G1 Mundo

EUA interceptam ataque em larga escala lançado pelo grupo rebelde Houthis no Mar Vermelho

today9 de março de 2024 4

Fundo
share close

De acordo com o Comando Central dos Estados Unidos, a onda de ataques foi registrada entre 4h e 6h30, pelo horário local. Além do Mar Vermelho, lançamentos também foram reportados no Golfo de Aden, entre o Iêmen e a Somália.

As tropas americanas, juntamente com forças de coalização, identificaram o lançamento de veículos aéreos não tripulados. Segundo os Estados Unidos, os drones representavam uma ameaça para navios cargueiros e embarcações militares que estavam navegando na região.

Ainda segundo o Comando dos Estados Unidos, 15 drones com capacidade de ataque unidirecional foram abatidos.



“As ações foram tomadas para proteger a liberdade de navegação e tornar as águas internacionais mais seguras”, anunciaram os militares norte-americanos.

Ataques do Houthis no Mar Vermelho se intensificaram nos últimos meses, resultando em operações militares dos Estados Unidos e aliados contra alvos do grupo rebelde no Iêmen.

Na quinta-feira (7), três pessoas morreram após um ataque contra um navio no Mar Vermelho. As vítimas foram os primeiros civis mortos pelo Houthis desde o início dos bombardeios na região.

Relação com o conflito em Gaza

Navio naufragou após ser atingido por míssil houthi no Mar Vermelho — Foto: Al-Joumhouriya TV/Reuters

Nas últimos meses, militantes do grupo rebelde, apoiados pelo Irã, intensificaram ataques contra os navios comerciais em protesto à guerra de Israel em Gaza. Além disso, os houthis controlam boa parte do Iêmen.

Desde novembro, dezenas ataques conduzidos pelo grupo rebelde contra navios foram registrados na região. Em fevereiro, por exemplo, um navio de carga naufragou após ser atingido por um míssil.

O grupo prometeu continuar os ataques até que Israel interrompa o conflito em Gaza e alertaram que atacariam navios de guerra dos EUA se o próprio grupo de milícia fosse alvo.

Os ataques houthis perturbaram o comércio internacional na principal rota entre a Europa e a Ásia, que representa cerca de 15% do tráfego marítimo mundial.

Várias companhias de transporte marítimo suspenderam operações, preferindo o trajeto mais longo em torno da África.

VÍDEOS: mais assistidos do g1




Todos os créditos desta notícia pertecem a G1 Mundo.

Por: G1

Esta notícia é de propriedade do autor (citado na fonte), publicada em caráter informativo. O artigo 46, inciso I, visando a propagação da informação, faculta a reprodução na imprensa diária ou periódica, de notícia ou de artigo informativo, publicado em diários ou periódicos, com a menção do nome do autor, se assinados, e da publicação de onde foram transcritos.

Avalie

Post anterior

andre-ventura,-o-aliado-de-bolsonaro-que-pode-consolidar-a-direita-radical-em-portugal

G1 Mundo

André Ventura, o aliado de Bolsonaro que pode consolidar a direita radical em Portugal

As pesquisas de intenção de votos mostram a liderança da coligação de centro-direita na corrida eleitoral. As sondagens também apontam que o partido da direita radical Chega, personificado na figura do candidato André Ventura, está perto de consolidar sua força política no Parlamento português. No Brasil, um dos seus principais cabos eleitorais é o ex-presidente Jair Bolsonaro — e qualquer semelhança entre a retórica dele e de Ventura não é mera […]

today9 de março de 2024 11

Publicar comentários (0)

Deixe uma resposta

Seu endereço de email não será publicado. Os campos obrigatórios estão marcados com *

Esse site utiliza o Akismet para reduzir spam. Aprenda como seus dados de comentários são processados.


0%