significativo”.

Biden estava inclinado a derrubar o balão sobre a terra quando foi informado pela primeira vez na terça-feira, mas as autoridades do Pentágono desaconselharam, alertando que o risco potencial para as pessoas no solo superava a avaliação dos possíveis ganhos da inteligência chinesa.

“Na verdade, os EUA e a China nunca anunciaram nenhuma visita, o fato de os EUA fazerem tal anúncio é assunto deles e nós respeitamos isso”, disse o Ministério das Relações Exteriores da China em comunicado na manhã de sábado.

EUA monitoram balão chinês

EUA monitoram balão chinês

O balão foi visto sobre Montana, que abriga um dos três campos de silos de mísseis nucleares dos Estados Unidos na Base Aérea de Malmstrom.

O Pentágono também reconheceu relatos de um segundo balão sobrevoando a América Latina. “Agora avaliamos que é outro balão de vigilância chinês”, disse o brigadeiro general Pat Ryder, secretário de imprensa do Pentágono, disse em um comunicado.

O Ministério das Relações Exteriores da China não respondeu imediatamente a uma pergunta sobre o segundo balão.

Blinken, que deveria partir de Washington para Pequim na sexta-feira, disse que disse ao diplomata chinês Wang Yi em um telefonema que enviar o balão sobre os EUA foi “um ato irresponsável e que a decisão (da China) de tomar essa ação em a véspera da minha visita é prejudicial para as discussões substantivas que estávamos preparados para ter.”

As reações de usuários na internet chinesa espelharam a posição oficial do governo de que os EUA estavam exagerando na situação. Alguns usaram isso como uma chance de zombar das defesas dos EUA, dizendo que não podiam nem se defender de um balão, e os influenciadores nacionalistas aproveitaram a notícia para zombar dos EUA.

A China negou qualquer alegação de espionagem e disse que é um balão de uso civil destinado a pesquisas meteorológicas. O Ministério das Relações Exteriores enfatizou que a jornada do balão estava fora de seu controle e instou os EUA a não “manchá-lo” com base no balão.




Todos os créditos desta notícia pertecem a G1 Mundo.

Por: G1

Esta notícia é de propriedade do autor (citado na fonte), publicada em caráter informativo. O artigo 46, inciso I, visando a propagação da informação, faculta a reprodução na imprensa diária ou periódica, de notícia ou de artigo informativo, publicado em diários ou periódicos, com a menção do nome do autor, se assinados, e da publicação de onde foram transcritos.

Avalie

Post anterior

papa-francisco-visita-o-sudao-do-sul-e-se-encontra-com-lideres-religiosos

G1 Mundo

Papa Francisco visita o Sudão do Sul e se encontra com líderes religiosos

Francisco chegou na sexta-feira (3) a Juba, capital do Sudão do Sul, onde se encontrou com os dirigentes do país. E neste sábado (4) foi a vez de se reunir com religiosos vindos de várias dioceses do país, mas também do vizinho Sudão. Todos esperaram pacientemente a chegada do Papa Francisco ao som de cânticos. Papa Francisco se reúne com religiosos em evento fechado em Juba, capital do Sudão do […]

today4 de fevereiro de 2023 9

Publicar comentários (0)

Deixe uma resposta

Seu endereço de email não será publicado. Os campos obrigatórios estão marcados com *

Esse site utiliza o Akismet para reduzir spam. Aprenda como seus dados de comentários são processados.


0%